NOTÍCIAS

Conheça oito canções acusadas de plágio que chegaram ao topo do Hot 100

por em 14/03/2015
n style="font-family: Calibri;">Seja por osmose, coincidência, ancestralidade ou por roubo mesmo, há muitas músicas que são suspeitamente parecidas com outras já existentes. Sobre esses muitos casos do mundo da música, alguns artistas simplesmente dão de ombros. Já outros levam o problema ao tribunal. É o caso da recente polêmica envolvendo "Blurred Lines”", de Robin Thicke e Pharrell Williams, e o clássico "Got To Give It Up", de Marvin Gaye. Aproveitando o aparente fim dessa história, que levou Thicke e Pharrell a pagarem uma multa violenta à família de Gaye, listamos abaixo mais sete sucessos acusados de plágio. A lista vai de Beatles e Chuck Berry a Rod Stewart e Jorge Ben Jor. Viva a coincidência! O Coldplay chegou ao 1º lugar no Hot 100 em 2008 com "Viva La Vida”", atraindo a atenção de Joe Satriani, que alegou reconheceu nela trechos de sua "If I Could Fly", de 2004. Caso resolvido fora do tribunal, com a banda classificando o fato como simples coincidência. Baixo sem pressão "Ice Ice Baby" e sua linha de baixo acançou o topo do Hot 100 em 1990, tornando-se a primeira música de hip hop a atingir o 1º lugar. Infelizmente para Vanilla Ice, muitos perceberam a semelhança com "Under Pressure", de David Bowie e Queen (1981). Em princípio, Vanilla Ice negou a similaridade. Mais tarte, edecidiu pagar royalties a ambas as partes, a fim de evitar uma batalha judicial. Caça-plágio Em 1984, Ray Parker Jr perguntava "quem você vai chamar?" no tema do filme “Os Caça-Fantasmas”. Huey Lewis ouviu a canção e respondeu a pergunta: "com um advogado”!". Lewis processou Parker por plagiar sua música "I Want A New Drug". No fim, os dois se resolveram fora dos tribunais. Sem querer querendo Em 1979, Jorge Ben Jor alegou que o hit "Do Ya Think I'm Sexy", de Rod Stewart, plagiava partes da música "Taj Mahal". Os dois se acertaram fora do tribunal. Em sua autobiografia, publicada em 2012, Stewart admitiu um “plágio inconsciente”. Amor bandido Quase seis anos depois do Bee Gees colocar "How Deep Is Your Love" no topo do Hot 100, em 1977, um compositor chamado Ronald Selle alegou que o hit foi roubado de sua demo "Let It End”", de 1975. No fim das contas, o júri deu o veredito a favor do grupo. Escute a demo do perdedor aqui Cópia divina Quando George Harrison colocou sua primeira música solo no topo do Hot 100, em dezembro de 1970, com "My Sweet Lord", as coisas iam bem para o ex-beatle. Seis anos depois, o tribunal decidiu que, “inconscientemente”, ele copiou a música "He's So Fine", do grupo Chiffons, escrita por Ronald Mack. Harrison afirmou que a batalha judicial o deixou “paranoico” para escrever novas músicas por um tempo. Gozando juntos Alguns podem afirmar que o maior responsável por dar forma ao rock poderia processar qualquer músico dos anos 1950 e 1960. Enquanto Chuck Berry não foi litigioso, as pessoas que possuíam os direitos de algumas de suas músicas foram. A Big Seven Music Corp (de propriedade de Morris Levy) moveu um processo contra John Lennon alegando semelhanças entre "You Can't Catch Me", de Chuck Berry, e "“Come Together", dos Beatles, 1º lugar do Hot 100 em 1969. O caso foi resolvido fora do tribunal, com Lennon concordando em gravar três canções de propriedade de Morris Levy. Apenas duas foram lançadas oficialmente: "Ya Ya" e a própria "You Can’'t Catch Me". Em nossa playlist, você confere as as faixas polêmicas e suas "originais". No caso de Harrison e dos Beatles, usamos covers de Yim Yames e Aerosmith, pois o Spotify não possui músicas dos artistas em seu acervo atual. A de Ronald Selle também não está disponível. https://play.spotify.com/user/billboardbrasil/playlist/0u7V6jcLMWxTvpmnnmo8Ra
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Conheça oito canções acusadas de plágio que chegaram ao topo do Hot 100

