NOTÍCIAS

20 capas de disco censuradas

De David Bowie a Kanye West, veja alguns artistas que não conseguiram lançar seus trabalhos com a capa que imaginavam

por Redação em 19/06/2017

Kanye West, My Beautiful Dark Twisted Fantasy

2010

Na capa, uma mulher sem roupa está em cima do rapper. A gravadora sugeriu a mudança da capa e, é claro, Kanye mostrou seu descontentamento nas redes sociais.

Reprodução

John Lennon, Unfinished Music No.1: Two Virgins

1968

John e Yoko, apaixonados e transgressores, resolveram posar nus na capa do álbum, mas foram censurados por motivos comerciais.

Reprodução

Guns N’ Roses, Appetite For Destruction

1987

A capa original mostrava um robô estuprador que causava caos nas ruas, mas foi mudada para uma cruz com caveiras.

Reprodução

The Coup, Party Music

2001
Apesar de a capa ter sido feita antes do atentado de 11 de setembro, a foto do duo de hip hop nas torres gêmeas foi censurada. Um copo em chamas foi escolhido para ilustrar a nova capa.

Reprodução

Jimi Hendrix, Electric Lady

1968

A capa do terceiro e último álbum de estúdio de Jimi Hendrix mostrava mulheres nuas. A gravadora censurou a capa nos Estados Unidos, trocando a foto por um retrato do artista.

Reprodução

Scorpions, Lovedrive

1979

A banda já tinha enfrentado problemas com censura de capa em 1976, com o álbum Virgin Killer. Em 1979, foram censurados novamente com o disco Lovedrive, em que a capa mostrava um homem com a mão grudada no seio de uma mulher por chiclete.

Reprodução

David Bowie, Diamond Dogs

1974

David Bowie sempre foi controverso, mas em 1974 ele foi censurado porque posou como uma criatura meio homem, meio cachorro, com a genitália exposta.

Reprodução

The Black Crowes, Amorica

1994

A capa original do terceiro álbum do Black Crowes mostrava um biquíni estampado com a bandeira dos Estados Unidos e pelos pubianos a mostra. A gravadora resolveu deixar apenas um triângulo na capa, com parte da bandeira.

Reprodução

Roger Waters, The Pros and Cons of Hitch Hiking

1984

Na capa original, uma mulher tentava pedir uma carona nua, usando apenas uma mochila e sapatos de salto alto. Censores colocaram uma tarja na imagem.

Reprodução

Lynyrd Skynyrd, Street Survivors

1977

Menos de uma semana após o lançamento do disco, o avião da banda caiu, matando três integrantes e o empresário do grupo. Em respeito, a capa foi mudada para uma imagem da banda em pé, em pose solene.

Reprodução

Pantera, Far Beyond Driven

1994

A capa original do disco mostra um ânus sendo penetrado por uma furadeira e foi imediatamente banida. A banda optou por mostrar, então, a furadeira perfurando um crânio.

Reprodução

Blind Faith, Blind Faith

1969

A capa do disco de estreia do supergrupo de rock britânico causou polêmica por causa da adolescente sem roupa. A gravadora do grupo nos Estados Unidos mudou a foto por uma imagem em preto e branco dos integrantes.

Reprodução

Bon Jovi, Slippery When Wet

1986

A capa do terceiro disco do Bon Jovi mostrava uma mulher molhada, usando uma regata com o nome do álbum. Depois de reclamações sobre os seios expostos da modelo, a capa foi mudada para o título escrito na água.

Reprodução

The Beatles, Yesterday And Today

1966

A capa original mostrava os integrantes em aventais de açougueiro, rodeados de carne crua e pedaços de boneca. Foi rapidamente criticada e uma foto genérica do grupo foi usada para substituir a anterior.

Reprodução

Poison, Open Up and Say… Ahh!

1988

A capa original mostrava um demônio, o que acabou chocando grupos religiosos. A banda lançou uma versão editada da capa, mostrando apenas a testa e os olhos da criatura.

Reprodução

Jane’s Addiction, Ritual De Lo Habitual

1990

A capa original era um desenho do vocalista Perry Farrell e mostrava três figuras nuas. Quando ela foi considerada de mau gosto, Farrell lançou a versão “limpa” – uma página em branco com um trecho sobre a Primeira Emenda, para lembrar os fãs da liberdade de expressão.

Reprodução

Roxy Music, Country Life

1974

Duas modelos usando lingerie estampavam a capa original. Depois de muitos não aprovarem a nudez, a foto foi mudada para um simples arbusto, sem as mulheres.

Reprodução

Bow Wow Wow, See Jungle!

1981

A vocalista Annabella Lwin aparecia nua na releitura de “O Almoço Sobre a Relva”, de Manet. Por ela ter apenas 15 anos na época, causou polêmica.

Reprodução

U2, Achtung Baby

1991

Na versão original, uma colagem de imagens contava com uma foto do baixista Adam Clayton nu. Versões editadas da capa cobriram a genitália dele com um X preto e um trevo da sorte.

Reprodução

Alice Cooper, Love It To Death

1971

Na capa, Alice Cooper aparecia com o dedão dentro do zíper de sua calça, sugerindo que outra coisa estava marcando a peça de roupa. Censores não gostaram da brincadeira e o dedão do artista foi removido.

