NOTÍCIAS

Há 36 anos, os Rolling Stones chegavam ao topo com o álbum Tattoo You

Disco foi feito com faixas antigas e esquecidas por falta da inspiração de Mick e Keith

por Redação em 19/09/2017

Considerando o sucesso do disco Tattoo You, lançado pelos Rolling Stones em 1981, é difícil acreditar que o projeto é feito de descartes e músicas não finalizadas de álbuns anteriores. “É um disco antigo. São várias faixas velhas que cavei do buraco em circunstâncias bem estranhas”, disse Mick Jagger sobre o projeto em 1985.

Tattoo You chegou ao topo do ranking Billboard 200 em 19 de setembro de 1981 e liderou a lista por nove semanas – o maior tempo que a banda passou em 1º lugar. Era o nono e último disco do grupo a chegar ao topo – até agora. O álbum recebeu quatro certificados de platina pela RIAA, se tornando o segundo disco da banda a receber mais certificados, perdendo apenas para Some Girls, de 1978, que levou seis certificados de platina.

COMO OS ROLLING STONES SE TORNARAM ÍCONES FASHION

"Tattoo You foi lançado porque Mick e Keith estavam passando por um período sem inspiração”, disse o engenheiro e produtor Chris Kimsey a Craig Rosen para o livro The Billboard Book Of Number One Albums, lançado em 1996. O grupo precisava de um disco para a próxima turnê, então Kimsey sugeriu que olhassem os arquivos para encontrar faixas que pudessem ser utilizadas, com Jagger adicionando novos versos e regravando os vocais. Duas músicas são tão velhas que contam com Mick Taylor na guitarra e ele deixou a banda em 1974.

Até o maior sucesso do disco, o hit “Start Me Up”, que chegou ao 2º lugar do Hot 100, é da época da gravação do álbum Some Girls. “Fizemos umas 45 versões de ‘Start Me Up’ e 44 delas eram reggae”, Keith Richards revelou ao jornal Los Angeles Times em 1989. “Anos depois, encontramos essa versão em rock novamente”.

Uma das músicas mais reconhecidas do grupo, ela foi usada como trilha de um comercial do Windows 95 para televisão em 1995, gerando US$ 3 milhões para a banda.

Ouça Tattoo You na íntegra:

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Há 36 anos, os Rolling Stones chegavam ao topo com o álbum Tattoo You

Disco foi feito com faixas antigas e esquecidas por falta da inspiração de Mick e Keith

por Redação em 19/09/2017

Considerando o sucesso do disco Tattoo You, lançado pelos Rolling Stones em 1981, é difícil acreditar que o projeto é feito de descartes e músicas não finalizadas de álbuns anteriores. “É um disco antigo. São várias faixas velhas que cavei do buraco em circunstâncias bem estranhas”, disse Mick Jagger sobre o projeto em 1985.

Tattoo You chegou ao topo do ranking Billboard 200 em 19 de setembro de 1981 e liderou a lista por nove semanas – o maior tempo que a banda passou em 1º lugar. Era o nono e último disco do grupo a chegar ao topo – até agora. O álbum recebeu quatro certificados de platina pela RIAA, se tornando o segundo disco da banda a receber mais certificados, perdendo apenas para Some Girls, de 1978, que levou seis certificados de platina.

COMO OS ROLLING STONES SE TORNARAM ÍCONES FASHION

"Tattoo You foi lançado porque Mick e Keith estavam passando por um período sem inspiração”, disse o engenheiro e produtor Chris Kimsey a Craig Rosen para o livro The Billboard Book Of Number One Albums, lançado em 1996. O grupo precisava de um disco para a próxima turnê, então Kimsey sugeriu que olhassem os arquivos para encontrar faixas que pudessem ser utilizadas, com Jagger adicionando novos versos e regravando os vocais. Duas músicas são tão velhas que contam com Mick Taylor na guitarra e ele deixou a banda em 1974.

Até o maior sucesso do disco, o hit “Start Me Up”, que chegou ao 2º lugar do Hot 100, é da época da gravação do álbum Some Girls. “Fizemos umas 45 versões de ‘Start Me Up’ e 44 delas eram reggae”, Keith Richards revelou ao jornal Los Angeles Times em 1989. “Anos depois, encontramos essa versão em rock novamente”.

Uma das músicas mais reconhecidas do grupo, ela foi usada como trilha de um comercial do Windows 95 para televisão em 1995, gerando US$ 3 milhões para a banda.

Ouça Tattoo You na íntegra: