NOTÍCIAS

Cultos, prisões e redenção: Gloria Trevi é tema da próxima Billboard americana

por em 07/10/2014
A ca
ntora mexicana Gloria Trevi é o tema de uma longa matéria na próxima edição impressa da Billboard americana. Estrela dos anos 1990, a artista é tida como a encarnação de um espírito radical da geração latina daquele período. A honestidade e o humor ajudaram a “Madonna mexicana” a acumular uma base de fãs em todo mundo. Nos últimos 25 anos, ela já vendeu mais de 25 milhões de álbuns e colocou dez números 1 no topo do das paradas latinas. No Twitter, Gloria tem quase quatro milhões de seguidores. A personalidade da cantora era tão selvagem quanto seu cabelo. Na década de 90, usava bandoleiras de preservativos e chicoteava jovens em cima do palco, além de ter cantado sobre o aborto em 1994 – “Chica Embarazada” – e ter levantado a bandeira dos direitos das mulheres. Mas uma sequência bizarra de acusações criminais fez com que a carreira de Gloria fosse completamente diferente do que a de qualquer diva do pop. No final dos 90, a cantora e seu então namorado e empresário, Sergio Andrade, foram acusados de liderar um culto sexual de menores. Quando as acusações vieram à tona, o casal ficou desaparecido até o início dos anos 00, até que foi preso no Brasil – Gloria e Andrade foram encontrados com três adolescentes. Na época da prisão, a cantora ficou grávida misteriosamente –  as autoridades daqui suspeitaram que a gravidez fosse uma tentativa de evitar a extradição. Posteriormente, testes de DNA confirmaram que Andrade era o pai do garoto, hoje, com 12 anos de idade. Após quatro anos e oito meses presa, Gloria foi solta em 2004 por falta de provas. Na época, a cantora defendeu Andrade, mas depois se afastou dele. Ela não tem mais nenhum contato com seu ex-empresário/namorado. Gloria retomou a carreira no mesmo ano em que saiu da prisão. Lançou os discos Cómo Nace El Universo (2004), La Trayectoria (2006) e Uma Rosa Blu (2007), e casou-se com o advogado Armando Gomez, em 2009. Ambos passaram a viver em McAllen, no Texas. Gloria está longe dos escândalos e lançou um reality show de sua vida – A Toda Gloria – neste mês, na NBC Universal. “Estou feliz porque as coisas estão bem. Vivo um momento mágico na minha vida e tenho tudo. Tenho amor, meus filhos ainda são crianças e tenho sucesso – uma bela carreira, saúde, mãe e pai.” Sobre a nova empreitada televisiva, Gloria Trevi afirma que as câmeras estarão em todos os lugares, exceto um. “Só não terão imagens do banheiro. Apenas meu marido pode entrar lá para me dar um beijo.” “Estou em evolução”, diz Gloria. “Amo a vida e amo as fases da vida. Quando tiver 60 anos, não vou parar de cantar músicas sensuais. Já disse para o meu marido: quero viver até os 130 anos e ser sexualmente ativa.” Recentemente, a cantora foi chamada de “Lady Gaga mexicana” por um paparazzi. Ela reagiu: “Lady Gaga é a versão americana de Gloria Trevi.” http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=G3diF-5DlAc
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Saudade
Eduardo Costa
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Cultos, prisões e redenção: Gloria Trevi é tema da próxima Billboard americana

por em 07/10/2014
A ca
ntora mexicana Gloria Trevi é o tema de uma longa matéria na próxima edição impressa da Billboard americana. Estrela dos anos 1990, a artista é tida como a encarnação de um espírito radical da geração latina daquele período. A honestidade e o humor ajudaram a “Madonna mexicana” a acumular uma base de fãs em todo mundo. Nos últimos 25 anos, ela já vendeu mais de 25 milhões de álbuns e colocou dez números 1 no topo do das paradas latinas. No Twitter, Gloria tem quase quatro milhões de seguidores. A personalidade da cantora era tão selvagem quanto seu cabelo. Na década de 90, usava bandoleiras de preservativos e chicoteava jovens em cima do palco, além de ter cantado sobre o aborto em 1994 – “Chica Embarazada” – e ter levantado a bandeira dos direitos das mulheres. Mas uma sequência bizarra de acusações criminais fez com que a carreira de Gloria fosse completamente diferente do que a de qualquer diva do pop. No final dos 90, a cantora e seu então namorado e empresário, Sergio Andrade, foram acusados de liderar um culto sexual de menores. Quando as acusações vieram à tona, o casal ficou desaparecido até o início dos anos 00, até que foi preso no Brasil – Gloria e Andrade foram encontrados com três adolescentes. Na época da prisão, a cantora ficou grávida misteriosamente –  as autoridades daqui suspeitaram que a gravidez fosse uma tentativa de evitar a extradição. Posteriormente, testes de DNA confirmaram que Andrade era o pai do garoto, hoje, com 12 anos de idade. Após quatro anos e oito meses presa, Gloria foi solta em 2004 por falta de provas. Na época, a cantora defendeu Andrade, mas depois se afastou dele. Ela não tem mais nenhum contato com seu ex-empresário/namorado. Gloria retomou a carreira no mesmo ano em que saiu da prisão. Lançou os discos Cómo Nace El Universo (2004), La Trayectoria (2006) e Uma Rosa Blu (2007), e casou-se com o advogado Armando Gomez, em 2009. Ambos passaram a viver em McAllen, no Texas. Gloria está longe dos escândalos e lançou um reality show de sua vida – A Toda Gloria – neste mês, na NBC Universal. “Estou feliz porque as coisas estão bem. Vivo um momento mágico na minha vida e tenho tudo. Tenho amor, meus filhos ainda são crianças e tenho sucesso – uma bela carreira, saúde, mãe e pai.” Sobre a nova empreitada televisiva, Gloria Trevi afirma que as câmeras estarão em todos os lugares, exceto um. “Só não terão imagens do banheiro. Apenas meu marido pode entrar lá para me dar um beijo.” “Estou em evolução”, diz Gloria. “Amo a vida e amo as fases da vida. Quando tiver 60 anos, não vou parar de cantar músicas sensuais. Já disse para o meu marido: quero viver até os 130 anos e ser sexualmente ativa.” Recentemente, a cantora foi chamada de “Lady Gaga mexicana” por um paparazzi. Ela reagiu: “Lady Gaga é a versão americana de Gloria Trevi.” http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=G3diF-5DlAc