NOTÍCIAS

As 5 melhores apresentações do Grammy 2016

por em 16/02/2016
A pr
emiação do Grammy, realizada noite dessa segunda-feira (15/02) rendeu ótimos momentos nas apresentações ao vivo. Tanto artistas que estavam concorrendo aos troféus quanto outros que estavam ali para render homenagens subiram ao palco e soltaram a voz. Veja as cinco melhores apresentações, na opinião da redação da Billboard Brasil: 5. Tributo a Maurice White com Stevie Wonder & Pentatonix – "That's the Way of the World" Acompanhado pelo grupo vocal Pentatonix, Stevie Wonder realizou um belo tributo ao cofundador do grupo Earth, Wind & Fire, falecido há duas semanas. A capela do quinteto com Wonder deu em um casamento muito certo. VEJA QUEM FORAM OS GRANDES VENCEDORES DO GRAMMY 2016 4. Alabama Shakes – "Don't Wanna Fight" A vocalista Brittany Howard tem uma das vozes mais potentes da música moderna, por isso ver o Alabama Shakes em cima do palco é sinal de uma apresentação bem enérgica. A escolha pelo single "Don't Wanna Fight" contribui muito para a força do grupo que mistura rock, blues e funk. 3. Tributo a Lionel Richie com John Legend, Demi Lovato, Meghan Trainor, Luke Bryan, Tyrese & Lionel Richie - "Easy", "Hello", "You Are", "Penny Lover", "Brick House" e All Night Long" A diversificação de tantos nomes da música pop e do R&B não atrapalhou o tributo feito a Lionel Richie. Com hits de sua carreira solo e da época de Commodores, foi fácil contagiar o público e os telespectadores. Destaque para as extensões vocais de John Legend e Demi Lovato. RIHANNA E LAURYN HILL DISSERAM "NÃO" AO GRAMMY; SAIBA OS MOTIVOS 2. Lady Gaga em tributo a David Bowie – “Space Oddity”, "Changes", "Ziggy Stardust", "Suffragette City", "Rebel Rebel", "Fame", "Fashion", "Let's Dance", "Under Pressure" e "Heroes" Prestar uma homenagem a David Bowie, passando por toda sua evolução musical e fashion, no curto tempo que a TV oferece não é nada fácil, mas Lady Gaga fez isso com maestria. Com a ajuda do músico e produtor Nile Rodgers e de Raphael Saadiq, Gaga mostrou seu talento vocal, abusou das performances teatrais e pareceu um alienígena no palco, assim como o próprio Bowie. Sem título 1. Kendrick Lamar – “The Blacker The Berry” e “Alright” (com freetyle) Algemado, acorrentando e vestindo uma camisa de prisioneiro, Kendrick Lamar, acompanhado de músicos de jazz, fez a melhor apresentação da noite de ontem (15/02) no Grammy. Depois “The Blacker The Berry”, Lamar cantou o seu hit “Alright” na frente de uma fogueira enquanto dançarinos tribais se moviam com muita energia. Enquanto isso, seu rosto era filmado em cortes de câmera alucinantes. Ao fim da grandiosa performance, uma imagem da África escrito “Compton” surgiu no telão ao fundo. Kendrick Lamar fez história ontem, em uma das melhores apresentações que a TV já viu.
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

As 5 melhores apresentações do Grammy 2016

por em 16/02/2016
A pr
emiação do Grammy, realizada noite dessa segunda-feira (15/02) rendeu ótimos momentos nas apresentações ao vivo. Tanto artistas que estavam concorrendo aos troféus quanto outros que estavam ali para render homenagens subiram ao palco e soltaram a voz. Veja as cinco melhores apresentações, na opinião da redação da Billboard Brasil: 5. Tributo a Maurice White com Stevie Wonder & Pentatonix – "That's the Way of the World" Acompanhado pelo grupo vocal Pentatonix, Stevie Wonder realizou um belo tributo ao cofundador do grupo Earth, Wind & Fire, falecido há duas semanas. A capela do quinteto com Wonder deu em um casamento muito certo. VEJA QUEM FORAM OS GRANDES VENCEDORES DO GRAMMY 2016 4. Alabama Shakes – "Don't Wanna Fight" A vocalista Brittany Howard tem uma das vozes mais potentes da música moderna, por isso ver o Alabama Shakes em cima do palco é sinal de uma apresentação bem enérgica. A escolha pelo single "Don't Wanna Fight" contribui muito para a força do grupo que mistura rock, blues e funk. 3. Tributo a Lionel Richie com John Legend, Demi Lovato, Meghan Trainor, Luke Bryan, Tyrese & Lionel Richie - "Easy", "Hello", "You Are", "Penny Lover", "Brick House" e All Night Long" A diversificação de tantos nomes da música pop e do R&B não atrapalhou o tributo feito a Lionel Richie. Com hits de sua carreira solo e da época de Commodores, foi fácil contagiar o público e os telespectadores. Destaque para as extensões vocais de John Legend e Demi Lovato. RIHANNA E LAURYN HILL DISSERAM "NÃO" AO GRAMMY; SAIBA OS MOTIVOS 2. Lady Gaga em tributo a David Bowie – “Space Oddity”, "Changes", "Ziggy Stardust", "Suffragette City", "Rebel Rebel", "Fame", "Fashion", "Let's Dance", "Under Pressure" e "Heroes" Prestar uma homenagem a David Bowie, passando por toda sua evolução musical e fashion, no curto tempo que a TV oferece não é nada fácil, mas Lady Gaga fez isso com maestria. Com a ajuda do músico e produtor Nile Rodgers e de Raphael Saadiq, Gaga mostrou seu talento vocal, abusou das performances teatrais e pareceu um alienígena no palco, assim como o próprio Bowie. Sem título 1. Kendrick Lamar – “The Blacker The Berry” e “Alright” (com freetyle) Algemado, acorrentando e vestindo uma camisa de prisioneiro, Kendrick Lamar, acompanhado de músicos de jazz, fez a melhor apresentação da noite de ontem (15/02) no Grammy. Depois “The Blacker The Berry”, Lamar cantou o seu hit “Alright” na frente de uma fogueira enquanto dançarinos tribais se moviam com muita energia. Enquanto isso, seu rosto era filmado em cortes de câmera alucinantes. Ao fim da grandiosa performance, uma imagem da África escrito “Compton” surgiu no telão ao fundo. Kendrick Lamar fez história ontem, em uma das melhores apresentações que a TV já viu.