NOTÍCIAS

Ícone do soul, Etta James morre aos 73 anos

por em 20/01/2012
Imagem: Divulgação

Etta James, a cantora que transformou “At Last” em uma bandeira multi-geração e foi influência declarada de Janis Joplin, Melissa Etheridge e Christina Aguilera, se foi não muito tempo depois de sua voz ter se calado.

Etta, que tinha 73 anos, morreu nesta sexta-feira, dia 20, em Riverside, Califórnia, depois de um longo período de problemas de saúde, incluindo falência dos rins, leucemia e demência. A cantora estava hospitalizada desde o meio de dezembro e, no dia 23, seu empresário de longa data Lupe De-Leon anunciou que ela estava respirando com a ajuda de aparelhos.

Fora de atividade desde o começo de 2010, quando foi anunciado que Etta sofria de mal de Alzheimer, a artista anunciou que estava oficialmente se aposentando da música pouco antes do lançamento de seu último álbum, The Dreamer, em outubro. Em nota, declarou: “Quero agradecer a todos os meus fãs que me mostraram amor e apoio ao longo desses anos. Eu amo todos vocês”.

Christina Aguilera citou Etta James como uma influência crucial em seu estilo de cantar, “porque ela era tão emocional e visceral mas, ao mesmo tempo, muito elegante e cheia de classe”. E completou dizendo que Etta James lhe deu grandes conselhos para sua carreira. “Ela disse: ‘Não preste atenção em nenhuma negatividade por aí. Continue fazendo o que você faz e não se importe com o que os outros pensam’”, relembra. “Ela tinha os pés no chão e era tão real. Ela me chamava de alma antiga e disse que minha voz a lembrava de Janis Joplin e Diana Washington.”

Beverly McClellan, protegido de Christina no programa da NBC The Voice, falou a Billboard.com: “Eu me liguei na Etta James em, provavelmente, 2003, e tive a chance de vê-la em um show traquilo com cerca de 250 pessoas. Sua voz era tão inspiradora…”

Etta James, cujo verdadeira nom era Jamesetta Hawkins, nasceu em Los Angeles, filha de pai desconhecido (certa vez ela especulou  que seu pai seria o grande jogador de sinuca Rudolf "Minnesota Fats" Wanderone) e uma mãe ausente que a deixou para ser criada por diversas outras pessoas, algumas vezes em situações domésticas abusivas. Etta começou a cantar quando tinha cinco anos de idade, no coral Echoes of Eden, na Igreja batista St. Paul, em Los Angeles.

Aos 12 anos, mudou-se para São Francisco, tornando-se logo parte de um grupo de doo-wop chamado the Creolettes. O grupo trocou seu nome para Peaches e, sob a proteção de Johnny Otis, atingiu o topo do ranking R&B com seu hit “The Walflower (Dance With Me, Henry)” – uma canção resposta à música “Work With Me, Anie”, de Hank Ballard – em 1955.

Etta James deixou os Peaches pouco depois, entrou para a gravadora Chess Records em 1960 e começou uma sequência de hits que incluíram os dois duetos com Harvey Fuqua, “If I Can’t Have You” e “Spoonful”, e suas próprias músicas, “All I Could Do Is Cry” e “My Dearest Darling”. Ela também cantou com outros artistas da Chess como nos backing vocals de “Back In The Usa”, de Chuck Berry.

“At Last”, sua marca registrada, foi uma ideia do co-fundador da Chess, Leonard Chess, que sentiu que a voz da estrela se encaixaria com uma balada. “Eu não estava certa sobre aquilo no começo – mostrei o que eu sabia”, ela relembrou com uma gargalhada durante o começo dos anos 90. “At Last” – originalmente composta por Mack Gordon e Harry Warren para o musical Orchestra Wives, de 1941 – atingiu o 2º lugar do ranking R&B em 1962 e chegou ao 47º do ranking Pop, tendo versões covers de artistas como ChristinaAguilera, Mariah Carey, Joni Mitchell, Aretha Franklin, Liza Minnelli, Ella Fitzgerald, Nat King Cole e Miles Davis. A música se tornou sua obra mais conhecida, acima de outros hits como “Trust In Me”, “The Fool That I Am”, “Something’s Got A Hold On Me”, “Stop The Wedding” e “Pushover”.

Etta continuou na Chess até 1978 mas começou a lutar contra o vício de heroína durante o meio dos anos 60, largando-o apenas em 1974. Ela ainda foi tratada para sua dependência química no Betty Gord Center, em 1988, e contra dependência de antibióticos em 2010, além de batalhar contra a obesidade durante toda sua vida.

