NOTÍCIAS

Emicida lança música em homenagem a Darcy Ribeiro

por em 13/03/2014
Imagem: Divulgação

Emicida divulgou ontem, em seu canal oficial no YouTube, um clipe da música inédita “Obrigado, Darcy (O Brasil Que Vai Além)”, em parceria com Rael. A faixa é uma homenagem do rapper ao antropólogo, escritor e político Darcy Ribeiro, pensador referência no estudos dos aspectos sociais e antropológicos sobre o povo brasileiro.

A letra da canção remete ao conteúdo das obras de Ribeiro – sempre atento e sensível ao caráter de sincretismo étnico da população do Brasil -, como em um de seus livros mais prestigiados, O Povo Brasileiro (1995), em que o teórico aponta os aspectos da formação histórica e cultural do nosso povo. O antropólogo dizia que este livro contava uma das mais lindas histórias da humanidade: a aventura do Brasil se fazendo a si mesmo, um povo que constitui um novo gênero humano. Emicida chega a cantar em um verso: “O sonho de Darcy Ribeiro dorme em cada brasileiro”.


Confira o clipe de “Obrigado, Darcy (O Brasil Que Vai Além)”, de Emicida e Rael:


  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Saudade
Eduardo Costa
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Emicida lança música em homenagem a Darcy Ribeiro

por em 13/03/2014
Imagem: Divulgação

Emicida divulgou ontem, em seu canal oficial no YouTube, um clipe da música inédita “Obrigado, Darcy (O Brasil Que Vai Além)”, em parceria com Rael. A faixa é uma homenagem do rapper ao antropólogo, escritor e político Darcy Ribeiro, pensador referência no estudos dos aspectos sociais e antropológicos sobre o povo brasileiro.

A letra da canção remete ao conteúdo das obras de Ribeiro – sempre atento e sensível ao caráter de sincretismo étnico da população do Brasil -, como em um de seus livros mais prestigiados, O Povo Brasileiro (1995), em que o teórico aponta os aspectos da formação histórica e cultural do nosso povo. O antropólogo dizia que este livro contava uma das mais lindas histórias da humanidade: a aventura do Brasil se fazendo a si mesmo, um povo que constitui um novo gênero humano. Emicida chega a cantar em um verso: “O sonho de Darcy Ribeiro dorme em cada brasileiro”.


Confira o clipe de “Obrigado, Darcy (O Brasil Que Vai Além)”, de Emicida e Rael: