NOTÍCIAS

Confira os vencedores do concurso cultural da Billboard Brasil FAB: A Intimidade de Paul McCartney

por em 03/05/2012
Imagem: Divulgação

Um dos maiores músicos de todos os tempos, Paul McCartney é também um colecionador de ótimas histórias. Entre mitos e verdades, prestes a completar 70 anos, o ex-beatle é, verdadeiramente, uma lenda viva.

Dono do título de Sir e de uma extensa discografia, tanto ao lado de seus companheiros de Beatles quanto ao lado de sua esposa, Linda, nos Wings, McCartney carrega o mérito de nunca ter parado de fazer música. 

Seu último álbum Kisses On The Bottom, de 2012, é o 15° de sua carreira solo. Ao todo, Paul McCartney contabiliza, entre Beatles, Fireman e Wings, quase 100 registros e, com certeza, muita história para contar.

São essas histórias que o jornalista e escritor Howard Sounes conta na biografia FAB: A Intimidade de Paul McCartney. Resultado de mais de 200 entrevistas de pessoas ligadas ao astro, a biografia é considerada a mais rica e abrangente já escrita sobre o ex-Beatle.

Os ganhadores da nossa promoção poderão desfrutar dessa oportunidade maravilhosa de conhecer um pouquinho mais deste Beatle tão querido.

As dez melhores frases que mostraram alguma identificação entre a suas histórias e as de Paul McCartney levaram o livro FAB: A Intimidade de Paul McCartney para casa.

Confira quem são os vencedores:  


Caio Simão

Olha, não conheço o suficiente da vida de Paul para achar alguma identificação. Mas, definitivamente, devo agradecer esse homem tão apaixonado, por, em seu show de 2009 (onde conheci minha namorada), ter ajudado a escrever a história da minha vida.

Guilherme Vidal

O elo entre o maior artista vivo no mundo com um simples fã de sua inigualável carreira de sucesso só pode ser feito quando descobrir na biografia que sua história pode ter traços semelhantes a minha.

Flávia Pereira da Silva

Claro, na história de Paul McCartney não podemos deixar de citar sua primeira esposa e companheira de Wings, Linda McCartney. E certamente, ela foi o grande amor da vida dele. Em 1998, ano em que Linda morreu, perdi a minha avó materna (meses depois). Vovó faleceu com a mesma doença de Linda, porém, em outro órgão. Perder uma pessoa querida e que amei tanto para o câncer, de fato, foi a mesma dor que Paul sentiu ao perder Linda, para a mesma doença. Minha avó ainda está viva em minha memória e no meu coração. Da mesma forma que Linda está viva para Paul. Tanto que ela é homenageada show por show com canções dedicadas à ela. Sempre que conquisto algo na vida pessoal e profissional, dedico também à minha avó...

Sueli Aparecida

Eu e Paul temos histórias semelhantes. Na verdade somos separados apenas por algumas décadas e milhares de quilômetros de distância. Ambos somos compositores, apaixonados por música rock,românticos,poetas,ativistas,tímidos,misteriosos,vegetarianos,amantes dos animais e principalmente sonhadores. Na verdade, aprendi com ele e com suas músicas que para que um sonho se torne realidade basta apenas que alguém acredite nele e que nem o tempo é capaz de destruir um amor verdadeiro. Nossas muitas características semelhantes são apenas um capítulo de muitos que Paul McCartney escreveu na história da minha vida.

Juan de Lima

A história de Paul se confunde com a minha história, justamente relacionada à música. Paul, no seu novo disco, busca as suas origens musicais, músicas que ouvia quando criança. Eu escutava muito os Beatles quando menor, por influência de minha mãe, porém, tive um certo distanciamento com as músicas do quarteto. Quando comecei a ter grande contato com a internet, fui redescobrindo os Beatles, e toda sua magia. Redescobrir e continuar saudando as músicas de infância. Assim como Paul fez, assim como eu pude fazer.

Juliana Furtado

Quando eu era pequena costumava ficar abaixada no canto da sala ouvindo as músicas que ecoavam da casa dos meus vizinhos, era um ritmo mágico e uma voz precisa, calma e distinta - e eu não via o tempo passar. Eu não sabia o nome do dono daquela voz, e entendia muito pouco o que os versos diziam, mas eu só sei que, de uma forma ou de outra, ele cantava pra mim. Surgiu aí meu amor não correspondido por Paul McCartney. 

Marco Antonio Cruz

Eu e Howard Sounes sabemos mais da vida de Paul McCartney do que ele próprio! 

Anderson Genuino

Paul McCartney faz parte da minha "Long and Winding Road" que é apelidada de vida. Nos Beatles ou em carreira solo ele continua sendo "My Love". Inspiração como homem, ser humano e, principalmente, artista. O bom é que se passam os anos, e ele continua "Getting Better All The Time".

Tiago Silva

A identificação da minha vida com a do Paul McCartney vem da nostalgia de ter uma banda ainda muito jovem, tocar com amigos em lugares pequenos e sem ganhar muito dinheiro. E hoje olhar para trás e sentir saudade daquele tempo em que a vida parecia ser mais fácil. Tenho certeza que o Paul gostaria de voltar naqueles tempos de Hamburgo, assim como eu gostaria de voltar nos tempos de escola em que a vida era tocar guitarra e jogar bola.

Marcos Vasconcelos

 

Na “Magical Mystery Tour” da vida de Paul McCartney, me sinto feliz em dizer que “In My Life”, procurei acompanha-lo em tudo. Amo o Paul incondicionalmente, e verei mais uma vez ele e sua “Band On The Run” no Brasil. E gostaria muito, de conhecer um pouco da sua intimidade. Help!

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Apelido Carinhoso
Gusttavo Lima
2
Largado às Traças
Zé Neto & Cristiano
3
2050
Luan Santana
4
1, 2, 3
Cleber & Cauan
5
Transplante (part. Bruno & Marrone)
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Confira os vencedores do concurso cultural da Billboard Brasil FAB: A Intimidade de Paul McCartney

por em 03/05/2012
Imagem: Divulgação

Um dos maiores músicos de todos os tempos, Paul McCartney é também um colecionador de ótimas histórias. Entre mitos e verdades, prestes a completar 70 anos, o ex-beatle é, verdadeiramente, uma lenda viva.

Dono do título de Sir e de uma extensa discografia, tanto ao lado de seus companheiros de Beatles quanto ao lado de sua esposa, Linda, nos Wings, McCartney carrega o mérito de nunca ter parado de fazer música. 

Seu último álbum Kisses On The Bottom, de 2012, é o 15° de sua carreira solo. Ao todo, Paul McCartney contabiliza, entre Beatles, Fireman e Wings, quase 100 registros e, com certeza, muita história para contar.

São essas histórias que o jornalista e escritor Howard Sounes conta na biografia FAB: A Intimidade de Paul McCartney. Resultado de mais de 200 entrevistas de pessoas ligadas ao astro, a biografia é considerada a mais rica e abrangente já escrita sobre o ex-Beatle.

Os ganhadores da nossa promoção poderão desfrutar dessa oportunidade maravilhosa de conhecer um pouquinho mais deste Beatle tão querido.

As dez melhores frases que mostraram alguma identificação entre a suas histórias e as de Paul McCartney levaram o livro FAB: A Intimidade de Paul McCartney para casa.

Confira quem são os vencedores:  


Caio Simão

Olha, não conheço o suficiente da vida de Paul para achar alguma identificação. Mas, definitivamente, devo agradecer esse homem tão apaixonado, por, em seu show de 2009 (onde conheci minha namorada), ter ajudado a escrever a história da minha vida.

