NOTÍCIAS

Hayley Williams é “uma feminista com orgulho”, apesar de “Misery Business”

por em 02/06/2015

Escrever um hit aos 17 anos de idade deve ser ótimo. Mas há uma pegadinha: ver-se obrigado a cantar a mesma música – na qual você chama uma garota do ensino médio de “vadia” – em turnês até os seus 26 anos.

E é exatamente isso que Hayley Williams vem enfrentando, apesar da sua mentalidade estar muito além dos dois primeiros discos do Paramore. No domingo (31/05), a vocalista da banda falou sobre a letra do hit de estreia do grupo, "Misery Business", de 2007, no seu blog. “Eu li alguns comentários hoje sobre o fato de eu não poder ser feminista ou sobre eu não ser uma ‘boa’ feminista", começou. "Como uma mulher de 26 anos, eu não me identifico com as letras de ‘Misery Business’. Aliás, não me identifico há muito tempo. Essas palavras foram escritas quando eu tinha 17 anos… confesso que de uma perspectiva muito limitada. Não era pra se tornar um grande posicionamento filosófico. Foi literalmente uma página do meu diário sobre um momento específico que vivenciei no ensino médio."

É provavel que Hayley esteja referindo-se ao trecho "once a whore, you're nothing more, I'm sorry that'll never change" (“uma vez uma vadia, você não é nada mais, desculpe-me, mas isso nunca mudará”), do single do álbum Riot!.

"Eu sou uma pessoa de 26 anos de idade. E sim, sou uma feminista com orgulho. Apenas não uma perfeita", concluiu a cantora.

O Paramore cantou "Misery Business" em sua recente turnê pelos Estados Unidos.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
2
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Hayley Williams é “uma feminista com orgulho”, apesar de “Misery Business”

por em 02/06/2015

Escrever um hit aos 17 anos de idade deve ser ótimo. Mas há uma pegadinha: ver-se obrigado a cantar a mesma música – na qual você chama uma garota do ensino médio de “vadia” – em turnês até os seus 26 anos.

E é exatamente isso que Hayley Williams vem enfrentando, apesar da sua mentalidade estar muito além dos dois primeiros discos do Paramore. No domingo (31/05), a vocalista da banda falou sobre a letra do hit de estreia do grupo, "Misery Business", de 2007, no seu blog. “Eu li alguns comentários hoje sobre o fato de eu não poder ser feminista ou sobre eu não ser uma ‘boa’ feminista", começou. "Como uma mulher de 26 anos, eu não me identifico com as letras de ‘Misery Business’. Aliás, não me identifico há muito tempo. Essas palavras foram escritas quando eu tinha 17 anos… confesso que de uma perspectiva muito limitada. Não era pra se tornar um grande posicionamento filosófico. Foi literalmente uma página do meu diário sobre um momento específico que vivenciei no ensino médio."

É provavel que Hayley esteja referindo-se ao trecho "once a whore, you're nothing more, I'm sorry that'll never change" (“uma vez uma vadia, você não é nada mais, desculpe-me, mas isso nunca mudará”), do single do álbum Riot!.

"Eu sou uma pessoa de 26 anos de idade. E sim, sou uma feminista com orgulho. Apenas não uma perfeita", concluiu a cantora.

O Paramore cantou "Misery Business" em sua recente turnê pelos Estados Unidos.