NOTÍCIAS

Grammy 2014: As surpresas negativas e positivas da premiação

por em 21/01/2014
Imagem: Divulgação

Provavelmente, ninguém tomou um grande susto quando artistas que tiveram grande destaque no último ano como Taylor Swift, Macklemore & Ryan Lewis e Daft Punk foram anunciados entre os indicados de algumas das principais categorias do Grammy, na última sexta-feira (6).

Porém, como era de se esperar, a 56º edição da premiação ofereceu inclusões surpreendentes, assim com omissões espantosas na lista de concorrentes. Pensando nisso, a Billboard preparou uma lista com as cinco maiores surpresas positivas e negativas do Grammy 2014.

Surpresas positivas:

1- Sara Bareilles indicada na categoria Álbum do Ano, por The Blessed Unrest

Depois de estrear com uma digna segunda posição na parada Billboard 200, The Blessed Unrest confirmou a popularidade em ascensão de Sara Bareilles ao ser indicado para o Grammy. A decisão surpreendeu muitos fãs que esperavam ver The 20/20 Experience, de Justin Timberlake, ou Unorthodox Jukebox, do Bruno Mars entre os indicados a Álbum do Ano. Nesta categoria, Sara terá como concorrentes Macklemore & Ryan Lewis, Taylor Swift, Daft Punk e Kendrick Lamar.

2- As várias indicações de Kendrick Lamar

Kendrick Lamar foi outro artista que conseguiu abocanhar uma vaga na cobiçada competição de Álbum do Ano. O disco de estreia do rapper, good kid, m.A.A.d city, ainda rendeu outras seis indicações, incluindo a disputa com medalhões do rap como Jay-Z e Eminem nas categorias Melhor Álbum de Rap e Melhor Colaboração de Rap.

3- James Blake indicado na categoria Artista Revelação

James Blake já surpreendeu muitas pessoas em 2013 ao desbancar nomes como David Bowie e Arctic Monkeys e levar o prêmio de Melhor Álbum no Mercury Prize, em outubro. A indicação ao título de Artista Revelação vem graças a Overgrown, o segundo disco do artista britânico, que deve render uma boa briga com os também indicados Kendrick Lamar, Ed Sheeran e Macklemore & Ryan Lewis.

4- Artistas Menores reconhecidos em grandes categorias

Além de nomes já esperados do mainstream como Justin Timberlake e Taylor Swift, ainda estão entre os indicados artistas mais conhecidos do público alternativo como o grupo Tame Impala, na categoria Melhor Álbum Alternativo, o Disclosure, que disputa com seus ídolos do Daft Punk o gramofone de Álbum Dance/Eletrônica, e o jovem Mack Wild, que concorre com Rihanna na categoria de Melhor Álbum Urbano/Contemporâneo.

5- Ariel Rechtshaid indicado na categoria Produtor do Ano

Nome muito menos conhecido do que o de seus concorrentes na categoria (Rob Cavallo, Dr. Luke, Jeff Tweedy e Pharrell William), Ariel Rechtshaid entra na disputa de Produtor do Ano após ter tido participação efetiva na reformulação do indie-pop contribuindo com o elogiado Modern Vampires of the City, do Vampire Weekend, Days Are Gone, do trio HAIM, e com o EP True Love, de Solange.

Surpresas negativas:

1- Justin Timberlake fora da disputa pelo Melhor Álbum do Ano

Justin Timberlake ainda terá que vestir um belo terno para comparecer à cerimônia do Grammy, em janeiro, já que ele tem outras sete indicações para o prêmio. Apesar disto, e mesmo sendo um dos favoritos na disputa pelo Melhor Álbum de 2013, o cantor ficou fora da lista de indicados, o que faz de The 20/20 Experience o único álbum da carreira solo do cantor que não terá chances de levar um gramofone.

