NOTÍCIAS

12 covers da Legião Urbana

Cassia Eller, Paralamas do Sucesso e vários músicos regravaram hits

Se você pensar em “Por Enquanto”, é provável que a versão voz e violão da Cássia Eller lhe venha à cabeça. A música, lançada em 1985 no álbum de estreia da Legião Urbana, acabou perdida em meio aos sucesso de “Será”, “Geração Coca-Cola” e “Ainda É Cedo”. Ela só faria sucesso cinco anos depois, quando a carioca a gravou também em seu álbum de estreia. Esta seria a primeira de diversas regravações que Cássia Eller fez de músicas de Renato Russo. Ela não foi a única.

COMO ERA O MUNDO QUANDO RENATO RUSSO MORREU

Diversas bandas contemporâneas a Legião Urbana, como Ira! e Barão Vermelho, também fizeram versões da banda de Brasília.

Veja a seguir:

Titãs – “Sete Cidades”

Em 1999, os Titãs decidiram lançar um disco de covers com músicas nacionais de sucesso. Da Legião, os paulistas escolheram “Sete Cidades”, uma das menos populares de As Quatro Estações (1989). O disco também tem versões de Raul Seixas, Ultraje a Rigor, Tim Maia e Mutantes.

Ira! – “Teorema”

No mesmo ano, o Ira!, que não vivia seus melhores dias na década de 1990, também lançou um projeto apenas com covers de músicas nacionais. “Teorema”, de Legião Urbana (1985), entrou em meio a “Jorge Maravilha”, de Chico Buarque, e “Sentado à Beira do Caminho”, de Erasmo e Roberto Carlos.

Marina Lima – “Ainda É Cedo”

Marina Lima regravou um dos principais hits do álbum de estreia da Legião um ano depois, na turnê Todas Ao Vivo (1986). Ela a cantaria de novo em 2003, no seu Acústico MTV (vídeo acima). A versão de Marina bombou tanto que é tão comum ouvi-la por aí quanto a da banda.

Cássia Eller – “1º de Julho”

Esta não é exatamente um cover da Legião Urbana. Na verdade, talvez seja mais justo falar que a banda fez um cover da Cássia Eller. Renato Russo compôs a música em homenagem a ela e a seu filho, Chicão, ainda em sua barriga. Cássia a gravou no disco homônimo de 1994 e o próprio Renato só viria a cantá-la dois anos depois, em A Tempestade.

Cássia Eller – “Música Urbana 2”

No mesmo disco, Cássia Eller também regravou “Música Urbana 2”, um blues do Dois (1986).

Biquini Cavadão – “Angra dos Reis”

Em 2001, foi a vez do Biquini Cavadão fazer seu disco de covers do rock nacional. “Angra dos Reis”, de Que País É Este 1978/1987¸foi escolhida em meio a “Me Chama”, do Lobão, “Quem Me Olha Só”, do Barão Vermelho e “Toda Forma de Poder”, dos Engenheiros do Hawaii.

Capital Inicial – “Conexão Amazônica”

A primeira banda de Renato Russo, Aborto Elétrico, nos tempos de adolescente em Brasília, dividiu-se e deu origem a outras duas: Legião Urbana, comandada por ele, e Capital Inicial, com os irmãos Fê e Flávio Lemos. Não é a toa que a banda de Dinho Ouro-Preto toca músicas desta época, como “Fátima” e “Veraneio Vascaína”, desde o primeiro disco. Mas só em 2005 que a banda lançou o projeto MTV Especial: Aborto Elétrico, que misturou canções já gravadas por eles, algumas inéditas, como “Helicópteros no Céu”, e outras da Legião Urbana, como “Geração Coca-Cola” e “Conexão Amazônica”.

Leila Pinheiro – “Quando Você Voltar”

Em 2010, Leila Pinheiro, amiga de Renato Russo, também gravou um disco apenas com músicas do carioca, o Meu Segredo Mais Sincero. Esta versão de “Quando Você Voltar”, de A Tempestade, tem ainda a participação de Herbert Vianna na guitarra.

Barão Vermelho –“Quando o Sol Bater na Janela do Seu Quarto”

Frejat já declarou mais de uma vez que Renato Russo foi o maior poeta da sua geração. “Quando o Sol Bater na Janela do Seu Quarto”, de As Quatro Estações, entrou primeiro no projeto Balada MTV (1999) e, depois, no MTV Ao Vivo (2005) da banda, gravado no Disco Voador.

Os Paralamas do Sucesso – “Química”

Assim como “1º de Julho”, não se pode dizer que a versão de “Química” dos Paralamas do Sucesso seja um cover. O grupo carioca gravou a música de Renato Russo no lado B do seu disco de estreia, Cinema Mudo (1983). Legião a registrou apenas em Que País É Este 1978/1987, quatro anos depois. Renato Russo costumava se referir a eles como seus padrinhos.

Os Paralamas do Sucesso – “Que País É Este”

Mas um cover da Legião que os Paralamas fizeram foi “Que País É Este”, inicialmente no Acústico MTV (1999), com a presença de Dado Villa-Lobos. Hoje, a música entrou para o repertório da banda, tocada inclusive na turnê de 30 anos.

