NOTÍCIAS

Os momentos marcantes de Iggy Azalea no Twitter, rede que ela abandonou

por em 21/02/2015
Iggy
Azalea está oficialmente desconectada: na última quarta-feira (18/02), informou aos seus 4,3 milhões de seguidores no Twitter que estava “fazendo uma pausa das redes sociais” após voltar de férias e encontrar na internet fotos suas pouco amigáveis tiradas por um paparazzi durante uma viagem. “Eu só quero ter um tempo de paz e relaxamento sem um pervertido com lentes de longa distância se escondendo para tirar fotos, todo mundo merece paz”, explicou. Depois, disse que as redes sociais são “muito negativas” e que seus empresários irão administrar sua conta no Twitter a partir de agora. A presença da rapper no microblog foi bastante movimentada. Desde o começo de sua ascensão ao estrelato, Iggy usou a ferramenta como uma plataforma para responder à negatividade, fazer explicações e tornar públicas discussões que deveriam ser privadas. Recentemente, o site de entretenimento e cultura Vulture postou um histórico das controvérsias da australiana e, como ela não deve mais envolver-se nesses casos por um tempo, separamos seus cinco momentos mais memoráveis no Twitter. 1. Junho de 2013: Piadas ofensivas desenterradas Enquanto Iggy Azalea se preparava para lançar seu álbum de estreia e se apresentar mais aos fãs do hip hop, alguns espertos usuários do Twitter navegaram pelos antigos posts de sua página e encontraram algumas piadas desagradáveis feitas a partir de 2010. Um exemplo: “quando vejo homens cochichando no ouvido um do outro sempre acho que isso é meio gay”. Desde então, foi criado um Tumblr com esses comentários, com mais de 100 mil visualizações desde março de 2014. Quando os tuítes passaram a circular pela internet em junho de 2013, Iggy defendeu suas palavras com uma série de posts: “Houve uma época em que eu podia fazer piadas, falar sobre programas de televisão ou qual álbum odeio e qual amo, etc. Não posso mais fazer isso agora. Em parte porque vocês fariam da minha vida um pesadelo e em parte porque isso não seria profissional. Mas levem em conta que houve uma época em que meu Twitter era apenas para meus amigos e familiares. Assim como o de vocês provavelmente é agora. De qualquer forma, sinto que o que vocês estão fazendo é realmente injusto. Essa é a minha opinião. Agora, em 2013”. 2. Novembro de 2014: Iggy responde a conteúdo de estupro em letra de música de Eminem Na faixa “Vegas”, do projeto Bad Meets Evil, Eminem usou sua clássica misoginia e cantou: “Você tem sorte em apenas seguir meu carro/ Se eu deixar você correr ao lado do Humvee/ A menos que você seja Nicki/ pego você pelo pulso, vamos esquiar/ Então, o que vai ser?/ Coloque isso de lado, Iggy/ Você não quer assoprar esse apito do estupro para mim”. A australiana respondeu aos versos com bastante desprezo: IggyAzalea_Twitter01 “Estou de saco cheio dessa tendência do homem velho ameaçando jovens mulheres como entretenimento e muito mais interessada na tendência das jovens mulheres ganhando dinheiro.” Em um segundo tuíte, escreveu: “É especialmente embaraçoso porque meu irmão de 14 anos é o maior fã do Eminem e agora o artista que ele admira diz que quer me estuprar. Legal!”. 3. Dezembro de 2014: Discussão com Azealia Banks Após meses e meses de Azealia Banks, sua inimiga número 1, provocá-la de várias formas no Twitter e em algumas entrevistas, Iggy reconheceu a rixa com um tuíte modesto. Mas a coisa ganhou uma dimensão muito maior quando a cantora de “212” falou mal da colega de profissão em entrevista à rádio nova-iorquina Hot 97, num papo sobre as recentes questões raciais nos Estados Unidos e a morte de Eric Garner pelas mãos da polícia. Depois disso, a loira citou explicitamente o nome de sua rival pela primeira vez em uma série de tuítes um tanto hostis: IggyAzalea_Twitter02 “Mensagem especial para Banks: existem vários artistas negros tendo sucesso em todos os gêneros. A razão pela qual você não tem é por causa de sua péssima atitude.” “Sua incapacidade de ser responsável pelos seus próprios erros, fazendo bullying com os outros, a incapacidade de ser humilde ou ter autocontrole. É VOCÊ! Você criou sua própria situação infeliz por ser intolerante e ainda não tem a capacidade mental para perceber isso. Provavelmente, nunca terá”, continuou a australiana, que ainda chamou a americana de “venenosa”, “miserável” e “irritada”. 