Reprodução

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Saudade
Eduardo Costa
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

20 capas de disco censuradas

De David Bowie a Kanye West, veja alguns artistas que não conseguiram lançar seus trabalhos com a capa que imaginavam

por Redação em 19/06/2017

Kanye West, My Beautiful Dark Twisted Fantasy

2010

Na capa, uma mulher sem roupa está em cima do rapper. A gravadora sugeriu a mudança da capa e, é claro, Kanye mostrou seu descontentamento nas redes sociais.

Reprodução

John Lennon, Unfinished Music No.1: Two Virgins

1968

John e Yoko, apaixonados e transgressores, resolveram posar nus na capa do álbum, mas foram censurados por motivos comerciais.

Reprodução

Guns N’ Roses, Appetite For Destruction

1987

A capa original mostrava um robô estuprador que causava caos nas ruas, mas foi mudada para uma cruz com caveiras.

Reprodução

The Coup, Party Music

2001
Apesar de a capa ter sido feita antes do atentado de 11 de setembro, a foto do duo de hip hop nas torres gêmeas foi censurada. Um copo em chamas foi escolhido para ilustrar a nova capa.

Reprodução

Jimi Hendrix, Electric Lady

1968

A capa do terceiro e último álbum de estúdio de Jimi Hendrix mostrava mulheres nuas. A gravadora censurou a capa nos Estados Unidos, trocando a foto por um retrato do artista.

Reprodução

Scorpions, Lovedrive

1979

A banda já tinha enfrentado problemas com censura de capa em 1976, com o álbum Virgin Killer. Em 1979, foram censurados novamente com o disco Lovedrive, em que a capa mostrava um homem com a mão grudada no seio de uma mulher por chiclete.

Reprodução

David Bowie, Diamond Dogs

1974

David Bowie sempre foi controverso, mas em 1974 ele foi censurado porque posou como uma criatura meio homem, meio cachorro, com a genitália exposta.

Reprodução

The Black Crowes, Amorica

1994

A capa original do terceiro álbum do Black Crowes mostrava um biquíni estampado com a bandeira dos Estados Unidos e pelos pubianos a mostra. A gravadora resolveu deixar apenas um triângulo na capa, com parte da bandeira.

Reprodução

Roger Waters, The Pros and Cons of Hitch Hiking

1984

Na capa original, uma mulher tentava pedir uma carona nua, usando apenas uma mochila e sapatos de salto alto. Censores colocaram uma tarja na imagem.

Reprodução

Lynyrd Skynyrd, Street Survivors

1977

Menos de uma semana após o lançamento do disco, o avião da banda caiu, matando três integrantes e o empresário do grupo. Em respeito, a capa foi mudada para uma imagem da banda em pé, em pose solene.

Reprodução

Pantera, Far Beyond Driven

1994

A capa original do disco mostra um ânus sendo penetrado por uma furadeira e foi imediatamente banida. A banda optou por mostrar, então, a furadeira perfurando um crânio.

Reprodução

Blind Faith, Blind Faith

1969

A capa do disco de estreia do supergrupo de rock britânico causou polêmica por causa da adolescente sem roupa. A gravadora do grupo nos Estados Unidos mudou a foto por uma imagem em preto e branco dos integrantes.

Reprodução

Bon Jovi, Slippery When Wet

1986

A capa do terceiro disco do Bon Jovi mostrava uma mulher molhada, usando uma regata com o nome do álbum. Depois de reclamações sobre os seios expostos da modelo, a capa foi mudada para o título escrito na água.

Reprodução

The Beatles, Yesterday And Today

1966

A capa original mostrava os integrantes em aventais de açougueiro, rodeados de carne crua e pedaços de boneca. Foi rapidamente criticada e uma foto genérica do grupo foi usada para substituir a anterior.

Reprodução

Poison, Open Up and Say… Ahh!

1988

A capa original mostrava um demônio, o que acabou chocando grupos religiosos. A banda lançou uma versão editada da capa, mostrando apenas a testa e os olhos da criatura.

Reprodução

Jane’s Addiction, Ritual De Lo Habitual

1990

A capa original era um desenho do vocalista Perry Farrell e mostrava três figuras nuas. Quando ela foi considerada de mau gosto, Farrell lançou a versão “limpa” – uma página em branco com um trecho sobre a Primeira Emenda, para lembrar os fãs da liberdade de expressão.

Reprodução

Roxy Music, Country Life

1974

Duas modelos usando lingerie estampavam a capa original. Depois de muitos não aprovarem a nudez, a foto foi mudada para um simples arbusto, sem as mulheres.

Reprodução

Bow Wow Wow, See Jungle!

1981

A vocalista Annabella Lwin aparecia nua na releitura de “O Almoço Sobre a Relva”, de Manet. Por ela ter apenas 15 anos na época, causou polêmica.

Reprodução

U2, Achtung Baby

1991

Na versão original, uma colagem de imagens contava com uma foto do baixista Adam Clayton nu. Versões editadas da capa cobriram a genitália dele com um X preto e um trevo da sorte.

Reprodução

Alice Cooper, Love It To Death

1971

Na capa, Alice Cooper aparecia com o dedão dentro do zíper de sua calça, sugerindo que outra coisa estava marcando a peça de roupa. Censores não gostaram da brincadeira e o dedão do artista foi removido.

Reprodução