NOTÍCIAS

Conheça a verdadeira história da icônica apresentação de Madonna no VMA de 1984

por em 29/10/2014
Por
Rob Tannenbaum Em 14 de setembro de 1984, foi realizada a primeira edição do MTV Video Music Awards. À época, a emissora estava com dificuldades para escalar os talentos mais aclamados do momento. Os barbudos do ZZ Top haviam se recusado a tocar, até que a emissora tirou os vídeos da banda da programação, fazendo com que o empresário Bill Ham finalmente cedesse. Os apresentadores eram Dan Aykroyd e Bette Midler, os dois então com 30 anos, considerados um pouco velhos para o público da MTV. O evento tinha uma previsão um tanto incerta no que diz respeito a recepção do público. Mas surgiu uma carta na manga: Madonna iria cantar a inédita “Like A Virgin”. A princípio, a ideia da cantora era interpretar a música para um tigre de bengalaposicionado no palco – iniciativa vetada pela produção. Em vez disso, Madonna decidiu então sair de um bolo de casamento gigante, num figurino de noiva que incluía um bustiê e um fivela com os dizeres “BOY TOY” – uma mistura de mensagens típica da estrela. No meio da performance, porém, um dos sapatos brancos escapou de seu pé. “Eu pensei: ‘Vou fingir que isso estava programado’ e e rolei pelo chão”, disse Madonna tempos depois. “Quando alcancei o sapato, o vestido subiu e percebi que minha calcinha estava aparecendo.” Os espectadores da MTV foram brindados com as imagens das roupas de baixo daquela que viraria a rainha do pop. “Foi perfeito? Não, mas aquilo funcionou”, disse o ex-empresário da cantora, Freddy Demann. “Todos sabemos que ela havia tomado alguns drinques, pois foi preciso coragem para enfrentar o público daquele jeito”, conta Les Garland, vice-presidente da MTV na época. “Ela roubou a cena”, completou. Mas, em 1984, as reações ao show e as previsões sobre que status Madonna ganharia não foram unânimes. Muitas pessoas da indústria enxergaram a performance como um desastre. A agente de longa data de Madonna, Liz Rosenberg, disse que muita gente veio até ela para dizer que aquele episódio tinha acabado com a carreira da artista, antes mesmo que ela começasse. O cantor Huey Lewis contou que seu antigo agente, Dan Weiner, o alertou: “Esta garota não vai acontecer”. As avaliações do VMA como um todo foram boas e muitos críticos afirmaram que o evento deu um empurrão na indústria da música. Logo depois, as maiores estrelas do planeta disputavam uma aparição na cerimônia. No ano seguinte, Eddie Murphy – uma das maiores celebridades da época – foi o apresentador. Nos anos seguintes, teve sempre alguém que tentou “roubar o show”: Prince mostrou a bunda em 1991; Fiona Apple entoou um discurso profano em 1994; Britney Spears interagiu com uma cobra píton em 2001.  “O VMA ficou consagrado como o evento do ‘o que diabos irá acontecer agora?’, disse Dave Sirulnick, produtor executivo da premiação por muitos anos. “Não consigo contar quantas vezes ouvi os artistas dizerem que queriam participar daquele momento especial que as pessoas comentam no dia seguinte e se lembravam três anos depois”. E tudo começou com Madonna saindo de um bolo de casamento. http://www.youtube.com/watch?v=SXPMLTmpPpY
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Conheça a verdadeira história da icônica apresentação de Madonna no VMA de 1984

por em 29/10/2014
Por
Rob Tannenbaum Em 14 de setembro de 1984, foi realizada a primeira edição do MTV Video Music Awards. À época, a emissora estava com dificuldades para escalar os talentos mais aclamados do momento. Os barbudos do ZZ Top haviam se recusado a tocar, até que a emissora tirou os vídeos da banda da programação, fazendo com que o empresário Bill Ham finalmente cedesse. Os apresentadores eram Dan Aykroyd e Bette Midler, os dois então com 30 anos, considerados um pouco velhos para o público da MTV. O evento tinha uma previsão um tanto incerta no que diz respeito a recepção do público. Mas surgiu uma carta na manga: Madonna iria cantar a inédita “Like A Virgin”. A princípio, a ideia da cantora era interpretar a música para um tigre de bengalaposicionado no palco – iniciativa vetada pela produção. Em vez disso, Madonna decidiu então sair de um bolo de casamento gigante, num figurino de noiva que incluía um bustiê e um fivela com os dizeres “BOY TOY” – uma mistura de mensagens típica da estrela. No meio da performance, porém, um dos sapatos brancos escapou de seu pé. “Eu pensei: ‘Vou fingir que isso estava programado’ e e rolei pelo chão”, disse Madonna tempos depois. “Quando alcancei o sapato, o vestido subiu e percebi que minha calcinha estava aparecendo.” Os espectadores da MTV foram brindados com as imagens das roupas de baixo daquela que viraria a rainha do pop. “Foi perfeito? Não, mas aquilo funcionou”, disse o ex-empresário da cantora, Freddy Demann. “Todos sabemos que ela havia tomado alguns drinques, pois foi preciso coragem para enfrentar o público daquele jeito”, conta Les Garland, vice-presidente da MTV na época. “Ela roubou a cena”, completou. Mas, em 1984, as reações ao show e as previsões sobre que status Madonna ganharia não foram unânimes. Muitas pessoas da indústria enxergaram a performance como um desastre. A agente de longa data de Madonna, Liz Rosenberg, disse que muita gente veio até ela para dizer que aquele episódio tinha acabado com a carreira da artista, antes mesmo que ela começasse. O cantor Huey Lewis contou que seu antigo agente, Dan Weiner, o alertou: “Esta garota não vai acontecer”. As avaliações do VMA como um todo foram boas e muitos críticos afirmaram que o evento deu um empurrão na indústria da música. Logo depois, as maiores estrelas do planeta disputavam uma aparição na cerimônia. No ano seguinte, Eddie Murphy – uma das maiores celebridades da época – foi o apresentador. Nos anos seguintes, teve sempre alguém que tentou “roubar o show”: Prince mostrou a bunda em 1991; Fiona Apple entoou um discurso profano em 1994; Britney Spears interagiu com uma cobra píton em 2001.  “O VMA ficou consagrado como o evento do ‘o que diabos irá acontecer agora?’, disse Dave Sirulnick, produtor executivo da premiação por muitos anos. “Não consigo contar quantas vezes ouvi os artistas dizerem que queriam participar daquele momento especial que as pessoas comentam no dia seguinte e se lembravam três anos depois”. E tudo começou com Madonna saindo de um bolo de casamento. http://www.youtube.com/watch?v=SXPMLTmpPpY