2- Lorde fora da disputa na categoria Artista Revelação

A estrela neozelandesa tem desfrutado de um dos melhores momentos que um artista pode viver, em parte, graças ao mega-hit “Royals”, que liderou o Hot 100 da Billboard por nove semanas e rendeu cinco indicações para o Grammy. Apesar disso, a cantora foi ignorada na lista das revelações do ano e perdeu a chance de concorrer com James Blake, Macklemore & Ryan Lewis, Ed Sheeran e Kasey Musgraves.

3- Florida Georgia fora da disputa na categoria Artista Revelação

A lista de revelações musicais também deixou a desejar ao ignorar o duo country-pop que emplacou o hit “Cruise” por semanas no top 5 do Hot 100. Ainda mais surpreendente é o fato de que o grupo sequer conseguiu uma vaga para Here's To The Good Times na disputa pelo Melhor Álbum Country.

4- Bruno Mars fora da disputa pelo Melhor Álbum do Ano

Dois anos atrás, Bruno Mars era um dos favoritos ao prêmio de Melhor Álbum do Ano com seu trabalho de estreia Doo Wops and Hooligan. Os tempos mudaram e, apesar de ter emplacado dois grandes hits no topo do Hot 100 ("Locked Out of Heaven" e "When I Was Your Man") e ter contribuído para que o cantor fosse o escolhido para se apresentar no próximo intervalo do Super Bowl, Unorthodox Jukebox não conseguiu uma vaga na disputa de Melhor Álbum do Ano.

5. J. Cole fora da disputa de Melhor Álbum de Rap

Haviam tantos concorrentes fortes do hip-hop este ano - Kendrick Lamar, Macklemore & Ryan Lewis, Drake, Jay Z - que J. Cole, lembrado na categoria de Artista Revelação há dois anos e com um álbum de sucesso lançado em junho passado, teve que ficar de fora da competição. Surpreendentemente, Born Sinner não faz parte da disputa de Melhor Álbum de Rap. 

Confira aqui a lista completa de indicados ao Grammy 2014. 

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
2
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Grammy 2014: As surpresas negativas e positivas da premiação

por em 21/01/2014
Imagem: Divulgação

Provavelmente, ninguém tomou um grande susto quando artistas que tiveram grande destaque no último ano como Taylor Swift, Macklemore & Ryan Lewis e Daft Punk foram anunciados entre os indicados de algumas das principais categorias do Grammy, na última sexta-feira (6).

Porém, como era de se esperar, a 56º edição da premiação ofereceu inclusões surpreendentes, assim com omissões espantosas na lista de concorrentes. Pensando nisso, a Billboard preparou uma lista com as cinco maiores surpresas positivas e negativas do Grammy 2014.

Surpresas positivas:

1- Sara Bareilles indicada na categoria Álbum do Ano, por The Blessed Unrest

Depois de estrear com uma digna segunda posição na parada Billboard 200, The Blessed Unrest confirmou a popularidade em ascensão de Sara Bareilles ao ser indicado para o Grammy. A decisão surpreendeu muitos fãs que esperavam ver The 20/20 Experience, de Justin Timberlake, ou Unorthodox Jukebox, do Bruno Mars entre os indicados a Álbum do Ano. Nesta categoria, Sara terá como concorrentes Macklemore & Ryan Lewis, Taylor Swift, Daft Punk e Kendrick Lamar.

2- As várias indicações de Kendrick Lamar

Kendrick Lamar foi outro artista que conseguiu abocanhar uma vaga na cobiçada competição de Álbum do Ano. O disco de estreia do rapper, good kid, m.A.A.d city, ainda rendeu outras seis indicações, incluindo a disputa com medalhões do rap como Jay-Z e Eminem nas categorias Melhor Álbum de Rap e Melhor Colaboração de Rap.