Etta James continuou fazendo música ao longo dos anos, abrindo para os Rolling Stones durante os anos 80 e recebendo boas críticas por seu álbum The Seven Year Itch, de 1989,o primeiro em sete anos. Ela também gravou uma versão para a música “I Just Wanna Make Love To You”, de Muddy Waters, para um comercial da Coca-Cola que a levou ao Top 10 do Reino Unido em 1996.

Bobby Murray, guitarrista de Etta James desde 1988, comenta que, mesmo nos últimos anos, o talento de Etta continuava “excepcional”. “O que ela faz com uma música é... fantástico. E ela viu tanto de tantas eras diferentes. Estava por lá quando o rock’n’roll nasceu e no começo do R&B, certamente a era dourada do soul. Também fez shows com o Grateful Dead. É uma história e tanto”.

Com sua biografia Rage To Survive: The Etta James Story (em tradução literal, Raiva Para Sobreviver, A História de Etta James) publicada em 2003, Etta recebeu um dos primeiros prêmios de Pioneiros da Rhythm and Blues Foundation’s, em 1989, e um prêmio de NAACP Image em 1990. Ela foi introduzida ao Hall da Fama do Rock and Roll em 1993 e ao Hall da Fama do Rockabilly em 2001, ganhando ainda uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood, em 2003, e o prêmio R&B Founders da Billboard, em 2006. Etta James também ganhou três prêmios Grammy - além do Lifetime Achievement, em 2003. Também alcançou nove prêmios de Artista Feminina de Soul/Blues pela Blues Foundation.

Etta voltou às manchetes em 2009, quando seu sucesso “At Last” foi cantado pela cantora Beyoncé – que a interpretou no filme Cadillac Records, que conta a história da gravadora Chess Records – no baile inaugural para o presidente Barack Obama. Oito dias depois, Etta brincou com Beyoncé no palco em Seattle dizendo que a jovem cantora deveria ter “sua bunda chicoteada”. Ao explicar a piada, Etta James disse que ficou realmente ofendida por não ter sido convidada para ela mesma cantar a música. Seu filho Donto posteriormente atribuiu os comentários aos primeiros sintomas do mal de Alzheimer.

Donto e seu irmão, Sametto, tocaram bateria e baixo, respectivamente, na banda de sua mãe. Os dois recentemente chegaram a um acordo sobre a gestão do espólio de Etta com seu padrasto, Artie Mills, que casou com Etta James em 1969 e é o responsável por suas obras.


  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
2
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Ícone do soul, Etta James morre aos 73 anos

por em 20/01/2012
Imagem: Divulgação

Etta James, a cantora que transformou “At Last” em uma bandeira multi-geração e foi influência declarada de Janis Joplin, Melissa Etheridge e Christina Aguilera, se foi não muito tempo depois de sua voz ter se calado.

Etta, que tinha 73 anos, morreu nesta sexta-feira, dia 20, em Riverside, Califórnia, depois de um longo período de problemas de saúde, incluindo falência dos rins, leucemia e demência. A cantora estava hospitalizada desde o meio de dezembro e, no dia 23, seu empresário de longa data Lupe De-Leon anunciou que ela estava respirando com a ajuda de aparelhos.

Fora de atividade desde o começo de 2010, quando foi anunciado que Etta sofria de mal de Alzheimer, a artista anunciou que estava oficialmente se aposentando da música pouco antes do lançamento de seu último álbum, The Dreamer, em outubro. Em nota, declarou: “Quero agradecer a todos os meus fãs que me mostraram amor e apoio ao longo desses anos. Eu amo todos vocês”.

Christina Aguilera citou Etta James como uma influência crucial em seu estilo de cantar, “porque ela era tão emocional e visceral mas, ao mesmo tempo, muito elegante e cheia de classe”. E completou dizendo que Etta James lhe deu grandes conselhos para sua carreira. “Ela disse: ‘Não preste atenção em nenhuma negatividade por aí. Continue fazendo o que você faz e não se importe com o que os outros pensam’”, relembra. “Ela tinha os pés no chão e era tão real. Ela me chamava de alma antiga e disse que minha voz a lembrava de Janis Joplin e Diana Washington.”

Beverly McClellan, protegido de Christina no programa da NBC The Voice, falou a Billboard.com: “Eu me liguei na Etta James em, provavelmente, 2003, e tive a chance de vê-la em um show traquilo com cerca de 250 pessoas. Sua voz era tão inspiradora…”

Etta James, cujo verdadeira nom era Jamesetta Hawkins, nasceu em Los Angeles, filha de pai desconhecido (certa vez ela especulou  que seu pai seria o grande jogador de sinuca Rudolf "Minnesota Fats" Wanderone) e uma mãe ausente que a deixou para ser criada por diversas outras pessoas, algumas vezes em situações domésticas abusivas. Etta começou a cantar quando tinha cinco anos de idade, no coral Echoes of Eden, na Igreja batista St. Paul, em Los Angeles.

