NOTÍCIAS

As dez maiores apresentações da história do Oscar

por em 24/02/2016
Em 2016, o Oscar pretende diminuir o tempo de duração da cerimônia. Para isso, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas contará com apresentações de apenas três dos cinco indicados ao prêmio de Melhor Canção. Quem pagará o pato e ficará de fora será “Simple Song #3”, do filme Youth, e “Manta Ray”, de A Corrida Contra a Extinção. Além das performances de Lady Gaga, The Weeknd e Sam Smith, a premiação contará com um número especial de Dave Grohl. Mesmo com menos apresentações marcadas, fica sempre a expectativa de alguma delas entrar para o seleto grupo de performances históricas do Oscar. Veja abaixo dez exemplos de como ficar marcado na cerimônia mais importante do cinema mundial. Michael Jackson – "Ben" (1973) Com apenas 14 anos, Michael Jackson chamou a responsabilidade para ele no Oscar de 1973 com sua apresentação de “Ben”, uma balada sobre a amizade sincera entre um menino e um rato que dá nome ao filme e à música.  MJ pode não ter levado o prêmio de Melhor Canção mas, a partir daí, ele iniciava sua bem-sucedida trajetória em carreira solo. MJ Madonna – “Sooner Or Later” (1991) Madonna roubou a cena ao se caracterizar como Marilyn Monroe na interpretação de “Sooner Or Later”, da adaptação do filme Dick Tracy. A Academia nunca viu uma apresentação tão sensual como esta. madonna Bruce Springsteen - "Streets Of Philadelphia" (1994) Bruce Springsteen se aventurou pela primeira vez a escrever um tema para um filme e se saiu muito bem. Além de se consagrar com o Oscar de Melhor Canção por “Streets Of Philadelphia”, para o filme Filadélfia, “The Boss” fez uma emocionante apresentação. bruce Céline Dion - "My Heart Will Go On" (1998) 1998 foi o ano de Titanic. O longa dirigido por James Cameron levou 11 troféus dos 14 possíveis, incluindo o de Melhor Canção com "My Heart Will Go On", de Céline Dion. Na apresentação durante a cerimônia, a cantora canadense foi arrebatadora. Acompanhada por uma orquestra e um nevoeiro que deu todo o clima dramático, Céline emocionou a todos. celine Bjork – “I've Seen It All” (2001) A maioria das pessoas se lembra do famoso vestido de cisne usado por Bjork no Oscar de 2001, mas é bom lembrar que a islandesa fez uma grandiosa performance da música vencedora de Melhor Canção “I’Ve Seen It All”.

bjork

U2 - "The Hands That Built America" (2003) A canção “The Hands That Built America”, do filme Gangues De Nova Iorque, perdeu o Oscar de 2003 para “Lose Yourself”, do Eminem, mas a apresentação do U2 ficou marcada na história da premiação. Enquanto Bono interpretava a música, imagens de imigrantes apareciam no telão ao fundo. Uma bela homenagem às pessoas que construíram a América. u2 Three 6 Mafia - "Hard Out Here For A Pimp" (2006) O ano de 2006 foi histórico para o grupo Three 6 Mafia. Além de se tornar o primeiro grupo de rap a levar uma estatueta do Oscar, eles fizeram uma apresentação de impacto ao transformar a garbosa cerimônia no ambiente de Ritmo De Um Sonho, ou seja, um ambiente promíscuo, tal qual vive o cafetão personagem central do filme. 36mafia Jack Black, Will Ferrell e John C. Reilly (2007) Cheio de deboche, a apresentação dos três comediantes no Oscar de 2007 mostrou o talento deles também para um musical. Enquanto Jack Black e Will Ferrell aparecem protestando pela pouca atenção dada pela Academia aos comediantes, Reilly aparece no meio da plateia para mostrar aos companheiros que há outros caminhos a seguir. Divertidíssimo. jack black Adele – “Skyfall” (2013) Trinta minutos antes de se consagrar com o troféu de Melhor Canção, Adele impressionou na primeira apresentação ao vivo de “Skyfall”, música-tema de 007 – Operação Skyfall.

adele

John Legend e Common – “Selma” (2015) Na última edição do Oscar, John Legend e Common levaram o prestigiado público às lágrimas com a performance de “Glory”, música do filme Selma premiada com o troféu de Melhor Canção. Na companhia das rimas de Commom e do belo piano de Legend, um coral marchava em representação às marchas de Martin Luther King pelos direitos civis dos cidadãos negros nos Estados Unidos em 1965.