3- James Blake indicado na categoria Artista Revelação

James Blake já surpreendeu muitas pessoas em 2013 ao desbancar nomes como David Bowie e Arctic Monkeys e levar o prêmio de Melhor Álbum no Mercury Prize, em outubro. A indicação ao título de Artista Revelação vem graças a Overgrown, o segundo disco do artista britânico, que deve render uma boa briga com os também indicados Kendrick Lamar, Ed Sheeran e Macklemore & Ryan Lewis.

4- Artistas Menores reconhecidos em grandes categorias

Além de nomes já esperados do mainstream como Justin Timberlake e Taylor Swift, ainda estão entre os indicados artistas mais conhecidos do público alternativo como o grupo Tame Impala, na categoria Melhor Álbum Alternativo, o Disclosure, que disputa com seus ídolos do Daft Punk o gramofone de Álbum Dance/Eletrônica, e o jovem Mack Wild, que concorre com Rihanna na categoria de Melhor Álbum Urbano/Contemporâneo.

5- Ariel Rechtshaid indicado na categoria Produtor do Ano

Nome muito menos conhecido do que o de seus concorrentes na categoria (Rob Cavallo, Dr. Luke, Jeff Tweedy e Pharrell William), Ariel Rechtshaid entra na disputa de Produtor do Ano após ter tido participação efetiva na reformulação do indie-pop contribuindo com o elogiado Modern Vampires of the City, do Vampire Weekend, Days Are Gone, do trio HAIM, e com o EP True Love, de Solange.

Surpresas negativas:

1- Justin Timberlake fora da disputa pelo Melhor Álbum do Ano

Justin Timberlake ainda terá que vestir um belo terno para comparecer à cerimônia do Grammy, em janeiro, já que ele tem outras sete indicações para o prêmio. Apesar disto, e mesmo sendo um dos favoritos na disputa pelo Melhor Álbum de 2013, o cantor ficou fora da lista de indicados, o que faz de The 20/20 Experience o único álbum da carreira solo do cantor que não terá chances de levar um gramofone.

2- Lorde fora da disputa na categoria Artista Revelação

A estrela neozelandesa tem desfrutado de um dos melhores momentos que um artista pode viver, em parte, graças ao mega-hit “Royals”, que liderou o Hot 100 da Billboard por nove semanas e rendeu cinco indicações para o Grammy. Apesar disso, a cantora foi ignorada na lista das revelações do ano e perdeu a chance de concorrer com James Blake, Macklemore & Ryan Lewis, Ed Sheeran e Kasey Musgraves.

3- Florida Georgia fora da disputa na categoria Artista Revelação

A lista de revelações musicais também deixou a desejar ao ignorar o duo country-pop que emplacou o hit “Cruise” por semanas no top 5 do Hot 100. Ainda mais surpreendente é o fato de que o grupo sequer conseguiu uma vaga para Here's To The Good Times na disputa pelo Melhor Álbum Country.

4- Bruno Mars fora da disputa pelo Melhor Álbum do Ano

Dois anos atrás, Bruno Mars era um dos favoritos ao prêmio de Melhor Álbum do Ano com seu trabalho de estreia Doo Wops and Hooligan. Os tempos mudaram e, apesar de ter emplacado dois grandes hits no topo do Hot 100 ("Locked Out of Heaven" e "When I Was Your Man") e ter contribuído para que o cantor fosse o escolhido para se apresentar no próximo intervalo do Super Bowl, Unorthodox Jukebox não conseguiu uma vaga na disputa de Melhor Álbum do Ano.

5. J. Cole fora da disputa de Melhor Álbum de Rap

Haviam tantos concorrentes fortes do hip-hop este ano - Kendrick Lamar, Macklemore & Ryan Lewis, Drake, Jay Z - que J. Cole, lembrado na categoria de Artista Revelação há dois anos e com um álbum de sucesso lançado em junho passado, teve que ficar de fora da competição. Surpreendentemente, Born Sinner não faz parte da disputa de Melhor Álbum de Rap. 

Confira aqui a lista completa de indicados ao Grammy 2014.