NOTÍCIAS

Amy Winehouse: saiba tudo que aconteceu após a morte da diva

por em 23/07/2012
Imagem: Divulgação

Em janeiro de 2011, Amy Winehouse chegava ao Brasil para o que viria a ser um de seus últimos shows. Seis meses depois, em Belgrado, na Sérvia, acantora protagonizou 90 minutos de um verdadeiro desastre musical, bêbada, sem memória, sem condições de cantar.

No dia seguinte, seus representantes anunciaram que ela se afastaria dos palcos e retornaria em um tempo indeterminado com “os melhores shows que poderia fazer”. Infelizmente, uma das maiores divas contemporâneas nos deixou antes de cumprir sua promessa.

Porém, não antes de se despedir em um delicioso dueto com sua afilhada Dionne Bromfield, realizado no dia 20 de julho, no iTunes Festival. Apenas três dias depois Amy foi encontrada morta em sua residência, deixando somente dois álbuns de estúdio, uma coletânea e um grande buraco no mundo da música.

Os dias que sucederam a morte da cantora foram cheios de homenagens e também de dúvidas. Dois álbuns não foram suficientes para saciar a sede de música de milhões de fãs. O que viria a seguir? Será que ela deixou algum material inédito? Será que sua família vai fazer [mais] revelações sobre sua conturbada e breve história?

O últimos 365 dias vieram para responder algumas dessas perguntas e matar um pouco da saudade de quem admirava Amy Winehouse. Relembre tudo o que aconteceu desde que Amy nos deixou:

Muitas homenagens

Apenas dois dias se passaram até um artista divulgar o primeiro dueto em homenagem à cantora. A rapper M.I.A puxou a fila com a música “27”, dedicada não só a Amy, como a todos os outros artistas que também morreram com esta idade cabalística, como Janis Joplin, Jimi Hendrix, Jim Morrison e Kurt Cobain. 

Menos de um mês depois, no dia 27 de agosto, os americanos do Green Day divulgaram um lyric vídeo com a faixa intitulada “Amy”, homenagem de título autoexplicativo.

Recentemente, outra musa dos desajustados se levantou para homenagear a estrela de carreira breve. Patti Smith dedicou a faixa “Nine”, de seu recém-lançadoBanga, à cantora de quem declarou ser muito fã.

Duetos inéditos

O dia 14 de setembro, data em que a cantora completaria 28 anos, foi escolhido para o lançamento do dueto “Body And Soul”, protagonizado por Amy Winehouse e Tony Bennett.

Uma das últimas realizações da cantora foi a parceria com o rapper Nas, em  “Wine Cherry”, música divulgada no início deste mês.

Na passarela

O estilista Jean Paul Gaultier surpreendeu quando, em janeiro deste ano, desfilou em Paris sua coleção de alta-costura totalmente dedicada à cantora, desde as roupas até o cabelo.

Álbum Póstumo

Em dezembro do ano passado chegou ao mercado o álbum Lioness: Hidden Treasures, que alcançou em menos de uma semana o topo das paradas e a marca de 194 mil cópias vendidas em apenas sete dias.

Coração de Ouro

No mesmo dia 28 de setembro, quando foi divulgado o inesquecível dueto com Tony Bennett, abriram-se as portas da Amy Winehouse Foundation, organização que tem como objetivo fornecer apoio a jovens que lidam com a pobreza por meio do incentivo cultural e de programas musicais.

Amy, minha filha

Escrito por Mith Winehouse, o livro narra as memórias da filha famosa e alguma de suas histórias vividas ao longo de sua curta e intensa carreira, dorelacionamento conturbado com o ex-marido Blake até a intensa luta que travava contra o vício.

Um prêmio só dela

Acontecerá pela primeira vez, no dia 11 de outubro deste ano, o Amy Winehouse Inspiration Awards and Gala, evento que homenageará aqueles que ajudaram a “inspirar grandeza nos outros”. Tony Bennett, que cantou “Body & Soul" com Amy em seu disco Duets II e doou uma parcela dos lucros da gravação para os programas de música da Fundação Amy Winehouse, será um dos homenageados na primeira edição do prêmio. 



