NOTÍCIAS

Confira o nosso ranking das apresentações do Oscar

por em 23/02/2015
Aind
a que o foco do Oscar seja, tipicamente, os vencedores e perdedores, a 87ª edição do principal evento do cinema mundial, realizada ontem (22/02), em Los Angeles, teve muita música. De Rita Ora a Tim McGraw, passando por uma performance arrasadora de Lady Gaga, quais foram as melhores apresentações da noite? 8. “Lost Stars”, de Adam Levine Para a performance da indicada “Lost Stars”, Adam Levine juntou-se aos comparsas do Maroon 5 num palco com céu estrelado. Muito condizente com a bela canção composta pelo ex-New Radicals, Gregg Alexander. Foi uma boa forma de começar o evento, antes do primeiro intervalo comercial. 7. “Grateful”, de Rita Ora Com luzes de lasers e fumaça, Rita Ora aqueceu seus vocais por alguns segundos até impressionar o público presente. Diane Warren, autora de “Grateful”, canção dofilme Beyond The Lights, aprovou a apresentação. Os haters de Rita vão ter que engolir: a cantora fez uma bela estreia no Oscar. 6. “I Can’t Let Go”, de Jennifer Hudson (In Memoriam) Precisa de uma cantora com vocal poderoso para um tributo no Oscar? Jennifer Hudson é o melhor nome para essa empreitada. Três anos depois de homenagear Whitney Houston no Grammy, a vencedora do Oscar por Dreamgirls fez uma apresentação arrebatadora de “I Can’t Let Go” logo após as honrarias às estrelas do cinema que morreram em 2014. 5. “I’m Not Gonna Miss You”, de Tim McGraw Em homenagem a Glen Campbell, que trava uma batalha contra o Alzheimer, Tim McGraw não tentou substituir o lendário músico. O cantor foi justo com o legado de Campbell e, numa performance emocionante, executou a indicada “I’m Not Gonna Miss You”. A plateia foi ao delírio, com razão. 4. Abertura de Neil Patrick Harris O apresentador da noite fez um número de abertura que homenageou diversos filmes. Teve um pouco de tudo: dança, participação de Anna Kendrick, Jack Black no papel de vilão, recado para Meryl Streep. E uma fala matadora ao final da estrela de How I Met Your Mother: “Tudo isso? Completamente improvisado”. 3. “Everything Is Awesome!!!”, de Tegan and Sara & Lonely Island Quando a primeira hora da cerimônia estava um pouco arrastada, Tegan and Sara e o Lonely Island deram uma injeção de ânimo na festa. “Everything Is Awesome!!!”, parte da trilha sonora do filme Uma Aventura Lego, foi apresentada por Andy Samberg, Mark Mothersbaugh (do Devo), Questlove e pela dupla Tegan and Sara. O grandfinale foi entregar diversas estatuetas feitas de Lego para as estrelas de Hollywood. Por um instante, tudo estava, de fato, incrível. 2. Medley de A Noviça Rebelde, de Lady Gaga Todos sabem que Lady Gaga tem uma bela voz, mas aqueles que ainda não abraçaram a fase jazz em Cheek To Cheek, ao lado de Tony Bennett, não devem ter visto a musa cantando tão bem quanto ontem. Escalada para executar o medley de A Noviça Rebelde, clássico que completa 50 anos em 2015, Gaga fez bonito e foi ovacionada pelo público, que aplaudiu de pé. De quebra, ainda ganhou um abraço caloroso de Julie Andrews, a protagonista do filme e ícone da Academia. Este pode ter sido um dos momentos mais grandiosos da carreira de Lady Gaga. 1.    “Glory”, de John Legend & Common  Impressionante é uma boa definição para a performance de “Glory” feita por Common e John Legend. A canção, carro-chefe da trilha de Selma, foi a vencedora do Oscar e a apresentação dos dois provou que a estatueta estava em boas mãos. Com discurso que se encaixa perfeitamente no contexto atual vivido pelos Estados Unidos, a faixa contou com Legend em seu piano de cauda, Common desferindo suas poderosas rimas e um coro entoando a canção. Lágrimas na plateia e emoção na equipe do filme marcaram a performance e “Glory” pode ter garantido seu lugar na história do Oscar.
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Saudade
Eduardo Costa
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Confira o nosso ranking das apresentações do Oscar

