NOTÍCIAS

Craque Pelle comanda The Hives em ótimo show

por em 31/03/2013
Imagem: Divulgação

O jogo foi curto. Durou apenas 53 minutos. Mas pareceu goleada. A passagem do The Hives pelo palco Cidade Jardim comprovou que a banda tem uma postura de palco fora do comum. Especialmente se compararmos os suecos com outros artistas desta edição do festival.

O grupo, que só havia tocado no Brasil uma vez, investiu num repertório quase todo formado por músicas que renderam clipes ou foram muito tocadas em festinhas de rock: “Hate To Say I Told You So”, “Main Offender”, a sensacional “Walk Idiot Walk”.

Mas o que convence até quem nunca foi fã do quinteto é a maneira como Howlin’ Pelle comanda a massa. De fraque e cartola, como seus parceiros, ele deu várias ordens em português (“pulem”, “gritem”, “batam palmas”), desceu até o fosso para autografar um vinil e só passou um pouco da conta quando pediu para os presentes sentarem no chão nojento do Jockey Club. Mas isso foi na última música, quando o placar já estava folgadão.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
2
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Craque Pelle comanda The Hives em ótimo show

por em 31/03/2013
Imagem: Divulgação

O jogo foi curto. Durou apenas 53 minutos. Mas pareceu goleada. A passagem do The Hives pelo palco Cidade Jardim comprovou que a banda tem uma postura de palco fora do comum. Especialmente se compararmos os suecos com outros artistas desta edição do festival.

O grupo, que só havia tocado no Brasil uma vez, investiu num repertório quase todo formado por músicas que renderam clipes ou foram muito tocadas em festinhas de rock: “Hate To Say I Told You So”, “Main Offender”, a sensacional “Walk Idiot Walk”.

Mas o que convence até quem nunca foi fã do quinteto é a maneira como Howlin’ Pelle comanda a massa. De fraque e cartola, como seus parceiros, ele deu várias ordens em português (“pulem”, “gritem”, “batam palmas”), desceu até o fosso para autografar um vinil e só passou um pouco da conta quando pediu para os presentes sentarem no chão nojento do Jockey Club. Mas isso foi na última música, quando o placar já estava folgadão.