NOTÍCIAS

25 fatos que provam que Taylor Swift é a artista mais incrível do mundo

por em 12/12/2014
ong>Por Angela Destri No dia 13 de dezembro, mais conhecido como amanhã, Taylor Swift completa um quarto de século entre os mortais. Em seus oito anos de carreira, a cantora foi angariando cada vez mais prestígio e hoje já pode ser considerada um ícone na indústria cultural. Isso se deu pela música, pelo reconhecimento popular, pelos prêmios, mas também por sua personalidade extremamente singular. E esses são os 25 motivos que fazem de Taylor a artista mais cool do momento. 1. Levou na boa o episódio com Kanye West no VMA No MTV Video Music Awards de 2009, Taylor recebeu o prêmio de Melhor Vídeo Feminino pelo clipe de “You Belong With Me”. Mas, quando subiu ao palco para fazer seu discurso de agradecimento, Kanye West pegou o microfone e disse ter achado um absurdo Beyoncé, com “Single Ladies”, não ter vencido a categoria, deixando a loirinha bastante surpresa e sem reação. Depois, a cantora passou a fazer várias piadas sobre o acontecimento, tratando o assunto com humor, sem alfinetar ou criticar o rapper, mostrando que não guardou ressentimento. Poucas pessoas seriam tão tranquilas assim numa situação dessas. 2. É arroz de festa do Grammy Taylor já foi indicada ao Grammy 22 vezes e levou para casa sete estatuetas. Em 2015, concorre a Gravação do Ano, Canção do Ano e Melhor Perfomance Solo de Pop. 3. E é recordista na premiação Em 2010, quando tinha apenas 20 anos, Taylor Swift ganhou o Grammy de Álbum do Ano por Fearless. A cantora bateu o recorde que pertencia a Alanis Morissette e virou a artista mais jovem a ganhar essa categoria da premiação. 4. Tem números surpreendentes de vendas Mesmo ainda sendo muito nova, a ex-princesinha do country já tem muito do que se orgulhar. Seus seis álbuns de estúdio venderam juntos, até o momento, mais de 30 milhões de cópias no mundo todo. Além disso, o download pago de suas músicas ultrapassa a marca de 80 milhões. 5. Move multidões (e muitos dólares) com suas turnês A turnê Red foi uma das mais bem sucedidas em 2013 e 2014, tendo arrecadado US$ 150,2 milhões, com um público de 1,7 milhões de pessoas. A turnê mundial de 1989 já está marcada para começar em maio de 2015, nos Estados Unidos, e pode faturar US$ 500 milhões, segundo a Forbes. Com isso, Tay se juntaria a um grupo muito especial de divas pop que bateram a marca dos 500 milhões numa digressão: Madonna, Beyoncé e Lady Gaga. ts04 6. Deixou um legado na música country Taylor pode ter mudado seu gênero musical, mas deixou sua marca naquele que a lançou para o mundo. Antes dela, havia certa relutância das gravadoras em assinar com artistas jovens de country music. Fora que cantores que escreviam suas próprias músicas não eram tão valorizados. Agora, a procura por cantores que são também compositores está aumentando. ts03 7. Apoiou a carreira de Ed Sheeran... Taylor ajudou a alavancar a carreira de Ed Sheeran, que abriu a maior parte de seus shows na turnê Red na América do Norte. O britânico disse que a amiga fazia questão de assistir a todas as suas apresentações, o que não é algo comum na indústria. 8. …E ainda dá (bons) conselhos ao amigo Ed Sheeran revelou em uma entrevista que, originalmente, “One” seria o carro-chefe de X, seu segundo álbum de estúdio. Taylor Swift e Elton John disseram ao ruivinho que “Sing” era uma música muito mais forte e impactante e que ele seria louco de não lançá-la primeiro. Golaço. 9. Foi irredutível com o queria para o álbum 1989 Em entrevista a Billboard, Taylor disse que a mudança da sonoridade em seu novo álbum foi algo natural, não planejada, mas teve que bater o pé para o trabalho sair do jeito que queria. Quando disse a Scott Borchetta, fundador da gravadora Big Machine e descobridor da cantora, que não havia feito um álbum country, ela enfrentou bastante resistência. O empresário chegou a pedir que três músicas fossem do gênero ou que se colocasse um violino em “Shake It Off”. Certa de sua decisão, a loirinha foi irredutível. 