NOTÍCIAS

Aquecimento Rock in Rio: Saiba como foi o show de Lady Gaga na Califórnia

Cantora trará a apresentação para o Brasil no palco do festival em apresentação única

por Redação em 09/08/2017

"Eu ajo de formas diferentes porque não sei agir da mesma forma”, anunciou Lady Gaga depois de mais da metade de seu show em Inglewood, Califórnia, na noite desta terça-feira (08/08). Ela se apresentou com a turnê Joanne, que promove seu disco mais recente, de mesmo nome, e que virá ao Brasil para apresentação única no Rock in Rio.

Nessa frase, ela resumiu tudo que os Little Monsters sentiriam no extravagante show de mais de duas horas, de uma garota com um chapéu de cowboy rosa, tocando violão, a uma grande dama de vanguarda em uma máscara de penas, desafiando a gravidade ao dançar de salto em um palco inclinado.

OUÇA PLAYLIST DO ROCK IN RIO 2017

Todas as personas de Gaga estiveram presentes e, abaixo, a Billboard reuniu os seis melhores momentos do show:

"Meu nome é Joanne!”
O show começa se mantendo fiel ao seu título, enquanto Lady Gaga homenageia sua tia falecida tocando nove das 11 faixas de seu disco mais recente, Joanne, e contando histórias sobre como a morte de sua tia antes mesmo de seu Nascimento impactou sua família. “Eu quis escrever um álbum que viesse da dor mais profunda que tenho em mim, algo que eu precisava dizer”, ela explica. “E a verdade é que eu percebi quando cavei dentro de mim mesma que uma dor foi passada de geração em geração e todos dividíamos isso – uma dor intergeracional, um luto vindo de nossos avós. Quando eu era uma pequena garota, eu sentava na mesa do jantar e tinha uma sensação forte durante o Natal e o feriado de Ação de Graças que alguém estava faltando... para mim, essa dor tem um nome e é Joanne”.

Uma faixa inesperada

Durante o set com as músicas de Joanne, uma faixa do disco Born This Way, amada pelos fãs, se destacou: "Scheiße." A música nunca foi single, mas chegou ao top 10 do ranking Dance/Eletrônico Digital da Billboard e os fãs estavam animados com a adição inesperada na setlist.

A árvore genealógica Ronson
O produtor musical Mark Ronson foi uma presença constante no processo de produção de Joanne, mas foi outro membro da família que Gaga fez questão de dar destaque na noite de terça: a irmã dele, Samantha. “Gostaria de dedicar essa música para uma amiga minha que está aqui hoje”, Gaga disse antes de cantar “Come To Mama”. “Fiz Joanne com o irmão dela, Mark Ronson – Samantha Ronson, minha amiga, com quem passei madrugadas conversando sobre o amor”.

Um anjo que se foi
Outra dedicatória foi para Andre, o marido de Sonja Durham, melhor amiga de Gaga que faleceu recentemente após perder a batalha contra o câncer. Gaga fez uma apresentação emocionante do hit “The Edge Of Glory” para honrar sua família.

O ataque “Paparazzi”
O lado ultradramático de Gaga deu as caras durante a performance de “Paparazzi”, que termina com um ataque coreografado à cantora, momento em que ela reaparece com a roupa de Joanne, com direito a chapéu de cowboy e guitarra pendurada nas costas. Seria essa a morte da princesa das pistas que conhecemos há quase 10 anos? Ou um novo passo em sua constante evolução?

O lugar perfeito para um show de Gaga
A parte mais impressionante do show é o uso do espaço disponível. Ela (é claro) não se restringe ao palco principal. Dois palcos menores, circulares, são posicionados no meio do público e um outro espaço é montado no lado oposto. Todos eles são conectados por pontes, fazendo com que a cantora e seus dançarinos transitem por todo o espaço durante o show. Isso significa que não importa em qual lugar você está, as chances de ver bem são iguais. Provavelmente, esse posicionamento dos palcos não virá para o Brasil, por se tratar de uma apresentação em festival.

