NOTÍCIAS

Artista transforma James Brown e Tim Maia em Buda; veja imagens

Peças são modeladas em argila e autor está experimentando impressão 3D

por Marcos Lauro em 30/06/2017

James Brown e Tim Maia não eram pessoas lá muito calmas. Mas o artista plástico argentino Sebastián Palmadesa resolveu transformar essas duas figuras num personagem que transmite muita paz e tranquilidade, Buda – ou Gautama Buddha, o inspirador do budismo.

“O primeiro foi o ‘Buda Brown’, quando eu produzia a Fiesta del Funk Naciente em Buenos Aires. Eu fazia os flyers e pensei em criar uma figura para a festa, um símbolo que representasse o movimento que estávamos criando”, conta o artista. Agora, inspirado por um amigo e DJ brasileiro, surgiu o ”Buda Maia”.

Veja imagens e saiba mais sobre as obras abaixo.

O artista plástico argentino Sebastián Palmadesa, conhecido também como "Sap" ou "Hermano del Espacio", ama o Brasil e vem sempre ao país para visitar os amigos. Ele também aproveita para tocar em algumas festas como DJ e vender suas esculturas.

Divulgação

Sebastián era DJ e produtor da Fiesta del Funk Naciente, em Buenos Aires e pensou no “Buda Brown”. “Eu fazia os flyers e pensei em criar uma figura para a festa, um símbolo que representasse o movimento que estávamos criando”

Divulgação

“Com o passar do tempo, me dei conta que as pessoas abriam um sorriso quando viam o ‘Buda Brown’ – e algumas até começam a gritar feito loucos! Isso me diverte muito e vi que a peça era um sucesso. Dedico um bom tempo em cada um”, diz o artista.

Divulgação

“Escolhi Brown porque ele é o Deus do funk e nós precisávamos de uma figura pra quem pudéssemos agradecer e pedir por mais funk. Acredito que ele seja o Deus, os outros são semideuses”, explica Sebastián.

Divulgação

“Já o Tim Maia eu fiz por ideia de um amigo de São Paulo, Peba Tropikal, um DJ bastante conhecido e que me ensinou muito sobre música e cultura brasileira. Tim Maia foi a chave que abriu a soul music e o funk no Brasil e também precisavam ter o seu Deus. A ideia do ‘Buda Maia” já existe há um tempo, mas estou concretizando só agora, nessa minha passagem pelo Brasil”, conta o argentino.

As esculturas são feitas em argila e molde de borracha. Cada cópia é feita à mão, pintada e tem certificado de autenticidade. Com o “Buda Maia”, Sebastián está experimentando a impressão em 3D. Em vez do molde de borracha, ele faz um scan 3D da peça para imprimir.

Divulgação

Todas as peças são sob encomenda. O “Buda Brown” mede 50x40 e o “Buda Maia” mede 35x22 – mas com mais opções de tamanho e cores por conta da impressão 3D. Para consultar preços, o e-mail do artista é hermanodelespacio@gmail.com. Na fan page tem mais informações: www.facebook.com/BudaBrown.

Divulgação

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Saudade
Eduardo Costa
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Artista transforma James Brown e Tim Maia em Buda; veja imagens

Peças são modeladas em argila e autor está experimentando impressão 3D

por Marcos Lauro em 30/06/2017

James Brown e Tim Maia não eram pessoas lá muito calmas. Mas o artista plástico argentino Sebastián Palmadesa resolveu transformar essas duas figuras num personagem que transmite muita paz e tranquilidade, Buda – ou Gautama Buddha, o inspirador do budismo.

“O primeiro foi o ‘Buda Brown’, quando eu produzia a Fiesta del Funk Naciente em Buenos Aires. Eu fazia os flyers e pensei em criar uma figura para a festa, um símbolo que representasse o movimento que estávamos criando”, conta o artista. Agora, inspirado por um amigo e DJ brasileiro, surgiu o ”Buda Maia”.

Veja imagens e saiba mais sobre as obras abaixo.

O artista plástico argentino Sebastián Palmadesa, conhecido também como "Sap" ou "Hermano del Espacio", ama o Brasil e vem sempre ao país para visitar os amigos. Ele também aproveita para tocar em algumas festas como DJ e vender suas esculturas.

Divulgação

Sebastián era DJ e produtor da Fiesta del Funk Naciente, em Buenos Aires e pensou no “Buda Brown”. “Eu fazia os flyers e pensei em criar uma figura para a festa, um símbolo que representasse o movimento que estávamos criando”

Divulgação

“Com o passar do tempo, me dei conta que as pessoas abriam um sorriso quando viam o ‘Buda Brown’ – e algumas até começam a gritar feito loucos! Isso me diverte muito e vi que a peça era um sucesso. Dedico um bom tempo em cada um”, diz o artista.

Divulgação

“Escolhi Brown porque ele é o Deus do funk e nós precisávamos de uma figura pra quem pudéssemos agradecer e pedir por mais funk. Acredito que ele seja o Deus, os outros são semideuses”, explica Sebastián.

Divulgação

“Já o Tim Maia eu fiz por ideia de um amigo de São Paulo, Peba Tropikal, um DJ bastante conhecido e que me ensinou muito sobre música e cultura brasileira. Tim Maia foi a chave que abriu a soul music e o funk no Brasil e também precisavam ter o seu Deus. A ideia do ‘Buda Maia” já existe há um tempo, mas estou concretizando só agora, nessa minha passagem pelo Brasil”, conta o argentino.

As esculturas são feitas em argila e molde de borracha. Cada cópia é feita à mão, pintada e tem certificado de autenticidade. Com o “Buda Maia”, Sebastián está experimentando a impressão em 3D. Em vez do molde de borracha, ele faz um scan 3D da peça para imprimir.

Divulgação

Todas as peças são sob encomenda. O “Buda Brown” mede 50x40 e o “Buda Maia” mede 35x22 – mas com mais opções de tamanho e cores por conta da impressão 3D. Para consultar preços, o e-mail do artista é hermanodelespacio@gmail.com. Na fan page tem mais informações: www.facebook.com/BudaBrown.

Divulgação