4. Dezembro de 2014: Iggy rejeita “aula de História” de Q-Tip O respeitado MC Q-Tip postou um longo discurso no Twitter direcionado à Iggy, cordialmente aconselhando a jovem a respeitar as origens afro-americanas do hip hop conforme avança em sua carreira. Em sua resposta, a moça sugeriu que nunca precisou de um guia: “A maioria das pessoas aprende toda e qualquer coisa que pode sobre os assuntos que gosta, não sou diferente. Acho paternalista assumir que não tenho nenhum conhecimento de algo que me influencia, mas também cresci com desconhecidos achando isso. Então, está tudo bem e estou acostumada com isso agora. Não perco meu sono por isso. Também não vou me sentar no Twitter e ficar brincando de hip hop com desconhecidos para de alguma forma provar que mereço ser uma fã ou ser influenciada pelo hip hop”. 5. Fevereiro de 2015: O incidente do Papa John’s O dia 8 de fevereiro de 2015 seria especial para Iggy de qualquer forma: seu primeiro Grammy Awards, no qual concorreu à Revelação do Ano e Gravação do Ano por “Fancy”. Ainda assim, a rapper virou notícia nesta data por reclamar da rede de pizzaria Papa John’s, após um entregador ter revelado uma informação pessoal. Veja abaixo a mensagem que a australiana recebeu em seu celular: IggyAzalea_Twitter03 “Olá, é a Iggy Azalea? Meu irmão fez uma entrega para você do Papa John’s e me deu seu número na sexta-feira à noite. Sou seu fã número 1, por favor, me ligue de volta. É você? Por favor, responda, você é meu ídolo.” “Papa John’s era minha pizza preferida, mas os entregadores dão seu número de telefone pessoal para seus familiares”, postou a cantora. “E os supervisores se recusam a mandar fotos de seus empregados para que você possa identificar quem rouba sua informação”, completou. A briga contra a rede continuou no dia seguinte, quando Iggy declarou: “Eu quero respostas, Papa John’s, por que a confidencialidade dos clientes é uma piada para sua empresa?”. Após não dar muita importância para a situação, a companhia se desculpou pela falta de profissionalismo.
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Os momentos marcantes de Iggy Azalea no Twitter, rede que ela abandonou

por em 21/02/2015
Iggy
Azalea está oficialmente desconectada: na última quarta-feira (18/02), informou aos seus 4,3 milhões de seguidores no Twitter que estava “fazendo uma pausa das redes sociais” após voltar de férias e encontrar na internet fotos suas pouco amigáveis tiradas por um paparazzi durante uma viagem. “Eu só quero ter um tempo de paz e relaxamento sem um pervertido com lentes de longa distância se escondendo para tirar fotos, todo mundo merece paz”, explicou. Depois, disse que as redes sociais são “muito negativas” e que seus empresários irão administrar sua conta no Twitter a partir de agora. A presença da rapper no microblog foi bastante movimentada. Desde o começo de sua ascensão ao estrelato, Iggy usou a ferramenta como uma plataforma para responder à negatividade, fazer explicações e tornar públicas discussões que deveriam ser privadas. Recentemente, o site de entretenimento e cultura Vulture postou um histórico das controvérsias da australiana e, como ela não deve mais envolver-se nesses casos por um tempo, separamos seus cinco momentos mais memoráveis no Twitter. 1. Junho de 2013: Piadas ofensivas desenterradas Enquanto Iggy Azalea se preparava para lançar seu álbum de estreia e se apresentar mais aos fãs do hip hop, alguns espertos usuários do Twitter navegaram pelos antigos posts de sua página e encontraram algumas piadas desagradáveis feitas a partir de 2010. Um exemplo: “quando vejo homens cochichando no ouvido um do outro sempre acho que isso é meio gay”. Desde então, foi criado um Tumblr com esses comentários, com mais de 100 mil visualizações desde março de 2014. Quando os tuítes passaram a circular pela internet em junho de 2013, Iggy defendeu suas palavras com uma série de posts: “Houve uma época em que eu podia fazer piadas, falar sobre programas de televisão ou qual álbum odeio e qual amo, etc. Não posso mais fazer isso agora. Em parte porque vocês fariam da minha vida um pesadelo e em parte porque isso não seria profissional. Mas levem em conta que houve uma época em que meu Twitter era apenas para meus amigos e familiares. Assim como o de vocês provavelmente é agora. De qualquer forma, sinto que o que vocês estão fazendo é realmente injusto. Essa é a minha opinião. Agora, em 2013”. 