NOTÍCIAS

Dance of Days comemora 20 anos com nova formação e mudanças no som

Billboard Brasil conversou com o vocalista e fundador Nenê Altro

por Marcos Lauro em 08/11/2016

A banda Dance of Days, prestes a completar 20 anos de estrada, é um dos grandes nomes do rock alternativo no Brasil. E para comemorar o aniversário, a banda está realizando algumas mudanças, tanto na formação quanto no som. Entram Adriano Parussolo como baixista e JJ Junior como baterista, que se juntam ao guitarrista Marcelo Verardi e ao vocalista e fundador Nenê Altro. “Estavamos com alguns problemas e o Dance precisava se renovar. Embora sejamos uma banda com 20 anos de estrada e defensores do rock and roll, chegou a hora de tentarmos coisas diferentes, sair da zona de conforto e a troca da formação está nos ajudando muito com isto”, explica o vocalista que completa: “O Dance of Days sempre mudou muito, disco após disco. Mudar nunca foi novidade pra gente, gostamos de experimentar e sempre refletimos em nossa música o que estávamos vivendo e ouvindo. Bandas são relacionamentos e relacionamentos quando deixam de funcionar são suscetíveis a términos, é natural”.

O grupo está terminando a turnê do álbum mais recente, Amor-Fati, o 14º da carreira, e planeja o lançamento de um novo single para fevereiro de 2017. O vocalista não adiantou quais as mudanças no som, mas reconheceu o risco de alguns fãs não gostarem: “Sempre existe [o risco], mas é aquilo: o músico deve seguir seu coração, pois só assim seu trabalho será sincero. As pessoas têm o direito de gostar, de não gostar, mas a história segue. Não estamos calculando isso, apenas fazendo o que gostamos de fazer e fizemos a vida inteira: música”. O grupo terminou a turnê com a mesma formação que gravou o álbum e a mudança vem sendo trabalhada paralelamente.

Sobre a turnê comemorativa do ano que vem, o vocalista adianta que “será uma turnê especial, voltada para nossos fãs, mas ainda não sei exatamente como será. Tenho mais de cem músicas gravadas e escolher vinte para compor um set list é uma tarefa complicada. Mas será grandioso”, garante.

Enquanto o “novo” Dance of Days não chega, ouça o mais recente álbum, Amor-Fati:

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Dance of Days comemora 20 anos com nova formação e mudanças no som

Billboard Brasil conversou com o vocalista e fundador Nenê Altro

por Marcos Lauro em 08/11/2016

A banda Dance of Days, prestes a completar 20 anos de estrada, é um dos grandes nomes do rock alternativo no Brasil. E para comemorar o aniversário, a banda está realizando algumas mudanças, tanto na formação quanto no som. Entram Adriano Parussolo como baixista e JJ Junior como baterista, que se juntam ao guitarrista Marcelo Verardi e ao vocalista e fundador Nenê Altro. “Estavamos com alguns problemas e o Dance precisava se renovar. Embora sejamos uma banda com 20 anos de estrada e defensores do rock and roll, chegou a hora de tentarmos coisas diferentes, sair da zona de conforto e a troca da formação está nos ajudando muito com isto”, explica o vocalista que completa: “O Dance of Days sempre mudou muito, disco após disco. Mudar nunca foi novidade pra gente, gostamos de experimentar e sempre refletimos em nossa música o que estávamos vivendo e ouvindo. Bandas são relacionamentos e relacionamentos quando deixam de funcionar são suscetíveis a términos, é natural”.

O grupo está terminando a turnê do álbum mais recente, Amor-Fati, o 14º da carreira, e planeja o lançamento de um novo single para fevereiro de 2017. O vocalista não adiantou quais as mudanças no som, mas reconheceu o risco de alguns fãs não gostarem: “Sempre existe [o risco], mas é aquilo: o músico deve seguir seu coração, pois só assim seu trabalho será sincero. As pessoas têm o direito de gostar, de não gostar, mas a história segue. Não estamos calculando isso, apenas fazendo o que gostamos de fazer e fizemos a vida inteira: música”. O grupo terminou a turnê com a mesma formação que gravou o álbum e a mudança vem sendo trabalhada paralelamente.

Sobre a turnê comemorativa do ano que vem, o vocalista adianta que “será uma turnê especial, voltada para nossos fãs, mas ainda não sei exatamente como será. Tenho mais de cem músicas gravadas e escolher vinte para compor um set list é uma tarefa complicada. Mas será grandioso”, garante.

Enquanto o “novo” Dance of Days não chega, ouça o mais recente álbum, Amor-Fati: