NOTÍCIAS

10 grandes micos da música

Nem sempre os artistas acertam...

por Marcos Lauro em 16/06/2016

Sim, os programas infantis eram bem sem noção. Xuxa já recebeu o grupo Gillette para cantarem a música "Short Dick Man".

Reprodução

Os programas infantis dos anos 1980 eram um pouco sem noção. O Clube da Criança, apresentado por Angélica, recebeu a banda Cascavelletes em uma das suas edições. O nome da música apresentada: "Eu Quis Comer Você".

Reprodução

A abertura da Copa do Mundo de Futebol no Brasil foi bastante questionada. E quando chegou na hora da música, piorou. E nem foi culpa da Claudia Leitte, Pitbull ou da Jennifer Lopez: Um problema de sincronia entre a imagem e o som fez com que ninguém entendesse muito o que estava acontecendo.

Divulgação

Deve ser legal para um artista poder cantar no Rock in Rio, não? Pro Carlinhos Brown, em 2001, não foi não. Encarregado de tocar no mesmo dia de Guns N’ Roses e Oasis, Brown foi entregue à expectativa dos fãs dessas bandas e garrafas de plástico voaram na direção do percussionista.

Reprodução

Antes do MTV Video Music Awards de 1995, Courtney Love, visivelmente fora si, atacou de tiete e grudou em Madonna. Tudo ok se não fosse um detalhe: Madonna estava no ar, sendo entrevistada.

Reprodução

Em 2010, o guitarrista do Metallica, Kirk Hammett, resolveu chutar algumas bexigas que estavam no palco durante um show na Austrália. Sem perceber, havia a cabeça de uma criança por ali, vendo o show bem de perto. E, sim, isso que você está pensando aconteceu. Mas está tudo bem com a criança.

Reprodução

Em 1992, Krist Novoselic, do Nirvana, inventou um novo jeito de um astro da música curtir o momento: jogou seu baixo para o alto e, por algum motivo inexplicável, deixou que ele caísse sobre sua própria cabeça. Radical!

Reprodução

O U2 é conhecido por tocar em palcos cheios de efeitos. E um desses efeitos era um limão gigante utilizado na turnê PopMart. Alguém pensou que seria uma boa ideia a banda sair de dentro da fruta. O resultado: por problemas técnicos, os quatro ficaram presos várias vezes no limão.

Reprodução

Stage diving é o ato de pular do palco sobre a multidão que vê o show. Toni Tornado não se deu bem no stage diving que deu ao final de um show, no auge, em 1971: caiu sobre uma espectadora e foi preso.

Reprodução

No meio de Video Music Awards de 2000, o baixista do Rage Against The Machine, Tim Commerford, simplesmente resolveu subir no cenário. De lá, ele gritava: "Nós viemos aqui pra tocar pra vocês, caras!". Isso aconteceu enquanto o Limp Biskit recebia um prêmio e o músico começou a provocar o grupo. O segurança da banda entrou em ação e tirou Tim de lá de uma forma nada amigável. Os dois foram presos.

Reprodução

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

10 grandes micos da música

Nem sempre os artistas acertam...

por Marcos Lauro em 16/06/2016

Sim, os programas infantis eram bem sem noção. Xuxa já recebeu o grupo Gillette para cantarem a música "Short Dick Man".

Reprodução

Os programas infantis dos anos 1980 eram um pouco sem noção. O Clube da Criança, apresentado por Angélica, recebeu a banda Cascavelletes em uma das suas edições. O nome da música apresentada: "Eu Quis Comer Você".

Reprodução

A abertura da Copa do Mundo de Futebol no Brasil foi bastante questionada. E quando chegou na hora da música, piorou. E nem foi culpa da Claudia Leitte, Pitbull ou da Jennifer Lopez: Um problema de sincronia entre a imagem e o som fez com que ninguém entendesse muito o que estava acontecendo.

Divulgação

Deve ser legal para um artista poder cantar no Rock in Rio, não? Pro Carlinhos Brown, em 2001, não foi não. Encarregado de tocar no mesmo dia de Guns N’ Roses e Oasis, Brown foi entregue à expectativa dos fãs dessas bandas e garrafas de plástico voaram na direção do percussionista.

Reprodução

Antes do MTV Video Music Awards de 1995, Courtney Love, visivelmente fora si, atacou de tiete e grudou em Madonna. Tudo ok se não fosse um detalhe: Madonna estava no ar, sendo entrevistada.

Reprodução

Em 2010, o guitarrista do Metallica, Kirk Hammett, resolveu chutar algumas bexigas que estavam no palco durante um show na Austrália. Sem perceber, havia a cabeça de uma criança por ali, vendo o show bem de perto. E, sim, isso que você está pensando aconteceu. Mas está tudo bem com a criança.

Reprodução

Em 1992, Krist Novoselic, do Nirvana, inventou um novo jeito de um astro da música curtir o momento: jogou seu baixo para o alto e, por algum motivo inexplicável, deixou que ele caísse sobre sua própria cabeça. Radical!

Reprodução

O U2 é conhecido por tocar em palcos cheios de efeitos. E um desses efeitos era um limão gigante utilizado na turnê PopMart. Alguém pensou que seria uma boa ideia a banda sair de dentro da fruta. O resultado: por problemas técnicos, os quatro ficaram presos várias vezes no limão.

Reprodução

Stage diving é o ato de pular do palco sobre a multidão que vê o show. Toni Tornado não se deu bem no stage diving que deu ao final de um show, no auge, em 1971: caiu sobre uma espectadora e foi preso.

Reprodução

No meio de Video Music Awards de 2000, o baixista do Rage Against The Machine, Tim Commerford, simplesmente resolveu subir no cenário. De lá, ele gritava: "Nós viemos aqui pra tocar pra vocês, caras!". Isso aconteceu enquanto o Limp Biskit recebia um prêmio e o músico começou a provocar o grupo. O segurança da banda entrou em ação e tirou Tim de lá de uma forma nada amigável. Os dois foram presos.

Reprodução