NOTÍCIAS

Documentário sobre Whitney Houston estreia no festival Tribeca

Filme não tem previsão de lançamento no Brasil

por Redação em 27/04/2017

O documentário Whitney: Can I Be Me estreou nesta quarta-feira (26/04) no festival de cinema de Tribeca, nos Estados Unidos. Dirigido por Nick Broomfield, o filme traz participações de várias pessoas que trabalharam com a cantora e eram próximos dela para recontar a sua história, como dançarinos, cabeleireiros, estilistas, seguranças e empregados da gravadora Arista.

Um dos pontos polêmicos do documentário é o questionamento sobre a sexualidade da cantora. Especula-se que Whitney fosse bissexual e tivesse um relacionamento com sua melhor amiga e assistente, Robyn Crawford. A especulação, é claro, não foi aprovada por família de Whitney: Bobby Brown, a própria Robyn e a mãe da cantora, Cissy, recusaram participar do filme. Já seus irmãos e a irmã de Bobby, Tina, deram depoimentos.

ARIANA GRANDE HOMENAGEIA WHITNEY HOUSTON

Seu espólio tentou barrar a produção do documentário, de acordo com o diretor Nick Broomfield, mas ele afirma que seu objetivo era celebrar o talento de Whitney e revelar quem ela realmente era como pessoa. “O que tentamos fazer foi explicar a história do ponto de vista dela, então é possível entender o que ela passou em várias fases da vida. A ironia é que a pessoa que ela realmente foi era muito mais interessante do que a imagem que criaram para ela”, conta o diretor em entrevista ao The Guardian.

Whitney foi encontrada inconsciente em uma banheira em 11 de fevereiro de 2012 e foi declarada morta logo depois. A razão da morte foi dada como acidente, mas um exame toxicológico apontou cocaína, maconha e medicações prescritas em seu corpo.

Ainda não há previsão de lançamento do documentário no Brasil.

 

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Documentário sobre Whitney Houston estreia no festival Tribeca

Filme não tem previsão de lançamento no Brasil

por Redação em 27/04/2017

O documentário Whitney: Can I Be Me estreou nesta quarta-feira (26/04) no festival de cinema de Tribeca, nos Estados Unidos. Dirigido por Nick Broomfield, o filme traz participações de várias pessoas que trabalharam com a cantora e eram próximos dela para recontar a sua história, como dançarinos, cabeleireiros, estilistas, seguranças e empregados da gravadora Arista.

Um dos pontos polêmicos do documentário é o questionamento sobre a sexualidade da cantora. Especula-se que Whitney fosse bissexual e tivesse um relacionamento com sua melhor amiga e assistente, Robyn Crawford. A especulação, é claro, não foi aprovada por família de Whitney: Bobby Brown, a própria Robyn e a mãe da cantora, Cissy, recusaram participar do filme. Já seus irmãos e a irmã de Bobby, Tina, deram depoimentos.

ARIANA GRANDE HOMENAGEIA WHITNEY HOUSTON

Seu espólio tentou barrar a produção do documentário, de acordo com o diretor Nick Broomfield, mas ele afirma que seu objetivo era celebrar o talento de Whitney e revelar quem ela realmente era como pessoa. “O que tentamos fazer foi explicar a história do ponto de vista dela, então é possível entender o que ela passou em várias fases da vida. A ironia é que a pessoa que ela realmente foi era muito mais interessante do que a imagem que criaram para ela”, conta o diretor em entrevista ao The Guardian.

Whitney foi encontrada inconsciente em uma banheira em 11 de fevereiro de 2012 e foi declarada morta logo depois. A razão da morte foi dada como acidente, mas um exame toxicológico apontou cocaína, maconha e medicações prescritas em seu corpo.

Ainda não há previsão de lançamento do documentário no Brasil.