NOTÍCIAS

Daft Punk e Arctic Monkeys ajudam a alavancar a venda de vinis no Reino Unido

por em 08/01/2014
Imagem: Divulgação

Os lançamentos de Daft Punk, Arctic Monkeys, Black Sabbath e David Bowie ajudaram a alavancar a venda dos vinis no Reino Unido. De acordo com a indústria fonográfica britânica, 800 mil vinis foram vendidos no país em 2013, o que representa a maior venda para o formato desde 1997.

Analistas acreditam que a razão para o aumento de consumidores de discos de vinil é, curiosamente, a ascensão da música digital, já que estudos comprovam que ao mesmo tempo em que preferem ouvir música em movimento os consumidores também gostam de colecionar cópias físicas de seus álbuns favoritos.

“Temos observado que a música digital tem alavancado as vendas de vinil porque são formatos muito complementares”, disse Stephen Godfroy, fundador da gravadora Rough Trade. “A natureza descartável da música digital tende a agregar valor à música como um artefato, e o vinil - o exemplo por excelência da música como um artefato - está se beneficiando disso”, explica.

Embora os números sejam animadores e as vendas experimentem um ressurgimento do formato, o vinil ainda representa apenas 1% das vendas totais de música. 

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
2
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Daft Punk e Arctic Monkeys ajudam a alavancar a venda de vinis no Reino Unido

por em 08/01/2014
Imagem: Divulgação

Os lançamentos de Daft Punk, Arctic Monkeys, Black Sabbath e David Bowie ajudaram a alavancar a venda dos vinis no Reino Unido. De acordo com a indústria fonográfica britânica, 800 mil vinis foram vendidos no país em 2013, o que representa a maior venda para o formato desde 1997.

Analistas acreditam que a razão para o aumento de consumidores de discos de vinil é, curiosamente, a ascensão da música digital, já que estudos comprovam que ao mesmo tempo em que preferem ouvir música em movimento os consumidores também gostam de colecionar cópias físicas de seus álbuns favoritos.

“Temos observado que a música digital tem alavancado as vendas de vinil porque são formatos muito complementares”, disse Stephen Godfroy, fundador da gravadora Rough Trade. “A natureza descartável da música digital tende a agregar valor à música como um artefato, e o vinil - o exemplo por excelência da música como um artefato - está se beneficiando disso”, explica.

Embora os números sejam animadores e as vendas experimentem um ressurgimento do formato, o vinil ainda representa apenas 1% das vendas totais de música.