NOTÍCIAS

Billboard Brasil aju?da a resolver caso d?e plágio de Criolo?

por em 26/08/2014
Aind
a que a semelhança entre “Linha De Frente”, de Criolo, e “Tristeza Pé No Chão”, de Armando Fernandes, gravada com sucesso por Clara Nunes em 1973, seja assunto desde 2011, foi preciso uma reportagem de Billboard Brasil para que o rapper do Grajaú fosse atrás do compositor mineiro de 76 anos para resolver a pendenga. Leia aqui. “Ele me ligou. Pareceu muito chateado com o caso. Disse nunca ter escutado a minha música antes de compor a dele”, conta o autor, mais conhecido pelo apelido Mamão. “Da minha parte, está tudo OK, não guardo ressentimento. Vamos deixar a vida correr. Peço a Deus tudo de bom para ele e espero que essas coisas não aconteçam mais”, arrematou. Mamão evitou dar detalhes sobre o tipo de acordo financeiro feito com Criolo. “Parece que o advogado ou o escritório dele procurou a EMI [editora de “Tristeza Pé No Chão”]e eles fizeram um acerto lá. Está tudo certo.” Sobre aparecer nos créditos de “Linha De Frente” daqui por diante, Mamão também não foi preciso. “Não sei direito o que a EMI combinou. Deixei tudo por conta da editora. Eles vão resolver isso da melhor forma.” A pedido de Billboard Brasil, Amilton Godoy, pianista do Zimbo Trio, analisou as duas gravações. Em 1974, o Zimbo gravou “Tristeza Pé No Chão” no LP F.M. Stereo. “Além das semelhanças da melodia e do arranjo, a métrica dos versos e a tonalidade também são as mesmas. Mas isso ocorre apenas na primeira parte das músicas. A segunda parte é totalmente diferente”, observou o músico, que também comanda o CLAM, uma das escolas de música mais conceituadas do país. Amilton chegou a executar as duas canções no piano da escola e se mostrou bastante feliz ao ser informado de que as duas partes já estariam entrando em acordo. “Isso alivia muito a situação. Se derem 25% da autoria da música para o Mamão já fica ótimo.”
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Billboard Brasil aju?da a resolver caso d?e plágio de Criolo?

por em 26/08/2014
Aind
a que a semelhança entre “Linha De Frente”, de Criolo, e “Tristeza Pé No Chão”, de Armando Fernandes, gravada com sucesso por Clara Nunes em 1973, seja assunto desde 2011, foi preciso uma reportagem de Billboard Brasil para que o rapper do Grajaú fosse atrás do compositor mineiro de 76 anos para resolver a pendenga. Leia aqui. “Ele me ligou. Pareceu muito chateado com o caso. Disse nunca ter escutado a minha música antes de compor a dele”, conta o autor, mais conhecido pelo apelido Mamão. “Da minha parte, está tudo OK, não guardo ressentimento. Vamos deixar a vida correr. Peço a Deus tudo de bom para ele e espero que essas coisas não aconteçam mais”, arrematou. Mamão evitou dar detalhes sobre o tipo de acordo financeiro feito com Criolo. “Parece que o advogado ou o escritório dele procurou a EMI [editora de “Tristeza Pé No Chão”]e eles fizeram um acerto lá. Está tudo certo.” Sobre aparecer nos créditos de “Linha De Frente” daqui por diante, Mamão também não foi preciso. “Não sei direito o que a EMI combinou. Deixei tudo por conta da editora. Eles vão resolver isso da melhor forma.” A pedido de Billboard Brasil, Amilton Godoy, pianista do Zimbo Trio, analisou as duas gravações. Em 1974, o Zimbo gravou “Tristeza Pé No Chão” no LP F.M. Stereo. “Além das semelhanças da melodia e do arranjo, a métrica dos versos e a tonalidade também são as mesmas. Mas isso ocorre apenas na primeira parte das músicas. A segunda parte é totalmente diferente”, observou o músico, que também comanda o CLAM, uma das escolas de música mais conceituadas do país. Amilton chegou a executar as duas canções no piano da escola e se mostrou bastante feliz ao ser informado de que as duas partes já estariam entrando em acordo. “Isso alivia muito a situação. Se derem 25% da autoria da música para o Mamão já fica ótimo.”