NOTÍCIAS

Elza Soares: “Estou no auge”

Cantora lança parceria com Pitty nessa sexta; veja fotos inéditas da gravação do clipe e leia entrevista

por Marcos Lauro em 04/08/2017

Elza Soares já ultrapassou os 60 anos de serviços prestados à música. E não é exagero dizer que ela, sim, está no auge da sua carreira.

Redescoberta por uma nova geração de músicos e fãs, especialmente depois do álbum A Mulher do Fim do Mundo, de 2015, Elza se viu fazendo mais shows pelo Brasil e incluindo datas internacionais na sua agenda – só em 2017, já cantou nos Estados Unidos, Espanha, Portugal, Holanda e Dinamarca, entre outros países. Também em 2017, lançou o primeiro clipe da carreira que passou de um milhão de visualizações, da música “Mulher do Fim do Mundo”. “Me deixem cantar até o fim” é o que Elza repete à exaustão no fim da música. E nessa sexta (04/08), Pitty dá uma força nessa missão de Elza cantar até o fim com “Na Pele”.

“Essa música é da Pitty e estava guardada. Um dia ela foi ouvir a música novamente e tava lá, esperando algo acontecer. Ela me mandou. Ouvi e gostei, é coisa boa. Depois, ela veio em casa, fizemos a proposta e rolou”, conta Elza Soares, numa rápida conversa por telefone entre uma viagem e outra – a cantora, que mora no Rio de Janeiro, havia acabado de chegar de São Paulo e preparava a saída para Nova York no dia seguinte.

Apesar dos estilos das duas soarem bem diferentes, Elza aposta no sucesso da faixa e mostra que admira Pitty já há algum tempo: “Vem sucesso por aí [com “Na Pele"]. Pitty é uma menininha muito esperta, diferente do padrão. Escreve muito, gosto das letras dela e também do seu comportamento”.

Bastidores da gravação do clipe de "Na Pele", single de Pitty com Elza Soares.

Divulgação

Bastidores da gravação do clipe de "Na Pele", single de Pitty com Elza Soares.

Divulgação

Bastidores da gravação do clipe de "Na Pele", single de Pitty com Elza Soares.

Divulgação

Bastidores da gravação do clipe de "Na Pele", single de Pitty com Elza Soares.

Divulgação

Bastidores da gravação do clipe de "Na Pele", single de Pitty com Elza Soares.

Divulgação

Elza já passou por diversas gerações da música brasileira. E essa mais nova, mais libertária e sem papas na língua, a agrada bastante: “É uma rapaziada que está se preocupando muito com o que diz. Tá surgindo gente, tô gostando. E está precisando muito, né? Estamos carentes disso”, afirma.

Perguntada se está no auge da sua carreira, Elza não titubeia: “Auge! Completamente no meu auge. Principalmente porque eu me doo muito, me doo sempre. E sem se doar, não tem trabalho”.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
2
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Elza Soares: “Estou no auge”

Cantora lança parceria com Pitty nessa sexta; veja fotos inéditas da gravação do clipe e leia entrevista

por Marcos Lauro em 04/08/2017

Elza Soares já ultrapassou os 60 anos de serviços prestados à música. E não é exagero dizer que ela, sim, está no auge da sua carreira.

Redescoberta por uma nova geração de músicos e fãs, especialmente depois do álbum A Mulher do Fim do Mundo, de 2015, Elza se viu fazendo mais shows pelo Brasil e incluindo datas internacionais na sua agenda – só em 2017, já cantou nos Estados Unidos, Espanha, Portugal, Holanda e Dinamarca, entre outros países. Também em 2017, lançou o primeiro clipe da carreira que passou de um milhão de visualizações, da música “Mulher do Fim do Mundo”. “Me deixem cantar até o fim” é o que Elza repete à exaustão no fim da música. E nessa sexta (04/08), Pitty dá uma força nessa missão de Elza cantar até o fim com “Na Pele”.

“Essa música é da Pitty e estava guardada. Um dia ela foi ouvir a música novamente e tava lá, esperando algo acontecer. Ela me mandou. Ouvi e gostei, é coisa boa. Depois, ela veio em casa, fizemos a proposta e rolou”, conta Elza Soares, numa rápida conversa por telefone entre uma viagem e outra – a cantora, que mora no Rio de Janeiro, havia acabado de chegar de São Paulo e preparava a saída para Nova York no dia seguinte.

Apesar dos estilos das duas soarem bem diferentes, Elza aposta no sucesso da faixa e mostra que admira Pitty já há algum tempo: “Vem sucesso por aí [com “Na Pele"]. Pitty é uma menininha muito esperta, diferente do padrão. Escreve muito, gosto das letras dela e também do seu comportamento”.

Bastidores da gravação do clipe de "Na Pele", single de Pitty com Elza Soares.

Divulgação

Bastidores da gravação do clipe de "Na Pele", single de Pitty com Elza Soares.

Divulgação

Bastidores da gravação do clipe de "Na Pele", single de Pitty com Elza Soares.

Divulgação

Bastidores da gravação do clipe de "Na Pele", single de Pitty com Elza Soares.

Divulgação

Bastidores da gravação do clipe de "Na Pele", single de Pitty com Elza Soares.

Divulgação

Elza já passou por diversas gerações da música brasileira. E essa mais nova, mais libertária e sem papas na língua, a agrada bastante: “É uma rapaziada que está se preocupando muito com o que diz. Tá surgindo gente, tô gostando. E está precisando muito, né? Estamos carentes disso”, afirma.

Perguntada se está no auge da sua carreira, Elza não titubeia: “Auge! Completamente no meu auge. Principalmente porque eu me doo muito, me doo sempre. E sem se doar, não tem trabalho”.