NOTÍCIAS

Grammy 2016 x YouTube: Veja o impacto de uma indicação

por em 12/02/2016
O Grammy pode ser um grande trampolim de artistas para o sucesso, principalmente no que se diz aos nomes de menor expressão e independentes. E como será que isso se reflete em números no YouTube? Veja abaixo como os indicados às categorias de Artista Revelação e Melhor Canção e Gravação do Ano se saíram nos últimos cinco anos no YouTube. Artista Revelação: Aumento percentual de visualizações totais em uma semana antes x uma semana após o Grammy *representa o artista vencedor

gráfico 1

Para Canção do Ano e Gravação do Ano, os resultados são semelhantes. Canção do Ano e Gravação do Ano são atribuídos a uma única faixa, mas por razões diferentes. Canção do Ano é concedido aos compositores, as pessoas que escreveram a letra e a melodia. Já a Gravação do Ano é concedida ao intérprete, produtor, engenheiro de gravação e mixagem. Canção/Gravação do ano: Aumento percentual de visualizações totais em uma semana antes x uma semana após o Grammy Ao longo dos últimos quatro anos, nenhum artista tem sido mais beneficiado da exposição no Grammy do que Bom Iver. Em 2012, a banda foi indicada a Revelação, Canção do Ano e Gravação do Ano. Sua popularidade dobrou no YouTube e “Holocene” aumentou suas execuções em 150%. Outros sucessos da música indie, como “Lonely Boy”, do Black Keys, e “The Cave”, do Mumford & Sons, também foram afetados. gráfico 2 Visualizações diárias dos indicados ao Grammy 2016 para Gravação do Ano Em comparação aos enormes sucessos de “Uptown Funk!”, de Bruno Mars e Mark Ronson, e “Blank Space”, de Taylor Swift, “Really Love”, de D’Angelo, é relativamente desconhecida. Quando foi anunciada a sua indicação, o single triplicou sua popularidade, com média de 12.087 de views diários. Uma semana antes no anúncio, a média era de 3.809 por dia. gráfico 3 Visualizações diárias dos indicados ao Grammy 2016 para Gravação do Ano De todas as faixas indicadas para Canção do Ano, o maior aumento em views pós-Grammy é provável que seja de “Girl Crush”, da Little Big Town, e “Alright”, de Kendrick Lamar. Nos últimos nove meses, o single do grupo country atraiu cerca de 41 milhões de visualizações, enquanto “Alright”, ao longo do semestre passado, recebeu 40,5 milhões. Embora estes números pareçam altíssimos, é importante notar que, nos últimos nove meses "See You Again", de Wiz Khalifa, acumulou astronômicos 1,4 bilhão de views.

gráfico 4

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Grammy 2016 x YouTube: Veja o impacto de uma indicação

por em 12/02/2016
O Grammy pode ser um grande trampolim de artistas para o sucesso, principalmente no que se diz aos nomes de menor expressão e independentes. E como será que isso se reflete em números no YouTube? Veja abaixo como os indicados às categorias de Artista Revelação e Melhor Canção e Gravação do Ano se saíram nos últimos cinco anos no YouTube. Artista Revelação: Aumento percentual de visualizações totais em uma semana antes x uma semana após o Grammy *representa o artista vencedor

gráfico 1

Para Canção do Ano e Gravação do Ano, os resultados são semelhantes. Canção do Ano e Gravação do Ano são atribuídos a uma única faixa, mas por razões diferentes. Canção do Ano é concedido aos compositores, as pessoas que escreveram a letra e a melodia. Já a Gravação do Ano é concedida ao intérprete, produtor, engenheiro de gravação e mixagem. Canção/Gravação do ano: Aumento percentual de visualizações totais em uma semana antes x uma semana após o Grammy Ao longo dos últimos quatro anos, nenhum artista tem sido mais beneficiado da exposição no Grammy do que Bom Iver. Em 2012, a banda foi indicada a Revelação, Canção do Ano e Gravação do Ano. Sua popularidade dobrou no YouTube e “Holocene” aumentou suas execuções em 150%. Outros sucessos da música indie, como “Lonely Boy”, do Black Keys, e “The Cave”, do Mumford & Sons, também foram afetados. gráfico 2 Visualizações diárias dos indicados ao Grammy 2016 para Gravação do Ano Em comparação aos enormes sucessos de “Uptown Funk!”, de Bruno Mars e Mark Ronson, e “Blank Space”, de Taylor Swift, “Really Love”, de D’Angelo, é relativamente desconhecida. Quando foi anunciada a sua indicação, o single triplicou sua popularidade, com média de 12.087 de views diários. Uma semana antes no anúncio, a média era de 3.809 por dia. gráfico 3 Visualizações diárias dos indicados ao Grammy 2016 para Gravação do Ano De todas as faixas indicadas para Canção do Ano, o maior aumento em views pós-Grammy é provável que seja de “Girl Crush”, da Little Big Town, e “Alright”, de Kendrick Lamar. Nos últimos nove meses, o single do grupo country atraiu cerca de 41 milhões de visualizações, enquanto “Alright”, ao longo do semestre passado, recebeu 40,5 milhões. Embora estes números pareçam altíssimos, é importante notar que, nos últimos nove meses "See You Again", de Wiz Khalifa, acumulou astronômicos 1,4 bilhão de views.

gráfico 4