Setlist:

Diamond Heart
A-YO
Poker Face
Perfect illusion
John Wayne
Scheiße
Alejandro
Just Dance
LoveGame
Telephone
Applause
Come to Mama
Edge of Glory
Born This Way
Bloody Mary
Dancin' in Circles
Paparazzi
Angel Down
Joanne
Bad Romance
The Cure
Million Reasons

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Aquecimento Rock in Rio: Saiba como foi o show de Lady Gaga na Califórnia

Cantora trará a apresentação para o Brasil no palco do festival em apresentação única

por Redação em 09/08/2017

"Eu ajo de formas diferentes porque não sei agir da mesma forma”, anunciou Lady Gaga depois de mais da metade de seu show em Inglewood, Califórnia, na noite desta terça-feira (08/08). Ela se apresentou com a turnê Joanne, que promove seu disco mais recente, de mesmo nome, e que virá ao Brasil para apresentação única no Rock in Rio.

Nessa frase, ela resumiu tudo que os Little Monsters sentiriam no extravagante show de mais de duas horas, de uma garota com um chapéu de cowboy rosa, tocando violão, a uma grande dama de vanguarda em uma máscara de penas, desafiando a gravidade ao dançar de salto em um palco inclinado.

OUÇA PLAYLIST DO ROCK IN RIO 2017

Todas as personas de Gaga estiveram presentes e, abaixo, a Billboard reuniu os seis melhores momentos do show:

"Meu nome é Joanne!”
O show começa se mantendo fiel ao seu título, enquanto Lady Gaga homenageia sua tia falecida tocando nove das 11 faixas de seu disco mais recente, Joanne, e contando histórias sobre como a morte de sua tia antes mesmo de seu Nascimento impactou sua família. “Eu quis escrever um álbum que viesse da dor mais profunda que tenho em mim, algo que eu precisava dizer”, ela explica. “E a verdade é que eu percebi quando cavei dentro de mim mesma que uma dor foi passada de geração em geração e todos dividíamos isso – uma dor intergeracional, um luto vindo de nossos avós. Quando eu era uma pequena garota, eu sentava na mesa do jantar e tinha uma sensação forte durante o Natal e o feriado de Ação de Graças que alguém estava faltando... para mim, essa dor tem um nome e é Joanne”.

Uma faixa inesperada

Durante o set com as músicas de Joanne, uma faixa do disco Born This Way, amada pelos fãs, se destacou: "Scheiße." A música nunca foi single, mas chegou ao top 10 do ranking Dance/Eletrônico Digital da Billboard e os fãs estavam animados com a adição inesperada na setlist.

A árvore genealógica Ronson
O produtor musical Mark Ronson foi uma presença constante no processo de produção de Joanne, mas foi outro membro da família que Gaga fez questão de dar destaque na noite de terça: a irmã dele, Samantha. “Gostaria de dedicar essa música para uma amiga minha que está aqui hoje”, Gaga disse antes de cantar “Come To Mama”. “Fiz Joanne com o irmão dela, Mark Ronson – Samantha Ronson, minha amiga, com quem passei madrugadas conversando sobre o amor”.

Um anjo que se foi
Outra dedicatória foi para Andre, o marido de Sonja Durham, melhor amiga de Gaga que faleceu recentemente após perder a batalha contra o câncer. Gaga fez uma apresentação emocionante do hit “The Edge Of Glory” para honrar sua família.

O ataque “Paparazzi”
O lado ultradramático de Gaga deu as caras durante a performance de “Paparazzi”, que termina com um ataque coreografado à cantora, momento em que ela reaparece com a roupa de Joanne, com direito a chapéu de cowboy e guitarra pendurada nas costas. Seria essa a morte da princesa das pistas que conhecemos há quase 10 anos? Ou um novo passo em sua constante evolução?

O lugar perfeito para um show de Gaga
A parte mais impressionante do show é o uso do espaço disponível. Ela (é claro) não se restringe ao palco principal. Dois palcos menores, circulares, são posicionados no meio do público e um outro espaço é montado no lado oposto. Todos eles são conectados por pontes, fazendo com que a cantora e seus dançarinos transitem por todo o espaço durante o show. Isso significa que não importa em qual lugar você está, as chances de ver bem são iguais. Provavelmente, esse posicionamento dos palcos não virá para o Brasil, por se tratar de uma apresentação em festival.

Setlist:

Diamond Heart
A-YO
Poker Face
Perfect illusion
John Wayne
Scheiße
Alejandro
Just Dance
LoveGame
Telephone
Applause
Come to Mama
Edge of Glory
Born This Way
Bloody Mary
Dancin' in Circles
Paparazzi
Angel Down
Joanne
Bad Romance
The Cure
Million Reasons