NOTÍCIAS

Baterista do AC/DC é condenado à prisão domiciliar

por em 09/07/2015
Um j
uiz da Nova Zelândia condenou o baterista do AC/DC, Phil Rudd, a oito meses de prisão domiciliar após o músico se declarar culpado por ameaçar de morte um homem que trabalhava para ele. Rudd também foi julgado por posse de metanfetamina e maconha. O baterista de 61 anos foi condenado no Tribunal Distrital de Tauranga na Nova Zelândia nesta quinta-feira (09/07). Rudd declarou-se culpado das acusações em abril, assumindo ter oferecido dinheiro, carros e uma casa a um sócio para “eliminar” a vítima. Ele também admitiu ter dito diretamente ao homem que iria mata-lo. AC/DC FINALMENTE CHEGA AO STREAMING Rudd vai cumprir os oito meses em sua casa de praia em Tauranga. Caso não cumpra a pena, ele enfrentará sete anos de cárcere privado. Phill Rudd entrou para o AC/DC em 1975 e permaneceu até 1983, quando foi expulso da banda. O baterista retornou em 1994 e se mantém até hoje. O futuro dele no grupo, no entanto, é incerto por conta da condenação.
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Saudade
Eduardo Costa
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Baterista do AC/DC é condenado à prisão domiciliar

por em 09/07/2015
Um j
uiz da Nova Zelândia condenou o baterista do AC/DC, Phil Rudd, a oito meses de prisão domiciliar após o músico se declarar culpado por ameaçar de morte um homem que trabalhava para ele. Rudd também foi julgado por posse de metanfetamina e maconha. O baterista de 61 anos foi condenado no Tribunal Distrital de Tauranga na Nova Zelândia nesta quinta-feira (09/07). Rudd declarou-se culpado das acusações em abril, assumindo ter oferecido dinheiro, carros e uma casa a um sócio para “eliminar” a vítima. Ele também admitiu ter dito diretamente ao homem que iria mata-lo. AC/DC FINALMENTE CHEGA AO STREAMING Rudd vai cumprir os oito meses em sua casa de praia em Tauranga. Caso não cumpra a pena, ele enfrentará sete anos de cárcere privado. Phill Rudd entrou para o AC/DC em 1975 e permaneceu até 1983, quando foi expulso da banda. O baterista retornou em 1994 e se mantém até hoje. O futuro dele no grupo, no entanto, é incerto por conta da condenação.