NOTÍCIAS

Equipe de Mariah Carey acusa empresa responsável por show de Ano Novo de sabotagem

Cantora teve problemas com o áudio durante sua performance em Nova York na virada do ano

por Redação em 02/01/2017

A apresentação atrapalhada de Mariah Carey no show da virada do ano em Nova York, Estados Unidos, continua a se desdobrar.

A cantora subiu ao palco na Times Square para apresentar três músicas: “Auld Lang Syne”, “Emotion” e “We Belong Together”, mas por causa de um problema em seu retorno, o uso do playback ficou evidente e a cantora passou a apresentação caminhando pelo palco e fazendo comentários irônicos sobre o problema técnico.

De acordo com a equipe da cantora, Mariah levou a apresentação a sério, ensaiando por três horas na noite anterior ao evento. No dia do show, ela voltou a ensaiar durante a tarde, sem problemas no áudio. Em comunicado enviado à Billboard, Nicole Perna, da equipe de Mariah, afirma que apesar do comprometimento da cantora, a empresa responsável pelo show “queria que ela falhasse”.

A representante alega que Mariah alertou a produção sobre o problema com seu retorno. “Eles disseram para ela que tudo funcionaria assim que subisse ao palco. Mas não aconteceu e eles foram avisados mais uma vez que o retorno continuava sem funcionar. Em vez de consertar o problema para que ela pudesse se apresentar, eles entraram ao vivo”.

Uma fonte da produção tem uma versão diferente da história. Em conversa com a Billboard, afirma que Mariah teve “bastante tempo para ensaiar, mas achou melhor não”. A fonte continua dizendo que a cantora usou uma dublê de corpo para ensaiar na tarde da véspera do Ano Novo e que, apesar de não ter acontecido um ensaio com áudio, “tudo funcionava” no aspecto técnico.

“A música foi levada pela equipe dela e existiam pelo menos oito monitores de áudio na frente dela. Os dançarinos não tiveram problema em se apresentar no ritmo da música”, concluiu a fonte.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
2
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Equipe de Mariah Carey acusa empresa responsável por show de Ano Novo de sabotagem

Cantora teve problemas com o áudio durante sua performance em Nova York na virada do ano

por Redação em 02/01/2017

A apresentação atrapalhada de Mariah Carey no show da virada do ano em Nova York, Estados Unidos, continua a se desdobrar.

A cantora subiu ao palco na Times Square para apresentar três músicas: “Auld Lang Syne”, “Emotion” e “We Belong Together”, mas por causa de um problema em seu retorno, o uso do playback ficou evidente e a cantora passou a apresentação caminhando pelo palco e fazendo comentários irônicos sobre o problema técnico.

De acordo com a equipe da cantora, Mariah levou a apresentação a sério, ensaiando por três horas na noite anterior ao evento. No dia do show, ela voltou a ensaiar durante a tarde, sem problemas no áudio. Em comunicado enviado à Billboard, Nicole Perna, da equipe de Mariah, afirma que apesar do comprometimento da cantora, a empresa responsável pelo show “queria que ela falhasse”.

A representante alega que Mariah alertou a produção sobre o problema com seu retorno. “Eles disseram para ela que tudo funcionaria assim que subisse ao palco. Mas não aconteceu e eles foram avisados mais uma vez que o retorno continuava sem funcionar. Em vez de consertar o problema para que ela pudesse se apresentar, eles entraram ao vivo”.

Uma fonte da produção tem uma versão diferente da história. Em conversa com a Billboard, afirma que Mariah teve “bastante tempo para ensaiar, mas achou melhor não”. A fonte continua dizendo que a cantora usou uma dublê de corpo para ensaiar na tarde da véspera do Ano Novo e que, apesar de não ter acontecido um ensaio com áudio, “tudo funcionava” no aspecto técnico.

“A música foi levada pela equipe dela e existiam pelo menos oito monitores de áudio na frente dela. Os dançarinos não tiveram problema em se apresentar no ritmo da música”, concluiu a fonte.