Guilherme Vidal

O elo entre o maior artista vivo no mundo com um simples fã de sua inigualável carreira de sucesso só pode ser feito quando descobrir na biografia que sua história pode ter traços semelhantes a minha.

Flávia Pereira da Silva

Claro, na história de Paul McCartney não podemos deixar de citar sua primeira esposa e companheira de Wings, Linda McCartney. E certamente, ela foi o grande amor da vida dele. Em 1998, ano em que Linda morreu, perdi a minha avó materna (meses depois). Vovó faleceu com a mesma doença de Linda, porém, em outro órgão. Perder uma pessoa querida e que amei tanto para o câncer, de fato, foi a mesma dor que Paul sentiu ao perder Linda, para a mesma doença. Minha avó ainda está viva em minha memória e no meu coração. Da mesma forma que Linda está viva para Paul. Tanto que ela é homenageada show por show com canções dedicadas à ela. Sempre que conquisto algo na vida pessoal e profissional, dedico também à minha avó...

Sueli Aparecida

Eu e Paul temos histórias semelhantes. Na verdade somos separados apenas por algumas décadas e milhares de quilômetros de distância. Ambos somos compositores, apaixonados por música rock,românticos,poetas,ativistas,tímidos,misteriosos,vegetarianos,amantes dos animais e principalmente sonhadores. Na verdade, aprendi com ele e com suas músicas que para que um sonho se torne realidade basta apenas que alguém acredite nele e que nem o tempo é capaz de destruir um amor verdadeiro. Nossas muitas características semelhantes são apenas um capítulo de muitos que Paul McCartney escreveu na história da minha vida.

Juan de Lima

A história de Paul se confunde com a minha história, justamente relacionada à música. Paul, no seu novo disco, busca as suas origens musicais, músicas que ouvia quando criança. Eu escutava muito os Beatles quando menor, por influência de minha mãe, porém, tive um certo distanciamento com as músicas do quarteto. Quando comecei a ter grande contato com a internet, fui redescobrindo os Beatles, e toda sua magia. Redescobrir e continuar saudando as músicas de infância. Assim como Paul fez, assim como eu pude fazer.

Juliana Furtado

Quando eu era pequena costumava ficar abaixada no canto da sala ouvindo as músicas que ecoavam da casa dos meus vizinhos, era um ritmo mágico e uma voz precisa, calma e distinta - e eu não via o tempo passar. Eu não sabia o nome do dono daquela voz, e entendia muito pouco o que os versos diziam, mas eu só sei que, de uma forma ou de outra, ele cantava pra mim. Surgiu aí meu amor não correspondido por Paul McCartney. 

Marco Antonio Cruz

Eu e Howard Sounes sabemos mais da vida de Paul McCartney do que ele próprio! 

Anderson Genuino

Paul McCartney faz parte da minha "Long and Winding Road" que é apelidada de vida. Nos Beatles ou em carreira solo ele continua sendo "My Love". Inspiração como homem, ser humano e, principalmente, artista. O bom é que se passam os anos, e ele continua "Getting Better All The Time".

Tiago Silva

A identificação da minha vida com a do Paul McCartney vem da nostalgia de ter uma banda ainda muito jovem, tocar com amigos em lugares pequenos e sem ganhar muito dinheiro. E hoje olhar para trás e sentir saudade daquele tempo em que a vida parecia ser mais fácil. Tenho certeza que o Paul gostaria de voltar naqueles tempos de Hamburgo, assim como eu gostaria de voltar nos tempos de escola em que a vida era tocar guitarra e jogar bola.

Marcos Vasconcelos

 

Na “Magical Mystery Tour” da vida de Paul McCartney, me sinto feliz em dizer que “In My Life”, procurei acompanha-lo em tudo. Amo o Paul incondicionalmente, e verei mais uma vez ele e sua “Band On The Run” no Brasil. E gostaria muito, de conhecer um pouco da sua intimidade. Help!