10. Gosta muito dos seus fãs – e de surpreendê-los Em outubro, antes do lançamento de 1989, Taylor convidou alguns fãs para audições de seu novo trabalho em primeira mão. As reuniões secretas aconteceu em suas próprias residências (sim, ela tem algumas casas). Além disso, outros sortudos apaixonados pela cantora puderam participar da gravação do clipe de “Shake It Off”. ts02 11. Levantou debate sobre os serviços de streaming... No mês passado, a cantora tirou todas as suas músicas do Spotify e não liberou seu novo álbum para nenhum site de streaming. Com isso, Taylor levantou um debate sobre a quantia que esses serviços pagam aos artistas e disse: “Até que o Spotify comece compensar de forma justa os criadores de música, eu não farei parte disso”. Com isso, as visualizações dos vídeos de suas músicas no YouTube aumentaram consideravelmente e há quem diga que esse fato contribuiu para as vendas surpreendentes de 1989. 12. ...E, mesmo assim, o Spotify a quer de volta Para tentar convencê-la a ficar, o Spotify divulgou uma nota em que dizia: “Nós amamos Taylor Swift e nossos mais de 40 milhões de usuários a amam ainda mais – aproximadamente, 16 milhões ouviram suas músicas nos últimos 30 dias; ela está em mais de 19 milhões de playlists”. Por enquanto, nada feito! 13. Foi nomeada embaixadora de Nova York Após deixar Nashville, mudar-se para a Big Apple e lançar a música “Welcome To New York”, Taylor recebeu o título de Global Welcome Ambassador da cidade, algo como uma embaixadora do turismo. Mal chegou e já está deixando sua marca por lá. 14. Conseguiu uma marca inédita no Hot 100... A loirinha tem um feito muito memorável no Hot 100 da Billboard. Nos 56 anos de existência do ranking de singles, Taylor é a única artista solo feminina a ter perdido o topo da parada para ela mesma. Em novembro, “Blank Space” assumiu o 1º lugar, tirando a liderança de “Shake It Off”. ts 15. ...E tem 66 (!) singles na mesma parada Ao longo dos seus oito anos de carreira, Taylor Swift emplacou 66 singles no ranking. Mas esse não é seu único grande feito na parada. Ela é a artista com o maior número de músicas do mesmo álbum a entrar no ranking, pois as 14 faixas de Speak Now participaram da lista em algum momento. Além disso, Tay detém também o título de artista com o maior número de estreias no Top 10, com 12 músicas. 16. Faz sucesso com a galera do rap... No mês passado, Taylor Swift postou um vídeo em ouvia no rádio e cantava a música “Backseat Freestyle”, de Kendrick Lamar. O rapper assistiu, agradeceu a cantora e disse estar contente por ela apoiar a cultura do hip hop. Para finalizar, o americano ainda cantou o refrão de “Shake It Off” e disse que ama essa música. 17. …Com os indies… Há dois anos, o The Vaccines fez uma participação no programa Live Lounge, da BBC Radio 1, que pede sempre que os artistas façam alguma cover. Os britânicos ousaram e transformaram “We Are Never Getting Back Together” em um rock de guitarras afiadas. 18. ...Com os veteranos da música... Em 2011, Bruce Springsteen surpreendeu a jovem cantora ao ir a uma apresentação da turnê Speak Now, nos Estados Unidos. O músico foi acompanhar sua filha, mas aproveitou para conhecer Taylor e ainda tocar “Dancing In The Dark” em seu violão e assiná-lo. 19. ... Com a galera descolada da televisão... Taylor começou a seguir Lena Dunham no Twitter e notou que a atriz, diretora e roteirista de Girls havia elogiado sua música. Achou que era uma ironia, uma brincadeira, mas percebeu que Lena fazia vários posts comentando como gostava dela. As duas começaram a conversar e hoje são muito amigas. Lena até declarou que vários episódios de Girls foram baseados em canções de Taylor. 20. ... E com um ícone da country music Dolly Parton, a grande dama do country, deu sua aprovação a Taylor Swift. Disse que a jovem cantora faz um trabalho maravilhoso e que realmente a admira. As duas têm muito em comum: Dolly também se aventurou por outros gêneros musicais na carreira, mas sem nunca deixar de lado suas raízes. 21. Concorreu a Personalidade do Ano Personalidade do Ano é um dos prêmios mais importantes da revista Time, que homenageia uma pessoa, grupos, ideias ou projetos que tiveram grande influência em determinado ano. Taylor Swift foi uma das candidatas, concorrendo com Tim Cook, CEO da Apple, Vladimir Putin, presidente da Rússia, os manifestantes de Ferguson e outros. Os voluntários na luta contra o Ebola foram os vencedores este ano, mas mesmo que fosse pouco provável que a cantora fosse a escolhida, ser nomeada ao lado de tanta gente relevante já é uma grande honra. 