Cássia Eller – “Por Enquanto”

Mas, de todas as músicas da Legião Urbana gravadas pela cantora carioca, “Por Enquanto” foi, de longe, o maior sucesso. Tocado no seu disco de estreia, Cássia Eller (1990), e regravado no Acústico MTV (versão do vídeo), em 2001, há quem ache até hoje que a música, que fecha o também álbum de estreia da banda de Brasília escondida depois de uma longa introdução, foi composta por ela.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
2
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

12 covers da Legião Urbana

Cassia Eller, Paralamas do Sucesso e vários músicos regravaram hits

por Lucas Borges Teixeira em 08/10/2016

Se você pensar em “Por Enquanto”, é provável que a versão voz e violão da Cássia Eller lhe venha à cabeça. A música, lançada em 1985 no álbum de estreia da Legião Urbana, acabou perdida em meio aos sucesso de “Será”, “Geração Coca-Cola” e “Ainda É Cedo”. Ela só faria sucesso cinco anos depois, quando a carioca a gravou também em seu álbum de estreia. Esta seria a primeira de diversas regravações que Cássia Eller fez de músicas de Renato Russo. Ela não foi a única.

COMO ERA O MUNDO QUANDO RENATO RUSSO MORREU

Diversas bandas contemporâneas a Legião Urbana, como Ira! e Barão Vermelho, também fizeram versões da banda de Brasília.

Veja a seguir:

Titãs – “Sete Cidades”

Em 1999, os Titãs decidiram lançar um disco de covers com músicas nacionais de sucesso. Da Legião, os paulistas escolheram “Sete Cidades”, uma das menos populares de As Quatro Estações (1989). O disco também tem versões de Raul Seixas, Ultraje a Rigor, Tim Maia e Mutantes.

Ira! – “Teorema”

No mesmo ano, o Ira!, que não vivia seus melhores dias na década de 1990, também lançou um projeto apenas com covers de músicas nacionais. “Teorema”, de Legião Urbana (1985), entrou em meio a “Jorge Maravilha”, de Chico Buarque, e “Sentado à Beira do Caminho”, de Erasmo e Roberto Carlos.

Marina Lima – “Ainda É Cedo”

Marina Lima regravou um dos principais hits do álbum de estreia da Legião um ano depois, na turnê Todas Ao Vivo (1986). Ela a cantaria de novo em 2003, no seu Acústico MTV (vídeo acima). A versão de Marina bombou tanto que é tão comum ouvi-la por aí quanto a da banda.

Cássia Eller – “1º de Julho”

Esta não é exatamente um cover da Legião Urbana. Na verdade, talvez seja mais justo falar que a banda fez um cover da Cássia Eller. Renato Russo compôs a música em homenagem a ela e a seu filho, Chicão, ainda em sua barriga. Cássia a gravou no disco homônimo de 1994 e o próprio Renato só viria a cantá-la dois anos depois, em A Tempestade.

Cássia Eller – “Música Urbana 2”

No mesmo disco, Cássia Eller também regravou “Música Urbana 2”, um blues do Dois (1986).

Biquini Cavadão – “Angra dos Reis”

Em 2001, foi a vez do Biquini Cavadão fazer seu disco de covers do rock nacional. “Angra dos Reis”, de Que País É Este 1978/1987¸foi escolhida em meio a “Me Chama”, do Lobão, “Quem Me Olha Só”, do Barão Vermelho e “Toda Forma de Poder”, dos Engenheiros do Hawaii.

Capital Inicial – “Conexão Amazônica”

A primeira banda de Renato Russo, Aborto Elétrico, nos tempos de adolescente em Brasília, dividiu-se e deu origem a outras duas: Legião Urbana, comandada por ele, e Capital Inicial, com os irmãos Fê e Flávio Lemos. Não é a toa que a banda de Dinho Ouro-Preto toca músicas desta época, como “Fátima” e “Veraneio Vascaína”, desde o primeiro disco. Mas só em 2005 que a banda lançou o projeto MTV Especial: Aborto Elétrico, que misturou canções já gravadas por eles, algumas inéditas, como “Helicópteros no Céu”, e outras da Legião Urbana, como “Geração Coca-Cola” e “Conexão Amazônica”.

Leila Pinheiro – “Quando Você Voltar”

Em 2010, Leila Pinheiro, amiga de Renato Russo, também gravou um disco apenas com músicas do carioca, o Meu Segredo Mais Sincero. Esta versão de “Quando Você Voltar”, de A Tempestade, tem ainda a participação de Herbert Vianna na guitarra.

Barão Vermelho –“Quando o Sol Bater na Janela do Seu Quarto”

Frejat já declarou mais de uma vez que Renato Russo foi o maior poeta da sua geração. “Quando o Sol Bater na Janela do Seu Quarto”, de As Quatro Estações, entrou primeiro no projeto Balada MTV (1999) e, depois, no MTV Ao Vivo (2005) da banda, gravado no Disco Voador.

Os Paralamas do Sucesso – “Química”

Assim como “1º de Julho”, não se pode dizer que a versão de “Química” dos Paralamas do Sucesso seja um cover. O grupo carioca gravou a música de Renato Russo no lado B do seu disco de estreia, Cinema Mudo (1983). Legião a registrou apenas em Que País É Este 1978/1987, quatro anos depois. Renato Russo costumava se referir a eles como seus padrinhos.

Os Paralamas do Sucesso – “Que País É Este”

Mas um cover da Legião que os Paralamas fizeram foi “Que País É Este”, inicialmente no Acústico MTV (1999), com a presença de Dado Villa-Lobos. Hoje, a música entrou para o repertório da banda, tocada inclusive na turnê de 30 anos.

Cássia Eller – “Por Enquanto”

Mas, de todas as músicas da Legião Urbana gravadas pela cantora carioca, “Por Enquanto” foi, de longe, o maior sucesso. Tocado no seu disco de estreia, Cássia Eller (1990), e regravado no Acústico MTV (versão do vídeo), em 2001, há quem ache até hoje que a música, que fecha o também álbum de estreia da banda de Brasília escondida depois de uma longa introdução, foi composta por ela.