NOTÍCIAS

Dave Grohl elogia hit de Psy e comenta perda de Kurt Cobain

por em 15/03/2013
Imagem: Divulgação

Dave Grohl foi um dos palestrantes do festival SXSW, em Austin, na última quinta-feira (14) e, por quase uma hora, contou para uma legião de fãs histórias de sua carreira, desde a perda prematura de Kurt Cobain, a escolha do nome Foo Fighters, até o despretensioso “Gangnam Style”, hit do sul-coreano Psy.

“Fiquei perdido, completamente entorpecido”, recordou o músico sobre a morte do líder do Nirvana, em 1994. “Até aquele momento eu tinha dedicado a minha vida à música e ela me traiu. Simplesmente desliguei o rádio e afastei as minhas baquetas.”

O roqueiro cabeludo disse ainda que enfrentou o luto compondo. Na ocasião, as novas músicas eram liberadas sob o pseudônimo Foo Fighters para que não associassem as canções ao ex-baterista do Nirvana.

Porém, o sucesso foi tão grande que, apenas um ano após a morte de Cobain, o músico montou o grupo e teve que assumir o nome provisório. “Foo Fighters é o nome mais estúpido do mundo”, brincou.

Tão difícil quanto batizar uma banda é emplacar um hit globalmente, acontecimento que Grohl e Psy têm em comum. “Posso verdadeiramente dizer que o ‘Gangnam Style’ é uma das minhas músicas favoritas da última década”, elogiou. Grohl ainda acrescentou que, a exemplo do rapper sul-coreano, o próximo disco do Foo Fighters, prometido para breve, “não será convencional”. 

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
2
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Dave Grohl elogia hit de Psy e comenta perda de Kurt Cobain

por em 15/03/2013
Imagem: Divulgação

Dave Grohl foi um dos palestrantes do festival SXSW, em Austin, na última quinta-feira (14) e, por quase uma hora, contou para uma legião de fãs histórias de sua carreira, desde a perda prematura de Kurt Cobain, a escolha do nome Foo Fighters, até o despretensioso “Gangnam Style”, hit do sul-coreano Psy.

“Fiquei perdido, completamente entorpecido”, recordou o músico sobre a morte do líder do Nirvana, em 1994. “Até aquele momento eu tinha dedicado a minha vida à música e ela me traiu. Simplesmente desliguei o rádio e afastei as minhas baquetas.”

O roqueiro cabeludo disse ainda que enfrentou o luto compondo. Na ocasião, as novas músicas eram liberadas sob o pseudônimo Foo Fighters para que não associassem as canções ao ex-baterista do Nirvana.

Porém, o sucesso foi tão grande que, apenas um ano após a morte de Cobain, o músico montou o grupo e teve que assumir o nome provisório. “Foo Fighters é o nome mais estúpido do mundo”, brincou.

Tão difícil quanto batizar uma banda é emplacar um hit globalmente, acontecimento que Grohl e Psy têm em comum. “Posso verdadeiramente dizer que o ‘Gangnam Style’ é uma das minhas músicas favoritas da última década”, elogiou. Grohl ainda acrescentou que, a exemplo do rapper sul-coreano, o próximo disco do Foo Fighters, prometido para breve, “não será convencional”.