22. Tornou-se um ícone da moda Taylor não amadureceu só na música. Ao longo dos anos, foi deixando de lado os vestidos e botas caipiras e adotando um visual mais moderno e muito sofisticado. Com isso, passou a ser associada à moda e a estilistas como Oscar de la Renta e Carolina Herrera. Jeetendr Sehdev,  conceituado especialista em imagens de celebridades, afirmou que o estilo da loirinha é três vezes mais poderoso que o da Duquesa de Cambridge, Kate Middleton. 23. É uma das artistas que mais faturou em 2014 Taylor Swift está em 11º lugar na lista da Forbes dos artistas que mais lucraram no último ano. Os US$ 64 milhões que ganhou em 2014 superam as arrecadações de grandes máquinas de fazer dinheiro, como Jay Z, Justin Timberlake, Bruno Mars e Rihanna. 24. É muito engraçada Os amigos de Taylor sempre falam que ela é extremamente engraçada e suas aparições na televisão e em rádios comprovam isso. Lorde, grande amiga da cantora, disse que uma vez ela foi muito convincente e fez um homem acreditar que a neozelandesa era sua empresária. Já com Greg James, apresentador da BBB Radio 1, ela protagonizou um hilário vídeo dublando “Blank Space”. https://www.youtube.com/watch?v=YnR5KknFffU 25. Até o Obama fala dela Em 2013, no seu bem humorado discurso no Jantar dos Correspondentes da Casa Branca, Barack Obama fez uma piada com Taylor Swift, prova inequívoca de que a cantora virou um ícone da cultura pop. Sobre a questão orçamentária do país, o presidente dos Estados Unidos disse: “Republicanos apaixonaram-se por isso e agora eles não conseguem para de falar o quando odeiam. É como se estivéssemos presos em um álbum de Taylor Swift”, em referência à relação de amor e ódio que a jovem vive com os rapazes.
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Saudade
Eduardo Costa
3
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
4
Dona Maria (Part. Jorge)
Thiago Brava
5
Não Era Você
João Bosco & Vinicius
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

25 fatos que provam que Taylor Swift é a artista mais incrível do mundo

por em 12/12/2014
ong>Por Angela Destri No dia 13 de dezembro, mais conhecido como amanhã, Taylor Swift completa um quarto de século entre os mortais. Em seus oito anos de carreira, a cantora foi angariando cada vez mais prestígio e hoje já pode ser considerada um ícone na indústria cultural. Isso se deu pela música, pelo reconhecimento popular, pelos prêmios, mas também por sua personalidade extremamente singular. E esses são os 25 motivos que fazem de Taylor a artista mais cool do momento. 1. Levou na boa o episódio com Kanye West no VMA No MTV Video Music Awards de 2009, Taylor recebeu o prêmio de Melhor Vídeo Feminino pelo clipe de “You Belong With Me”. Mas, quando subiu ao palco para fazer seu discurso de agradecimento, Kanye West pegou o microfone e disse ter achado um absurdo Beyoncé, com “Single Ladies”, não ter vencido a categoria, deixando a loirinha bastante surpresa e sem reação. Depois, a cantora passou a fazer várias piadas sobre o acontecimento, tratando o assunto com humor, sem alfinetar ou criticar o rapper, mostrando que não guardou ressentimento. Poucas pessoas seriam tão tranquilas assim numa situação dessas. 2. É arroz de festa do Grammy Taylor já foi indicada ao Grammy 22 vezes e levou para casa sete estatuetas. Em 2015, concorre a Gravação do Ano, Canção do Ano e Melhor Perfomance Solo de Pop. 3. E é recordista na premiação Em 2010, quando tinha apenas 20 anos, Taylor Swift ganhou o Grammy de Álbum do Ano por Fearless. A cantora bateu o recorde que pertencia a Alanis Morissette e virou a artista mais jovem a ganhar essa categoria da premiação. 4. Tem números surpreendentes de vendas Mesmo ainda sendo muito nova, a ex-princesinha do country já tem muito do que se orgulhar. Seus seis álbuns de estúdio venderam juntos, até o momento, mais de 30 milhões de cópias no mundo todo. Além disso, o download pago de suas músicas ultrapassa a marca de 80 milhões. 5. Move multidões (e muitos dólares) com suas turnês A turnê Red foi uma das mais bem sucedidas em 2013 e 2014, tendo arrecadado US$ 150,2 milhões, com um público de 1,7 milhões de pessoas. A turnê mundial de 1989 já está marcada para começar em maio de 2015, nos Estados Unidos, e pode faturar US$ 500 milhões, segundo a Forbes. Com isso, Tay se juntaria a um grupo muito especial de divas pop que bateram a marca dos 500 milhões numa digressão: Madonna, Beyoncé e Lady Gaga. ts04 6. Deixou um legado na música country Taylor pode ter mudado seu gênero musical, mas deixou sua marca naquele que a lançou para o mundo. Antes dela, havia certa relutância das gravadoras em assinar com artistas jovens de country music. Fora que cantores que escreviam suas próprias músicas não eram tão valorizados. Agora, a procura por cantores que são também compositores está aumentando. ts03 7. Apoiou a carreira de Ed Sheeran... Taylor ajudou a alavancar a carreira de Ed Sheeran, que abriu a maior parte de seus shows na turnê Red na América do Norte. O britânico disse que a amiga fazia questão de assistir a todas as suas apresentações, o que não é algo comum na indústria. 8. …E ainda dá (bons) conselhos ao amigo Ed Sheeran revelou em uma entrevista que, originalmente, “One” seria o carro-chefe de X, seu segundo álbum de estúdio. Taylor Swift e Elton John disseram ao ruivinho que “Sing” era uma música muito mais forte e impactante e que ele seria louco de não lançá-la primeiro. Golaço. 9. Foi irredutível com o queria para o álbum 1989 Em entrevista a Billboard, Taylor disse que a mudança da sonoridade em seu novo álbum foi algo natural, não planejada, mas teve que bater o pé para o trabalho sair do jeito que queria. Quando disse a Scott Borchetta, fundador da gravadora Big Machine e descobridor da cantora, que não havia feito um álbum country, ela enfrentou bastante resistência. O empresário chegou a pedir que três músicas fossem do gênero ou que se colocasse um violino em “Shake It Off”. Certa de sua decisão, a loirinha foi irredutível. 10. Gosta muito dos seus fãs – e de surpreendê-los Em outubro, antes do lançamento de 1989, Taylor convidou alguns fãs para audições de seu novo trabalho em primeira mão. As reuniões secretas aconteceu em suas próprias residências (sim, ela tem algumas casas). Além disso, outros sortudos apaixonados pela cantora puderam participar da gravação do clipe de “Shake It Off”. ts02 11. Levantou debate sobre os serviços de streaming... No mês passado, a cantora tirou todas as suas músicas do Spotify e não liberou seu novo álbum para nenhum site de streaming. Com isso, Taylor levantou um debate sobre a quantia que esses serviços pagam aos artistas e disse: “Até que o Spotify comece compensar de forma justa os criadores de música, eu não farei parte disso”. Com isso, as visualizações dos vídeos de suas músicas no YouTube aumentaram consideravelmente e há quem diga que esse fato contribuiu para as vendas surpreendentes de 1989. 12. ...E, mesmo assim, o Spotify a quer de volta Para tentar convencê-la a ficar, o Spotify divulgou uma nota em que dizia: “Nós amamos Taylor Swift e nossos mais de 40 milhões de usuários a amam ainda mais – aproximadamente, 16 milhões ouviram suas músicas nos últimos 30 dias; ela está em mais de 19 milhões de playlists”. Por enquanto, nada feito! 13. Foi nomeada embaixadora de Nova York Após deixar Nashville, mudar-se para a Big Apple e lançar a música “Welcome To New York”, Taylor recebeu o título de Global Welcome Ambassador da cidade, algo como uma embaixadora do turismo. Mal chegou e já está deixando sua marca por lá. 14. Conseguiu uma marca inédita no Hot 100... A loirinha tem um feito muito memorável no Hot 100 da Billboard. Nos 56 anos de existência do ranking de singles, Taylor é a única artista solo feminina a ter perdido o topo da parada para ela mesma. Em novembro, “Blank Space” assumiu o 1º lugar, tirando a liderança de “Shake It Off”. ts 15. ...E tem 66 (!) singles na mesma parada Ao longo dos seus oito anos de carreira, Taylor Swift emplacou 66 singles no ranking. Mas esse não é seu único grande feito na parada. Ela é a artista com o maior número de músicas do mesmo álbum a entrar no ranking, pois as 14 faixas de Speak Now participaram da lista em algum momento. Além disso, Tay detém também o título de artista com o maior número de estreias no Top 10, com 12 músicas. 