NOTÍCIAS

10 anos de L.A.M.B: os melhores momentos da estreia solo de Gwen Stefani

por em 14/11/2014

Por Erin Strecker

Gwen Stefani tem muitas qualidades – de líder da banda No Doubt a estilista. Em novembro de 2004, ela aceitou outro desafio: tornar-se uma princesa do pop. Depois de anos como roqueira, Gwen estava pronta para tentar algo diferente. O lançamento do seu primeiro álbum solo, Love.Angel.Music.Baby, revelou uma abordagem pop eletrônica. Referências a Vivienne Westwood, a John Galliano e às garotas de Harajuku, região famosa de cosplay no Japão, em suas letras fizeram com que a cantora crescesse no mundo da moda.

“Quando eu estava gravando Love.Angel.Music.Baby, a intenção era fazer um disco de dance”, contou Gwen à Billboard. “Eu estava inspirada nas músicas de dançar dos anos 80 que cresci escutando – Debbie Deb, Depeche Mode, Lisa Lisa & Cult Jam e New Order. Estava muito confiante e inspirada sobre o que queria fazer, só precisava deixar tudo sair. Agora, que olho para trás e vejo essas colaborações, eu fico muito orgulhosa.”

Novembro marca o 10º aniversário do lançamento mundial do álbum. Por isso, a Billboard fez uma breve retrospectiva do caminho de Gwen no mundo pop.

Música: "What You Waiting For?"

Como Gwen solo seria diferente da conhecida e amada líder do No Doubt? Se seu vídeo de estreia foi alguma indicação, ela estava usando o álbum para explorar o mundo feminino que sempre amou, completando-o com moda, cores fortes e dançarinas.

Assista aqui.

 

Música: "Rich Girl"

Um ano depois de Johnny Depp transformar piratas em algo sensual com seu papel em Piratas Do Caribe", Gwen se diverte em um barco explorando uma vida fabulosa, linda, divertida e glamourosa... Não tão diferente da vida real da cantora.

Assista aqui.

Música: "Hollaback Girl"

Love.Angel.Music.Baby deixou muitas marcas na cultura pop, mas talvez a mais forte seja o rap que faz com que ninguém esqueça como soletrar “bananas”.

https://www.youtube.com/watch?v=Kgjkth6BRRY
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Apelido Carinhoso
Gusttavo Lima
2
Largado às Traças
Zé Neto & Cristiano
3
2050
Luan Santana
4
1, 2, 3
Cleber & Cauan
5
Transplante (part. Bruno & Marrone)
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

10 anos de L.A.M.B: os melhores momentos da estreia solo de Gwen Stefani

por em 14/11/2014

Por Erin Strecker

Gwen Stefani tem muitas qualidades – de líder da banda No Doubt a estilista. Em novembro de 2004, ela aceitou outro desafio: tornar-se uma princesa do pop. Depois de anos como roqueira, Gwen estava pronta para tentar algo diferente. O lançamento do seu primeiro álbum solo, Love.Angel.Music.Baby, revelou uma abordagem pop eletrônica. Referências a Vivienne Westwood, a John Galliano e às garotas de Harajuku, região famosa de cosplay no Japão, em suas letras fizeram com que a cantora crescesse no mundo da moda.

“Quando eu estava gravando Love.Angel.Music.Baby, a intenção era fazer um disco de dance”, contou Gwen à Billboard. “Eu estava inspirada nas músicas de dançar dos anos 80 que cresci escutando – Debbie Deb, Depeche Mode, Lisa Lisa & Cult Jam e New Order. Estava muito confiante e inspirada sobre o que queria fazer, só precisava deixar tudo sair. Agora, que olho para trás e vejo essas colaborações, eu fico muito orgulhosa.”

Novembro marca o 10º aniversário do lançamento mundial do álbum. Por isso, a Billboard fez uma breve retrospectiva do caminho de Gwen no mundo pop.

Música: "What You Waiting For?"

Como Gwen solo seria diferente da conhecida e amada líder do No Doubt? Se seu vídeo de estreia foi alguma indicação, ela estava usando o álbum para explorar o mundo feminino que sempre amou, completando-o com moda, cores fortes e dançarinas.

Assista aqui.

 

Música: "Rich Girl"

Um ano depois de Johnny Depp transformar piratas em algo sensual com seu papel em Piratas Do Caribe", Gwen se diverte em um barco explorando uma vida fabulosa, linda, divertida e glamourosa... Não tão diferente da vida real da cantora.

Assista aqui.

Música: "Hollaback Girl"

Love.Angel.Music.Baby deixou muitas marcas na cultura pop, mas talvez a mais forte seja o rap que faz com que ninguém esqueça como soletrar “bananas”.

https://www.youtube.com/watch?v=Kgjkth6BRRY