NOTÍCIAS

Amy Lee deixa gravadora para se tornar artista independente

por em 19/03/2014
Imagem: Divulgação

Na noite de ontem (18/03), Amy Lee, vocalista do Evanescence, anunciou, por meio de sua conta no Twitter, que se tornou uma artista independente: “Hoje, pela primeira vez em 13 anos, eu sou livre. Eu queria isso há muito tempo e me sinto tão feliz”, escreveu.

 

A cantora, que processou sua antiga gravadora, a Wind-Up Records, por sabotagem e danos materiais, parece ter ganho o processo. Amy alegava que a empresa arruinou o Evanescence, além de não ter pago direitos autorais de algumas de suas canções.

 

Problemas criativos entre o Evanescence e a gravadora sempre deixaram Amy Lee furiosa. Em 2010, o grupo entrou em estúdio focado na produção de material com influências do rock eletrônico – na época, citou até a banda brasileira Cansei De Ser Sexy como inspiração –, mas o trabalho foi adiado e lançado em 2011, sem nenhum vestígio do projeto inicial.

 

Um contrato com outra gravadora ainda não foi anunciado, e especula-se a carreira solo de Amy Lee.

 

O grupo foi um dos principais no cenário musical do começo dos anos 2000. O álbum Fallen vendeu mais de 17 milhões de cópias em todo o mundo e gerou hits como “Bring Me To Life” e “My Immortal”. 

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Saudade
Eduardo Costa
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Amy Lee deixa gravadora para se tornar artista independente

por em 19/03/2014
Imagem: Divulgação

Na noite de ontem (18/03), Amy Lee, vocalista do Evanescence, anunciou, por meio de sua conta no Twitter, que se tornou uma artista independente: “Hoje, pela primeira vez em 13 anos, eu sou livre. Eu queria isso há muito tempo e me sinto tão feliz”, escreveu.

 

A cantora, que processou sua antiga gravadora, a Wind-Up Records, por sabotagem e danos materiais, parece ter ganho o processo. Amy alegava que a empresa arruinou o Evanescence, além de não ter pago direitos autorais de algumas de suas canções.

 

Problemas criativos entre o Evanescence e a gravadora sempre deixaram Amy Lee furiosa. Em 2010, o grupo entrou em estúdio focado na produção de material com influências do rock eletrônico – na época, citou até a banda brasileira Cansei De Ser Sexy como inspiração –, mas o trabalho foi adiado e lançado em 2011, sem nenhum vestígio do projeto inicial.

 

Um contrato com outra gravadora ainda não foi anunciado, e especula-se a carreira solo de Amy Lee.

 

O grupo foi um dos principais no cenário musical do começo dos anos 2000. O álbum Fallen vendeu mais de 17 milhões de cópias em todo o mundo e gerou hits como “Bring Me To Life” e “My Immortal”.