legend

 
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

As dez maiores apresentações da história do Oscar

por em 24/02/2016
Em 2016, o Oscar pretende diminuir o tempo de duração da cerimônia. Para isso, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas contará com apresentações de apenas três dos cinco indicados ao prêmio de Melhor Canção. Quem pagará o pato e ficará de fora será “Simple Song #3”, do filme Youth, e “Manta Ray”, de A Corrida Contra a Extinção. Além das performances de Lady Gaga, The Weeknd e Sam Smith, a premiação contará com um número especial de Dave Grohl. Mesmo com menos apresentações marcadas, fica sempre a expectativa de alguma delas entrar para o seleto grupo de performances históricas do Oscar. Veja abaixo dez exemplos de como ficar marcado na cerimônia mais importante do cinema mundial. Michael Jackson – "Ben" (1973) Com apenas 14 anos, Michael Jackson chamou a responsabilidade para ele no Oscar de 1973 com sua apresentação de “Ben”, uma balada sobre a amizade sincera entre um menino e um rato que dá nome ao filme e à música.  MJ pode não ter levado o prêmio de Melhor Canção mas, a partir daí, ele iniciava sua bem-sucedida trajetória em carreira solo. MJ Madonna – “Sooner Or Later” (1991) Madonna roubou a cena ao se caracterizar como Marilyn Monroe na interpretação de “Sooner Or Later”, da adaptação do filme Dick Tracy. A Academia nunca viu uma apresentação tão sensual como esta. madonna Bruce Springsteen - "Streets Of Philadelphia" (1994) Bruce Springsteen se aventurou pela primeira vez a escrever um tema para um filme e se saiu muito bem. Além de se consagrar com o Oscar de Melhor Canção por “Streets Of Philadelphia”, para o filme Filadélfia, “The Boss” fez uma emocionante apresentação. bruce Céline Dion - "My Heart Will Go On" (1998) 1998 foi o ano de Titanic. O longa dirigido por James Cameron levou 11 troféus dos 14 possíveis, incluindo o de Melhor Canção com "My Heart Will Go On", de Céline Dion. Na apresentação durante a cerimônia, a cantora canadense foi arrebatadora. Acompanhada por uma orquestra e um nevoeiro que deu todo o clima dramático, Céline emocionou a todos. celine Bjork – “I've Seen It All” (2001) A maioria das pessoas se lembra do famoso vestido de cisne usado por Bjork no Oscar de 2001, mas é bom lembrar que a islandesa fez uma grandiosa performance da música vencedora de Melhor Canção “I’Ve Seen It All”.

bjork

U2 - "The Hands That Built America" (2003) A canção “The Hands That Built America”, do filme Gangues De Nova Iorque, perdeu o Oscar de 2003 para “Lose Yourself”, do Eminem, mas a apresentação do U2 ficou marcada na história da premiação. Enquanto Bono interpretava a música, imagens de imigrantes apareciam no telão ao fundo. Uma bela homenagem às pessoas que construíram a América. u2 Three 6 Mafia - "Hard Out Here For A Pimp" (2006) O ano de 2006 foi histórico para o grupo Three 6 Mafia. Além de se tornar o primeiro grupo de rap a levar uma estatueta do Oscar, eles fizeram uma apresentação de impacto ao transformar a garbosa cerimônia no ambiente de Ritmo De Um Sonho, ou seja, um ambiente promíscuo, tal qual vive o cafetão personagem central do filme. 36mafia Jack Black, Will Ferrell e John C. Reilly (2007) Cheio de deboche, a apresentação dos três comediantes no Oscar de 2007 mostrou o talento deles também para um musical. Enquanto Jack Black e Will Ferrell aparecem protestando pela pouca atenção dada pela Academia aos comediantes, Reilly aparece no meio da plateia para mostrar aos companheiros que há outros caminhos a seguir. Divertidíssimo. jack black Adele – “Skyfall” (2013) Trinta minutos antes de se consagrar com o troféu de Melhor Canção, Adele impressionou na primeira apresentação ao vivo de “Skyfall”, música-tema de 007 – Operação Skyfall.

adele

John Legend e Common – “Selma” (2015) Na última edição do Oscar, John Legend e Common levaram o prestigiado público às lágrimas com a performance de “Glory”, música do filme Selma premiada com o troféu de Melhor Canção. Na companhia das rimas de Commom e do belo piano de Legend, um coral marchava em representação às marchas de Martin Luther King pelos direitos civis dos cidadãos negros nos Estados Unidos em 1965.

legend