16. Faz sucesso com a galera do rap... No mês passado, Taylor Swift postou um vídeo em ouvia no rádio e cantava a música “Backseat Freestyle”, de Kendrick Lamar. O rapper assistiu, agradeceu a cantora e disse estar contente por ela apoiar a cultura do hip hop. Para finalizar, o americano ainda cantou o refrão de “Shake It Off” e disse que ama essa música. 17. …Com os indies… Há dois anos, o The Vaccines fez uma participação no programa Live Lounge, da BBC Radio 1, que pede sempre que os artistas façam alguma cover. Os britânicos ousaram e transformaram “We Are Never Getting Back Together” em um rock de guitarras afiadas. 18. ...Com os veteranos da música... Em 2011, Bruce Springsteen surpreendeu a jovem cantora ao ir a uma apresentação da turnê Speak Now, nos Estados Unidos. O músico foi acompanhar sua filha, mas aproveitou para conhecer Taylor e ainda tocar “Dancing In The Dark” em seu violão e assiná-lo. 19. ... Com a galera descolada da televisão... Taylor começou a seguir Lena Dunham no Twitter e notou que a atriz, diretora e roteirista de Girls havia elogiado sua música. Achou que era uma ironia, uma brincadeira, mas percebeu que Lena fazia vários posts comentando como gostava dela. As duas começaram a conversar e hoje são muito amigas. Lena até declarou que vários episódios de Girls foram baseados em canções de Taylor. 20. ... E com um ícone da country music Dolly Parton, a grande dama do country, deu sua aprovação a Taylor Swift. Disse que a jovem cantora faz um trabalho maravilhoso e que realmente a admira. As duas têm muito em comum: Dolly também se aventurou por outros gêneros musicais na carreira, mas sem nunca deixar de lado suas raízes. 21. Concorreu a Personalidade do Ano Personalidade do Ano é um dos prêmios mais importantes da revista Time, que homenageia uma pessoa, grupos, ideias ou projetos que tiveram grande influência em determinado ano. Taylor Swift foi uma das candidatas, concorrendo com Tim Cook, CEO da Apple, Vladimir Putin, presidente da Rússia, os manifestantes de Ferguson e outros. Os voluntários na luta contra o Ebola foram os vencedores este ano, mas mesmo que fosse pouco provável que a cantora fosse a escolhida, ser nomeada ao lado de tanta gente relevante já é uma grande honra. 22. Tornou-se um ícone da moda Taylor não amadureceu só na música. Ao longo dos anos, foi deixando de lado os vestidos e botas caipiras e adotando um visual mais moderno e muito sofisticado. Com isso, passou a ser associada à moda e a estilistas como Oscar de la Renta e Carolina Herrera. Jeetendr Sehdev,  conceituado especialista em imagens de celebridades, afirmou que o estilo da loirinha é três vezes mais poderoso que o da Duquesa de Cambridge, Kate Middleton. 23. É uma das artistas que mais faturou em 2014 Taylor Swift está em 11º lugar na lista da Forbes dos artistas que mais lucraram no último ano. Os US$ 64 milhões que ganhou em 2014 superam as arrecadações de grandes máquinas de fazer dinheiro, como Jay Z, Justin Timberlake, Bruno Mars e Rihanna. 24. É muito engraçada Os amigos de Taylor sempre falam que ela é extremamente engraçada e suas aparições na televisão e em rádios comprovam isso. Lorde, grande amiga da cantora, disse que uma vez ela foi muito convincente e fez um homem acreditar que a neozelandesa era sua empresária. Já com Greg James, apresentador da BBB Radio 1, ela protagonizou um hilário vídeo dublando “Blank Space”. https://www.youtube.com/watch?v=YnR5KknFffU 25. Até o Obama fala dela Em 2013, no seu bem humorado discurso no Jantar dos Correspondentes da Casa Branca, Barack Obama fez uma piada com Taylor Swift, prova inequívoca de que a cantora virou um ícone da cultura pop. Sobre a questão orçamentária do país, o presidente dos Estados Unidos disse: “Republicanos apaixonaram-se por isso e agora eles não conseguem para de falar o quando odeiam. É como se estivéssemos presos em um álbum de Taylor Swift”, em referência à relação de amor e ódio que a jovem vive com os rapazes.