NOTÍCIAS

23 músicas inspiradas pela literatura

por em 21/09/2015
A li
teratura é uma das grandes inspirações para quem produz música. As histórias, sejam ficcionais ou verdadeiras, podem servir de combustível não apenas para músicas como também para discos inteiros – um exemplo é o álbum Animals, de 1977, do Pink Floyd, inspirado no livro “A Revolução dos Bichos”, de George Orwell. Da mesma forma que a obra de Orwell, o disco usava as analogias e as metáforas com os animais para criticar a sociedade da época. Na playlist, você ouve 23 músicas que foram compostas com inspirações literárias. Abaixo, a lista completa com seus respectivos livros inspiradores: https://open.spotify.com/user/billboardbrasil/playlist/0ai7M131bX2SqteuAuqyad Inimigos do Rei – “Uma Barata Chamada Kafka” (A Metamorfose, Franz Kafka) Led Zeppelin – “Misty Mountain Hop” (O Senhor dos Anéis, JRR Tolkien) 30 Second to Mars – “The Kill” (O Iluminado, Stephen King) Ramones – “Pet Sematary” (O Cemitério Maldito, Stephen King) Engenheiros do Havaii – “A Revolta dos Dândis” (O Homem Revoltado, Albert Camus) Pink Floyd – “Sheep” (A Revolução dos Bichos, George Orwell) Incubus – “Talk Shows On Mute” (O caçador de Androides, Phillip K. Dick) Simon & Garfunkel – “The Sound of Silence” (Fahrenheit 451, Ray Bradbury) Guns N' Roses – “Catcher In The Rye” (O Apanhador do Campo de Centeio, J. D. Salinger) Metallica – “For Whom the Bell Tools” (Por Quem os Sinos Dobram?, de Ernest Hemingway) Rush – “Tom Sawyer” (Tom Sawyer, Mark Twain) The Police – “Don't Stand So Close to Me” (Lolita, Vladimir Nabokov) Mumford & Sons – “Roll Away Your Stone” (Macbeth, William Shakespeare) Kate Bush – “Wuthering Heights” (O Morro dos Ventos Uivantes, Emily Brontë) Rolling Stones – “Sympathy for the Devil” (O Mestre e Margarida, Mikhail Bulgakov) Radiohead – “Paranoid Android” (O Guia do Mochileiro das Galáxias, Douglas Adams) Regina Spektor – “Ghost of Corporate Future” (Um Conto de Natal, Charles Dickens) Black Sabbath – “The Wizard” (O Senhor dos Anéis, JRR Tolkien) Iron Maiden – “The Lord of the Flies” (O Senhor das Moscas, de William Golding) The Strokes – “Soma” (Admirável Mundo Novo, Aldous Huxley) Katy Perry – “Firework” (On The Road, Jack Kerouac) Jefferson Airplane – “White Rabbit” (Alice no País das Maravilhas, Lewis Carroll) The Cure – “Killing an Arab” (O Estrangeiro, Albert Camus)
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Saudade
Eduardo Costa
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

23 músicas inspiradas pela literatura

por em 21/09/2015
A li
teratura é uma das grandes inspirações para quem produz música. As histórias, sejam ficcionais ou verdadeiras, podem servir de combustível não apenas para músicas como também para discos inteiros – um exemplo é o álbum Animals, de 1977, do Pink Floyd, inspirado no livro “A Revolução dos Bichos”, de George Orwell. Da mesma forma que a obra de Orwell, o disco usava as analogias e as metáforas com os animais para criticar a sociedade da época. Na playlist, você ouve 23 músicas que foram compostas com inspirações literárias. Abaixo, a lista completa com seus respectivos livros inspiradores: https://open.spotify.com/user/billboardbrasil/playlist/0ai7M131bX2SqteuAuqyad Inimigos do Rei – “Uma Barata Chamada Kafka” (A Metamorfose, Franz Kafka) Led Zeppelin – “Misty Mountain Hop” (O Senhor dos Anéis, JRR Tolkien) 30 Second to Mars – “The Kill” (O Iluminado, Stephen King) Ramones – “Pet Sematary” (O Cemitério Maldito, Stephen King) Engenheiros do Havaii – “A Revolta dos Dândis” (O Homem Revoltado, Albert Camus) Pink Floyd – “Sheep” (A Revolução dos Bichos, George Orwell) Incubus – “Talk Shows On Mute” (O caçador de Androides, Phillip K. Dick) Simon & Garfunkel – “The Sound of Silence” (Fahrenheit 451, Ray Bradbury) Guns N' Roses – “Catcher In The Rye” (O Apanhador do Campo de Centeio, J. D. Salinger) Metallica – “For Whom the Bell Tools” (Por Quem os Sinos Dobram?, de Ernest Hemingway) Rush – “Tom Sawyer” (Tom Sawyer, Mark Twain) The Police – “Don't Stand So Close to Me” (Lolita, Vladimir Nabokov) Mumford & Sons – “Roll Away Your Stone” (Macbeth, William Shakespeare) Kate Bush – “Wuthering Heights” (O Morro dos Ventos Uivantes, Emily Brontë) Rolling Stones – “Sympathy for the Devil” (O Mestre e Margarida, Mikhail Bulgakov) Radiohead – “Paranoid Android” (O Guia do Mochileiro das Galáxias, Douglas Adams) Regina Spektor – “Ghost of Corporate Future” (Um Conto de Natal, Charles Dickens) Black Sabbath – “The Wizard” (O Senhor dos Anéis, JRR Tolkien) Iron Maiden – “The Lord of the Flies” (O Senhor das Moscas, de William Golding) The Strokes – “Soma” (Admirável Mundo Novo, Aldous Huxley) Katy Perry – “Firework” (On The Road, Jack Kerouac) Jefferson Airplane – “White Rabbit” (Alice no País das Maravilhas, Lewis Carroll) The Cure – “Killing an Arab” (O Estrangeiro, Albert Camus)