por em 23/02/2015
Aind
a que o foco do Oscar seja, tipicamente, os vencedores e perdedores, a 87ª edição do principal evento do cinema mundial, realizada ontem (22/02), em Los Angeles, teve muita música. De Rita Ora a Tim McGraw, passando por uma performance arrasadora de Lady Gaga, quais foram as melhores apresentações da noite? 8. “Lost Stars”, de Adam Levine Para a performance da indicada “Lost Stars”, Adam Levine juntou-se aos comparsas do Maroon 5 num palco com céu estrelado. Muito condizente com a bela canção composta pelo ex-New Radicals, Gregg Alexander. Foi uma boa forma de começar o evento, antes do primeiro intervalo comercial. 7. “Grateful”, de Rita Ora Com luzes de lasers e fumaça, Rita Ora aqueceu seus vocais por alguns segundos até impressionar o público presente. Diane Warren, autora de “Grateful”, canção dofilme Beyond The Lights, aprovou a apresentação. Os haters de Rita vão ter que engolir: a cantora fez uma bela estreia no Oscar. 6. “I Can’t Let Go”, de Jennifer Hudson (In Memoriam) Precisa de uma cantora com vocal poderoso para um tributo no Oscar? Jennifer Hudson é o melhor nome para essa empreitada. Três anos depois de homenagear Whitney Houston no Grammy, a vencedora do Oscar por Dreamgirls fez uma apresentação arrebatadora de “I Can’t Let Go” logo após as honrarias às estrelas do cinema que morreram em 2014. 5. “I’m Not Gonna Miss You”, de Tim McGraw Em homenagem a Glen Campbell, que trava uma batalha contra o Alzheimer, Tim McGraw não tentou substituir o lendário músico. O cantor foi justo com o legado de Campbell e, numa performance emocionante, executou a indicada “I’m Not Gonna Miss You”. A plateia foi ao delírio, com razão. 4. Abertura de Neil Patrick Harris O apresentador da noite fez um número de abertura que homenageou diversos filmes. Teve um pouco de tudo: dança, participação de Anna Kendrick, Jack Black no papel de vilão, recado para Meryl Streep. E uma fala matadora ao final da estrela de How I Met Your Mother: “Tudo isso? Completamente improvisado”. 3. “Everything Is Awesome!!!”, de Tegan and Sara & Lonely Island Quando a primeira hora da cerimônia estava um pouco arrastada, Tegan and Sara e o Lonely Island deram uma injeção de ânimo na festa. “Everything Is Awesome!!!”, parte da trilha sonora do filme Uma Aventura Lego, foi apresentada por Andy Samberg, Mark Mothersbaugh (do Devo), Questlove e pela dupla Tegan and Sara. O grandfinale foi entregar diversas estatuetas feitas de Lego para as estrelas de Hollywood. Por um instante, tudo estava, de fato, incrível. 2. Medley de A Noviça Rebelde, de Lady Gaga Todos sabem que Lady Gaga tem uma bela voz, mas aqueles que ainda não abraçaram a fase jazz em Cheek To Cheek, ao lado de Tony Bennett, não devem ter visto a musa cantando tão bem quanto ontem. Escalada para executar o medley de A Noviça Rebelde, clássico que completa 50 anos em 2015, Gaga fez bonito e foi ovacionada pelo público, que aplaudiu de pé. De quebra, ainda ganhou um abraço caloroso de Julie Andrews, a protagonista do filme e ícone da Academia. Este pode ter sido um dos momentos mais grandiosos da carreira de Lady Gaga. 1.    “Glory”, de John Legend & Common  Impressionante é uma boa definição para a performance de “Glory” feita por Common e John Legend. A canção, carro-chefe da trilha de Selma, foi a vencedora do Oscar e a apresentação dos dois provou que a estatueta estava em boas mãos. Com discurso que se encaixa perfeitamente no contexto atual vivido pelos Estados Unidos, a faixa contou com Legend em seu piano de cauda, Common desferindo suas poderosas rimas e um coro entoando a canção. Lágrimas na plateia e emoção na equipe do filme marcaram a performance e “Glory” pode ter garantido seu lugar na história do Oscar.