NOTÍCIAS

Lenda da música brasileira, Inezita Barroso morre aos 90 anos; ouça os maiores clássicos

por em 09/03/2015
Morreu na noite de domingo (8/3), a cantora, atriz, folclorista e apresentadora de TV Inezita Barroso. Uma das artistas mais celebradas do Brasil, Inezita havia completado 90 anos no último dia 4. A informação da morte foi confirmada pela TV Cultura, canal que foi sua casa por mais de três décadas. A apresentadora do Viola, Minha Viola estava internada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde 19 de fevereiro, devido a uma febre. Uma queda sofrida em dezembro não permitiu que a artista voltasse ao programa este ano. Inezita deixa uma filha, três netas e cinco bisnetos. Nascida Ignez Magdalena Aranha de Lima, Inezita iniciou sua trajetória artística na década de 1950. De uma família paulistana tradicional, ela sofreu resistência para seguir como violonista e cantora de música caipira e até hoje serve de inspiração para mulheres que querem seguir na música sertaneja.  Inezita, uma das grandes mulheres da música brasileira morreu justamente no Dia Internacional da Mulher. Com sua viola no peito, construiu um currículo impressionante, cheio de prêmios e medalhas (e as homenagens não vão parar tão cedo). Entre discos, filmes e documentários, Inezita deixa um farto material para ser apreciado por saudosistas e pelas futuras gerações. Formada em Biblioteconomia pela USP (Universidade de São Paulo), foi uma grande pesquisadora da música caipira brasileira. Por seu trabalho como folclorista, recebeu o título de doutora Honoris Causa em Folclore pela Universidade de Lisboa. Seu nome também foi escolhido em 2014 para ocupar uma das cadeiras da Academia Paulista de Letras. Desde 1980, Inezita Barroso participou de mais de 1,5 mil gravações do Viola, Minha Viola   o programa sobre música mais antigo da televisão brasileira no ar. Nesse registro de 1982, Inezita solta o vozeirão em "A Moda Da Pinga", sua música assinatura: inezita 1 Nomes do sertanejo e da MPB homenagearam Inezita nas redes sociais.

zezedicamargo inezita

rick inezitasolimoes inezita

vanessadamata twitter

  Abaixo você confere uma playlist especial no Spotify com os principais clássicos da lenda da música regional brasileira. https://open.spotify.com/user/billboardbrasil/playlist/28vvZWs7n9J4lxcpitizUY
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Lenda da música brasileira, Inezita Barroso morre aos 90 anos; ouça os maiores clássicos

por em 09/03/2015
Morreu na noite de domingo (8/3), a cantora, atriz, folclorista e apresentadora de TV Inezita Barroso. Uma das artistas mais celebradas do Brasil, Inezita havia completado 90 anos no último dia 4. A informação da morte foi confirmada pela TV Cultura, canal que foi sua casa por mais de três décadas. A apresentadora do Viola, Minha Viola estava internada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde 19 de fevereiro, devido a uma febre. Uma queda sofrida em dezembro não permitiu que a artista voltasse ao programa este ano. Inezita deixa uma filha, três netas e cinco bisnetos. Nascida Ignez Magdalena Aranha de Lima, Inezita iniciou sua trajetória artística na década de 1950. De uma família paulistana tradicional, ela sofreu resistência para seguir como violonista e cantora de música caipira e até hoje serve de inspiração para mulheres que querem seguir na música sertaneja.  Inezita, uma das grandes mulheres da música brasileira morreu justamente no Dia Internacional da Mulher. Com sua viola no peito, construiu um currículo impressionante, cheio de prêmios e medalhas (e as homenagens não vão parar tão cedo). Entre discos, filmes e documentários, Inezita deixa um farto material para ser apreciado por saudosistas e pelas futuras gerações. Formada em Biblioteconomia pela USP (Universidade de São Paulo), foi uma grande pesquisadora da música caipira brasileira. Por seu trabalho como folclorista, recebeu o título de doutora Honoris Causa em Folclore pela Universidade de Lisboa. Seu nome também foi escolhido em 2014 para ocupar uma das cadeiras da Academia Paulista de Letras. Desde 1980, Inezita Barroso participou de mais de 1,5 mil gravações do Viola, Minha Viola   o programa sobre música mais antigo da televisão brasileira no ar. Nesse registro de 1982, Inezita solta o vozeirão em "A Moda Da Pinga", sua música assinatura: inezita 1 Nomes do sertanejo e da MPB homenagearam Inezita nas redes sociais.

zezedicamargo inezita

rick inezitasolimoes inezita

vanessadamata twitter

  Abaixo você confere uma playlist especial no Spotify com os principais clássicos da lenda da música regional brasileira. https://open.spotify.com/user/billboardbrasil/playlist/28vvZWs7n9J4lxcpitizUY