  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
5
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Amy Winehouse: saiba tudo que aconteceu após a morte da diva

por em 23/07/2012
Imagem: Divulgação

Em janeiro de 2011, Amy Winehouse chegava ao Brasil para o que viria a ser um de seus últimos shows. Seis meses depois, em Belgrado, na Sérvia, acantora protagonizou 90 minutos de um verdadeiro desastre musical, bêbada, sem memória, sem condições de cantar.

No dia seguinte, seus representantes anunciaram que ela se afastaria dos palcos e retornaria em um tempo indeterminado com “os melhores shows que poderia fazer”. Infelizmente, uma das maiores divas contemporâneas nos deixou antes de cumprir sua promessa.

Porém, não antes de se despedir em um delicioso dueto com sua afilhada Dionne Bromfield, realizado no dia 20 de julho, no iTunes Festival. Apenas três dias depois Amy foi encontrada morta em sua residência, deixando somente dois álbuns de estúdio, uma coletânea e um grande buraco no mundo da música.

Os dias que sucederam a morte da cantora foram cheios de homenagens e também de dúvidas. Dois álbuns não foram suficientes para saciar a sede de música de milhões de fãs. O que viria a seguir? Será que ela deixou algum material inédito? Será que sua família vai fazer [mais] revelações sobre sua conturbada e breve história?

O últimos 365 dias vieram para responder algumas dessas perguntas e matar um pouco da saudade de quem admirava Amy Winehouse. Relembre tudo o que aconteceu desde que Amy nos deixou:

Muitas homenagens

Apenas dois dias se passaram até um artista divulgar o primeiro dueto em homenagem à cantora. A rapper M.I.A puxou a fila com a música “27”, dedicada não só a Amy, como a todos os outros artistas que também morreram com esta idade cabalística, como Janis Joplin, Jimi Hendrix, Jim Morrison e Kurt Cobain. 

Menos de um mês depois, no dia 27 de agosto, os americanos do Green Day divulgaram um lyric vídeo com a faixa intitulada “Amy”, homenagem de título autoexplicativo.

Recentemente, outra musa dos desajustados se levantou para homenagear a estrela de carreira breve. Patti Smith dedicou a faixa “Nine”, de seu recém-lançadoBanga, à cantora de quem declarou ser muito fã.

Duetos inéditos

O dia 14 de setembro, data em que a cantora completaria 28 anos, foi escolhido para o lançamento do dueto “Body And Soul”, protagonizado por Amy Winehouse e Tony Bennett.

Uma das últimas realizações da cantora foi a parceria com o rapper Nas, em  “Wine Cherry”, música divulgada no início deste mês.

Na passarela

O estilista Jean Paul Gaultier surpreendeu quando, em janeiro deste ano, desfilou em Paris sua coleção de alta-costura totalmente dedicada à cantora, desde as roupas até o cabelo.

Álbum Póstumo

Em dezembro do ano passado chegou ao mercado o álbum Lioness: Hidden Treasures, que alcançou em menos de uma semana o topo das paradas e a marca de 194 mil cópias vendidas em apenas sete dias.

Coração de Ouro

No mesmo dia 28 de setembro, quando foi divulgado o inesquecível dueto com Tony Bennett, abriram-se as portas da Amy Winehouse Foundation, organização que tem como objetivo fornecer apoio a jovens que lidam com a pobreza por meio do incentivo cultural e de programas musicais.

Amy, minha filha

Escrito por Mith Winehouse, o livro narra as memórias da filha famosa e alguma de suas histórias vividas ao longo de sua curta e intensa carreira, dorelacionamento conturbado com o ex-marido Blake até a intensa luta que travava contra o vício.

Um prêmio só dela

Acontecerá pela primeira vez, no dia 11 de outubro deste ano, o Amy Winehouse Inspiration Awards and Gala, evento que homenageará aqueles que ajudaram a “inspirar grandeza nos outros”. Tony Bennett, que cantou “Body & Soul" com Amy em seu disco Duets II e doou uma parcela dos lucros da gravação para os programas de música da Fundação Amy Winehouse, será um dos homenageados na primeira edição do prêmio.