NOTÍCIAS

Adele: “Ficaria feliz se nunca mais saísse em turnê”

Declaração foi dada em entrevista à revista Vanity Fair

por Redação em 01/11/2016

A cantora Adele revelou, em entrevista para a revista Vanity Fair deste mês, que ficaria feliz se nunca mais precisasse sair em turnê. Ela também comentou sobre sua longa batalha contra a depressão e o que descreveu como “lado negro”. 

ADELE É CONVIDADA PARA CASAMENTO DE FÃS; VEJA

A ganhadora do Grammy deixou claro que gostaria de continuar fazendo música, mas que ficaria contente se pudesse pular a parte das lucrativas turnês e nunca mais subir em um palco de novo. “Gostaria de fazer álbuns, mas ficaria bem se nunca mais ouvisse aplausos. Só estou em turnê para ver cada um que me apoia. Não me importo com o dinheiro”. Adele está em turnê há dez meses promovendo seu álbum 25. A cantora tem shows agendados até o dia 21 de novembro e não há sinal de shows pela América do Sul.

25, DE ADELE, É DISCO DE DIAMANTE EM MENOS DE UM ANO

A cantora também contou durante a entrevista que teve depressão pós-parto depois de dar à luz ao seu filho Angelo. “Tenho um lado negro. Sou propensa à depressão, entro e saio dela facilmente. Começou quando meu avô morreu, eu tinha uns dez anos. Nunca tive pensamentos suicidas, mas já fiz muita terapia. Tive depressão após o nascimento do meu filho e isso me assustou muito. Fiquei obcecada por ele, era inadequado. Senti como se tivesse tomado a pior decisão da minha vida”.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Adele: “Ficaria feliz se nunca mais saísse em turnê”

Declaração foi dada em entrevista à revista Vanity Fair

por Redação em 01/11/2016

A cantora Adele revelou, em entrevista para a revista Vanity Fair deste mês, que ficaria feliz se nunca mais precisasse sair em turnê. Ela também comentou sobre sua longa batalha contra a depressão e o que descreveu como “lado negro”. 

ADELE É CONVIDADA PARA CASAMENTO DE FÃS; VEJA

A ganhadora do Grammy deixou claro que gostaria de continuar fazendo música, mas que ficaria contente se pudesse pular a parte das lucrativas turnês e nunca mais subir em um palco de novo. “Gostaria de fazer álbuns, mas ficaria bem se nunca mais ouvisse aplausos. Só estou em turnê para ver cada um que me apoia. Não me importo com o dinheiro”. Adele está em turnê há dez meses promovendo seu álbum 25. A cantora tem shows agendados até o dia 21 de novembro e não há sinal de shows pela América do Sul.

25, DE ADELE, É DISCO DE DIAMANTE EM MENOS DE UM ANO

A cantora também contou durante a entrevista que teve depressão pós-parto depois de dar à luz ao seu filho Angelo. “Tenho um lado negro. Sou propensa à depressão, entro e saio dela facilmente. Começou quando meu avô morreu, eu tinha uns dez anos. Nunca tive pensamentos suicidas, mas já fiz muita terapia. Tive depressão após o nascimento do meu filho e isso me assustou muito. Fiquei obcecada por ele, era inadequado. Senti como se tivesse tomado a pior decisão da minha vida”.