NOTÍCIAS

Confira a entrevista com Kevin Olusola, do grupo vocal Pentatonix

por em 14/01/2015
Por
Elias Leight Billboard esteve com Kevin Olusola, membro da banda Pentatonix, que falou sobre o sucesso do álbum de Natal e os planos da banda para 2015. Como foi o seu réveillon? Foi ótimo. A banda estava em Anguilla, no Caribe. Queríamos um tempo para relaxar depois de toda a loucura que aconteceu no Natal com That's Christmas To Me, então era algo que precisávamos. Vocês sempre quiseram fazer um álbum natalino? Vendo o sucesso que PTXmas fez, a edição deluxe, e principalmente o single ?"Little Drummer Boy"?, acho que a gente percebeu que o Natal poderia ser uma época especial para nós. Então, pensamos em fazer um álbum de Natal. Acho que não começou a se concretizar até terminarmos PTX, Vol. III, que foi finalizado em turnê. Nós começamos a trabalhar em algumas coisas em meados de julho, mas elas só começaram a tomar forma depois que voltamos da turnê pela Ásia, em agosto. Foi aí que começamos a levar a sério mesmo. Entregamos o material pronto por volta do dia 17 de setembro. Você achava que o álbum seria um sucesso? Qualquer coisa que você lance como um artista você espera que faça sucesso. Nós estamos muito orgulhosos deste álbum, porque é bastante eclético. A gente sempre esperou que este álbum fosse a trilha sonora do Natal de muita gente, mas você nunca sabe quão bem ele realmente se dará. Nós tivemos uma equipe incrível, e eu acho que os vídeos que lançamos impulsionaram o álbum para que ele se tornasse o que se tornou. Nós devemos grande parte disso aos fãs por comprarem e, com certeza, à nossa equipe por fazer o marketing. Havia alguma música favorita de alguém que não foi selecionada? Com certeza havia músicas que queríamos colocar e que não passaram pelo processo seletivo, mas foi quase uma decisão unânime enquanto montávamos o álbum. ?"Santa Baby?" foi uma das músicas que escolhemos, mas achamos que ?"The Most Wonderful Time Of The Year?" seria um encaixe melhor, pois tem um solo que Avi fez, e ele não tinha um solo no álbum. Kirstie havia tirado ?"Sleigh Ride"?, e a gente queria equilibrar o disco. Então, decidimos que era melhor ter uma música do que a outra. Como é escrever canções originais de Natal? A gente só queria uma música que focasse na nostalgia do Natal. Passamos tanto tempo fora, na estrada. A única época que passamos com nossas famílias é no Natal. Queríamos escrever uma música que focasse nisso. Estamos muito felizes com o resultado: é uma canção simples, que atrai as pessoas. Musicalmente, é um tanto complexa, mas a simplicidade e a musicalidade são o que dão vida à música. Você sente algum tipo de pressão em fazer músicas de Natal, tendo em vista que já há tantas? O mercado natalino é bastante saturado: todo ano vários álbuns são lançados, e muitas músicas já foram feitas e refeitas. Para nós, o fato de sermos um grupo vocal é um diferencial. Não é uma pressão absurda, a gente só tenta fazer o que fazemos. Você se cansa de cantar músicas de Natal? A temporada natalina acabou e nós ficamos felizes por termos tido esse tempo. A partir de amanhã, voltamos ao estúdio para começar a trabalhar em um novo álbum e começar a compor novamente. Estamos bastante animados. Já tem um tempo que cantamos músicas de PTX III, de PTX II, e algumas músicas natalinas. Estamos prontos para começarmos o próximo processo e escrever um novo álbum. É muito empolgante. O álbum será predominantemente de material original. Estamos animados para entrar nesse território.
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Confira a entrevista com Kevin Olusola, do grupo vocal Pentatonix

por em 14/01/2015
Por
Elias Leight Billboard esteve com Kevin Olusola, membro da banda Pentatonix, que falou sobre o sucesso do álbum de Natal e os planos da banda para 2015. Como foi o seu réveillon? Foi ótimo. A banda estava em Anguilla, no Caribe. Queríamos um tempo para relaxar depois de toda a loucura que aconteceu no Natal com That's Christmas To Me, então era algo que precisávamos. Vocês sempre quiseram fazer um álbum natalino? Vendo o sucesso que PTXmas fez, a edição deluxe, e principalmente o single ?"Little Drummer Boy"?, acho que a gente percebeu que o Natal poderia ser uma época especial para nós. Então, pensamos em fazer um álbum de Natal. Acho que não começou a se concretizar até terminarmos PTX, Vol. III, que foi finalizado em turnê. Nós começamos a trabalhar em algumas coisas em meados de julho, mas elas só começaram a tomar forma depois que voltamos da turnê pela Ásia, em agosto. Foi aí que começamos a levar a sério mesmo. Entregamos o material pronto por volta do dia 17 de setembro. Você achava que o álbum seria um sucesso? Qualquer coisa que você lance como um artista você espera que faça sucesso. Nós estamos muito orgulhosos deste álbum, porque é bastante eclético. A gente sempre esperou que este álbum fosse a trilha sonora do Natal de muita gente, mas você nunca sabe quão bem ele realmente se dará. Nós tivemos uma equipe incrível, e eu acho que os vídeos que lançamos impulsionaram o álbum para que ele se tornasse o que se tornou. Nós devemos grande parte disso aos fãs por comprarem e, com certeza, à nossa equipe por fazer o marketing. Havia alguma música favorita de alguém que não foi selecionada? Com certeza havia músicas que queríamos colocar e que não passaram pelo processo seletivo, mas foi quase uma decisão unânime enquanto montávamos o álbum. ?"Santa Baby?" foi uma das músicas que escolhemos, mas achamos que ?"The Most Wonderful Time Of The Year?" seria um encaixe melhor, pois tem um solo que Avi fez, e ele não tinha um solo no álbum. Kirstie havia tirado ?"Sleigh Ride"?, e a gente queria equilibrar o disco. Então, decidimos que era melhor ter uma música do que a outra. Como é escrever canções originais de Natal? A gente só queria uma música que focasse na nostalgia do Natal. Passamos tanto tempo fora, na estrada. A única época que passamos com nossas famílias é no Natal. Queríamos escrever uma música que focasse nisso. Estamos muito felizes com o resultado: é uma canção simples, que atrai as pessoas. Musicalmente, é um tanto complexa, mas a simplicidade e a musicalidade são o que dão vida à música. Você sente algum tipo de pressão em fazer músicas de Natal, tendo em vista que já há tantas? O mercado natalino é bastante saturado: todo ano vários álbuns são lançados, e muitas músicas já foram feitas e refeitas. Para nós, o fato de sermos um grupo vocal é um diferencial. Não é uma pressão absurda, a gente só tenta fazer o que fazemos. Você se cansa de cantar músicas de Natal? A temporada natalina acabou e nós ficamos felizes por termos tido esse tempo. A partir de amanhã, voltamos ao estúdio para começar a trabalhar em um novo álbum e começar a compor novamente. Estamos bastante animados. Já tem um tempo que cantamos músicas de PTX III, de PTX II, e algumas músicas natalinas. Estamos prontos para começarmos o próximo processo e escrever um novo álbum. É muito empolgante. O álbum será predominantemente de material original. Estamos animados para entrar nesse território.