2. Novembro de 2014: Iggy responde a conteúdo de estupro em letra de música de Eminem Na faixa “Vegas”, do projeto Bad Meets Evil, Eminem usou sua clássica misoginia e cantou: “Você tem sorte em apenas seguir meu carro/ Se eu deixar você correr ao lado do Humvee/ A menos que você seja Nicki/ pego você pelo pulso, vamos esquiar/ Então, o que vai ser?/ Coloque isso de lado, Iggy/ Você não quer assoprar esse apito do estupro para mim”. A australiana respondeu aos versos com bastante desprezo: IggyAzalea_Twitter01 “Estou de saco cheio dessa tendência do homem velho ameaçando jovens mulheres como entretenimento e muito mais interessada na tendência das jovens mulheres ganhando dinheiro.” Em um segundo tuíte, escreveu: “É especialmente embaraçoso porque meu irmão de 14 anos é o maior fã do Eminem e agora o artista que ele admira diz que quer me estuprar. Legal!”. 3. Dezembro de 2014: Discussão com Azealia Banks Após meses e meses de Azealia Banks, sua inimiga número 1, provocá-la de várias formas no Twitter e em algumas entrevistas, Iggy reconheceu a rixa com um tuíte modesto. Mas a coisa ganhou uma dimensão muito maior quando a cantora de “212” falou mal da colega de profissão em entrevista à rádio nova-iorquina Hot 97, num papo sobre as recentes questões raciais nos Estados Unidos e a morte de Eric Garner pelas mãos da polícia. Depois disso, a loira citou explicitamente o nome de sua rival pela primeira vez em uma série de tuítes um tanto hostis: IggyAzalea_Twitter02 “Mensagem especial para Banks: existem vários artistas negros tendo sucesso em todos os gêneros. A razão pela qual você não tem é por causa de sua péssima atitude.” “Sua incapacidade de ser responsável pelos seus próprios erros, fazendo bullying com os outros, a incapacidade de ser humilde ou ter autocontrole. É VOCÊ! Você criou sua própria situação infeliz por ser intolerante e ainda não tem a capacidade mental para perceber isso. Provavelmente, nunca terá”, continuou a australiana, que ainda chamou a americana de “venenosa”, “miserável” e “irritada”. 4. Dezembro de 2014: Iggy rejeita “aula de História” de Q-Tip O respeitado MC Q-Tip postou um longo discurso no Twitter direcionado à Iggy, cordialmente aconselhando a jovem a respeitar as origens afro-americanas do hip hop conforme avança em sua carreira. Em sua resposta, a moça sugeriu que nunca precisou de um guia: “A maioria das pessoas aprende toda e qualquer coisa que pode sobre os assuntos que gosta, não sou diferente. Acho paternalista assumir que não tenho nenhum conhecimento de algo que me influencia, mas também cresci com desconhecidos achando isso. Então, está tudo bem e estou acostumada com isso agora. Não perco meu sono por isso. Também não vou me sentar no Twitter e ficar brincando de hip hop com desconhecidos para de alguma forma provar que mereço ser uma fã ou ser influenciada pelo hip hop”. 5. Fevereiro de 2015: O incidente do Papa John’s O dia 8 de fevereiro de 2015 seria especial para Iggy de qualquer forma: seu primeiro Grammy Awards, no qual concorreu à Revelação do Ano e Gravação do Ano por “Fancy”. Ainda assim, a rapper virou notícia nesta data por reclamar da rede de pizzaria Papa John’s, após um entregador ter revelado uma informação pessoal. Veja abaixo a mensagem que a australiana recebeu em seu celular: IggyAzalea_Twitter03 “Olá, é a Iggy Azalea? Meu irmão fez uma entrega para você do Papa John’s e me deu seu número na sexta-feira à noite. Sou seu fã número 1, por favor, me ligue de volta. É você? Por favor, responda, você é meu ídolo.” “Papa John’s era minha pizza preferida, mas os entregadores dão seu número de telefone pessoal para seus familiares”, postou a cantora. “E os supervisores se recusam a mandar fotos de seus empregados para que você possa identificar quem rouba sua informação”, completou. A briga contra a rede continuou no dia seguinte, quando Iggy declarou: “Eu quero respostas, Papa John’s, por que a confidencialidade dos clientes é uma piada para sua empresa?”. Após não dar muita importância para a situação, a companhia se desculpou pela falta de profissionalismo.