Aos 12 anos, mudou-se para São Francisco, tornando-se logo parte de um grupo de doo-wop chamado the Creolettes. O grupo trocou seu nome para Peaches e, sob a proteção de Johnny Otis, atingiu o topo do ranking R&B com seu hit “The Walflower (Dance With Me, Henry)” – uma canção resposta à música “Work With Me, Anie”, de Hank Ballard – em 1955.

Etta James deixou os Peaches pouco depois, entrou para a gravadora Chess Records em 1960 e começou uma sequência de hits que incluíram os dois duetos com Harvey Fuqua, “If I Can’t Have You” e “Spoonful”, e suas próprias músicas, “All I Could Do Is Cry” e “My Dearest Darling”. Ela também cantou com outros artistas da Chess como nos backing vocals de “Back In The Usa”, de Chuck Berry.

“At Last”, sua marca registrada, foi uma ideia do co-fundador da Chess, Leonard Chess, que sentiu que a voz da estrela se encaixaria com uma balada. “Eu não estava certa sobre aquilo no começo – mostrei o que eu sabia”, ela relembrou com uma gargalhada durante o começo dos anos 90. “At Last” – originalmente composta por Mack Gordon e Harry Warren para o musical Orchestra Wives, de 1941 – atingiu o 2º lugar do ranking R&B em 1962 e chegou ao 47º do ranking Pop, tendo versões covers de artistas como ChristinaAguilera, Mariah Carey, Joni Mitchell, Aretha Franklin, Liza Minnelli, Ella Fitzgerald, Nat King Cole e Miles Davis. A música se tornou sua obra mais conhecida, acima de outros hits como “Trust In Me”, “The Fool That I Am”, “Something’s Got A Hold On Me”, “Stop The Wedding” e “Pushover”.

Etta continuou na Chess até 1978 mas começou a lutar contra o vício de heroína durante o meio dos anos 60, largando-o apenas em 1974. Ela ainda foi tratada para sua dependência química no Betty Gord Center, em 1988, e contra dependência de antibióticos em 2010, além de batalhar contra a obesidade durante toda sua vida.

Etta James continuou fazendo música ao longo dos anos, abrindo para os Rolling Stones durante os anos 80 e recebendo boas críticas por seu álbum The Seven Year Itch, de 1989,o primeiro em sete anos. Ela também gravou uma versão para a música “I Just Wanna Make Love To You”, de Muddy Waters, para um comercial da Coca-Cola que a levou ao Top 10 do Reino Unido em 1996.

Bobby Murray, guitarrista de Etta James desde 1988, comenta que, mesmo nos últimos anos, o talento de Etta continuava “excepcional”. “O que ela faz com uma música é... fantástico. E ela viu tanto de tantas eras diferentes. Estava por lá quando o rock’n’roll nasceu e no começo do R&B, certamente a era dourada do soul. Também fez shows com o Grateful Dead. É uma história e tanto”.

Com sua biografia Rage To Survive: The Etta James Story (em tradução literal, Raiva Para Sobreviver, A História de Etta James) publicada em 2003, Etta recebeu um dos primeiros prêmios de Pioneiros da Rhythm and Blues Foundation’s, em 1989, e um prêmio de NAACP Image em 1990. Ela foi introduzida ao Hall da Fama do Rock and Roll em 1993 e ao Hall da Fama do Rockabilly em 2001, ganhando ainda uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood, em 2003, e o prêmio R&B Founders da Billboard, em 2006. Etta James também ganhou três prêmios Grammy - além do Lifetime Achievement, em 2003. Também alcançou nove prêmios de Artista Feminina de Soul/Blues pela Blues Foundation.

Etta voltou às manchetes em 2009, quando seu sucesso “At Last” foi cantado pela cantora Beyoncé – que a interpretou no filme Cadillac Records, que conta a história da gravadora Chess Records – no baile inaugural para o presidente Barack Obama. Oito dias depois, Etta brincou com Beyoncé no palco em Seattle dizendo que a jovem cantora deveria ter “sua bunda chicoteada”. Ao explicar a piada, Etta James disse que ficou realmente ofendida por não ter sido convidada para ela mesma cantar a música. Seu filho Donto posteriormente atribuiu os comentários aos primeiros sintomas do mal de Alzheimer.

Donto e seu irmão, Sametto, tocaram bateria e baixo, respectivamente, na banda de sua mãe. Os dois recentemente chegaram a um acordo sobre a gestão do espólio de Etta com seu padrasto, Artie Mills, que casou com Etta James em 1969 e é o responsável por suas obras.