por em 14/03/2015
n style="font-family: Calibri;">Seja por osmose, coincidência, ancestralidade ou por roubo mesmo, há muitas músicas que são suspeitamente parecidas com outras já existentes. Sobre esses muitos casos do mundo da música, alguns artistas simplesmente dão de ombros. Já outros levam o problema ao tribunal. É o caso da recente polêmica envolvendo "Blurred Lines”", de Robin Thicke e Pharrell Williams, e o clássico "Got To Give It Up", de Marvin Gaye. Aproveitando o aparente fim dessa história, que levou Thicke e Pharrell a pagarem uma multa violenta à família de Gaye, listamos abaixo mais sete sucessos acusados de plágio. A lista vai de Beatles e Chuck Berry a Rod Stewart e Jorge Ben Jor. Viva a coincidência! O Coldplay chegou ao 1º lugar no Hot 100 em 2008 com "Viva La Vida”", atraindo a atenção de Joe Satriani, que alegou reconheceu nela trechos de sua "If I Could Fly", de 2004. Caso resolvido fora do tribunal, com a banda classificando o fato como simples coincidência. Baixo sem pressão "Ice Ice Baby" e sua linha de baixo acançou o topo do Hot 100 em 1990, tornando-se a primeira música de hip hop a atingir o 1º lugar. Infelizmente para Vanilla Ice, muitos perceberam a semelhança com "Under Pressure", de David Bowie e Queen (1981). Em princípio, Vanilla Ice negou a similaridade. Mais tarte, edecidiu pagar royalties a ambas as partes, a fim de evitar uma batalha judicial. Caça-plágio Em 1984, Ray Parker Jr perguntava "quem você vai chamar?" no tema do filme “Os Caça-Fantasmas”. Huey Lewis ouviu a canção e respondeu a pergunta: "com um advogado”!". Lewis processou Parker por plagiar sua música "I Want A New Drug". No fim, os dois se resolveram fora dos tribunais. Sem querer querendo Em 1979, Jorge Ben Jor alegou que o hit "Do Ya Think I'm Sexy", de Rod Stewart, plagiava partes da música "Taj Mahal". Os dois se acertaram fora do tribunal. Em sua autobiografia, publicada em 2012, Stewart admitiu um “plágio inconsciente”. Amor bandido Quase seis anos depois do Bee Gees colocar "How Deep Is Your Love" no topo do Hot 100, em 1977, um compositor chamado Ronald Selle alegou que o hit foi roubado de sua demo "Let It End”", de 1975. No fim das contas, o júri deu o veredito a favor do grupo. Escute a demo do perdedor aqui Cópia divina Quando George Harrison colocou sua primeira música solo no topo do Hot 100, em dezembro de 1970, com "My Sweet Lord", as coisas iam bem para o ex-beatle. Seis anos depois, o tribunal decidiu que, “inconscientemente”, ele copiou a música "He's So Fine", do grupo Chiffons, escrita por Ronald Mack. Harrison afirmou que a batalha judicial o deixou “paranoico” para escrever novas músicas por um tempo. Gozando juntos Alguns podem afirmar que o maior responsável por dar forma ao rock poderia processar qualquer músico dos anos 1950 e 1960. Enquanto Chuck Berry não foi litigioso, as pessoas que possuíam os direitos de algumas de suas músicas foram. A Big Seven Music Corp (de propriedade de Morris Levy) moveu um processo contra John Lennon alegando semelhanças entre "You Can't Catch Me", de Chuck Berry, e "“Come Together", dos Beatles, 1º lugar do Hot 100 em 1969. O caso foi resolvido fora do tribunal, com Lennon concordando em gravar três canções de propriedade de Morris Levy. Apenas duas foram lançadas oficialmente: "Ya Ya" e a própria "You Can’'t Catch Me". Em nossa playlist, você confere as as faixas polêmicas e suas "originais". No caso de Harrison e dos Beatles, usamos covers de Yim Yames e Aerosmith, pois o Spotify não possui músicas dos artistas em seu acervo atual. A de Ronald Selle também não está disponível. https://play.spotify.com/user/billboardbrasil/playlist/0u7V6jcLMWxTvpmnnmo8Ra