NOTÍCIAS

In-Edit Brasil traz homenagem ao punk e estreia do Sepultura

A Billboard Brasil separou algumas pérolas da programação da mostra, que começa nessa quarta-feira, 14

por Marcos Lauro em 13/06/2017

O festival In-Edit Brasil começa sua 9ª edição em São Paulo nessa quarta-feira (14/06). Entre os temas dos documentários musicais que serão exibidos, estão os 40 anos do punk e os 50 anos da Tropicália. Além disso, a mostra recebe a estreia nacional do longa Sepultura - Endurance, primeiro documentário sobre a banda Sepultura.

A Billboard Brasil separou 12 destaques da programação para você sair do cinema com um pouco mais de conhecimento musical. Para ver a programação completa, acesse o site do festival.

Sepultura - Endurance

Direção: Otavio Juliano

Primeiro documentário sobre um dos nomes mais internacionais da música brasileira, o filme foca nas turnês e viagens intermináveis que a banda realiza ainda hoje, após mais de 30 anos de estrada. Os irmãos Cavalera, Max e Iggor, aparecem apenas em imagens de arquivo.

Quando: 19/6, 21h30 – Cinesesc

Reprodução

Perdido em Júpiter

Direção: Deo

Filme sobre Júpiter Maçã, um dos grandes personagens do underground brasileiro que morreu no final de 2015. O destaque desse filme é o processo de produção: todas as imagens foram tiradas da internet e o diretor mostra como foi montando e editando o documentário.

Quando: 17/6, 17h – Cinesesc (com a presença do diretor); 21/6, 20h – CCSP; 14/6, 17h – SPCine Olido

Reprodução

Whitney. “Can I Be Me?”

Direção: Nick Broomfield, Rudi Dolezal

Documentário que mostra os bastidores da vida de Whitney Houston. Totalmente refém do seu sucesso, o nome (“Posso ser eu mesma?”, eu tradução livre) remete à falta de liberdade para ir além do seu repertório consagrado. Controverso, por mostrar inúmeros conflitos de personalidade da cantora, o documentário não contou com o apoio da família de Whitney.

Quando: 21/6, 21h30 – Cinesesc; 24/6, 20h – Cinemateca; 25/6, 16h – SPCine Olido

Reprodução

Serguei, o Último Psicodélico

Direção: Ching Lee, Zahy Tata Pur’gte

Com mais de 50 anos de carreira, o folclórico cantor Serguei é tema de um documentário com depoimentos de outras estrelas como Angela Ro Ro, Alcione, Frejat, Evandro Mesquita.

Quando: 18/6, 19h15 – Cinesesc (com a presença dos diretores); 21/6, 17h30 – CCSP (com a presença dos diretores); 24/6, 15h – SPCine Olido (com a presença dos diretores).

Reprodução

Divinas Divas

Direção: Leandra Leal

Retrata a primeira geração de artistas travestis do Brasil, que se apresentavam no Teatro Rival, no Rio de Janeiro. Entre elas, Rogéria, Jane Di Castro, Divina Valéria, Camille K, Eloína dos Leopardos, Fujika de Halliday, Marquesa e Brigitte de Búzios.

Quando: 15/6, 17h – Cinesesc

Reprodução

A Plebe É Rude

Direção: Diego da Costa e Hiro Ishikawa

Filme sobre a banda brasiliense Plebe Rude, que com seu discurso libertário e som punk balançou a cena rock and roll do Brasil nos anos 1980.

Quando: 15/6, 15h30 – Cinemateca (com a presença dos diretores); 22/6, 17h30 – SPCine Cidade Tiradentes (com a presença dos diretores); 24/6, 20h – CCSP  (com a presença dos diretores); 24/6, 17h30 – SPCine Cidade Tiradentes; 25/6, 16h30 – SPCine Cidade Tiradentes.

Divulgação

Loki – Arnaldo Baptista

Direção: Paulo Henrique Fontenelle

Retrato bastante sensível sobre um dos integrantes d’Os Mutantes, Arnaldo Baptista. Faz parte da mostra que comemora os 50 anos da Tropicália.

Quando: 15/6, 18h – MIS (pós a sessão, o jornalista Marcus Preto conversa com Tim Bernardes, Guilherme D’Almeida e Biel Basile, do grupo O Terno, sobre o legado musical da Tropicália); 24/6, 17h15 – Cinemateca.

Divulgação

Breaking a Monster

Direção: Luke Meyer

Filme sobre a banda Unlocking The Truth, que tem uma história pra lá de singular: três garotos de 10 anos de Nova York que formaram uma banda de speed metal (!!!) e são empresariados por um ex-funcionário da Disney e que trabalhou com Jonas Brothers.

Quando: 17/6, 15h – SPCine Olido; 18/6, 15h – Cinesesc; 23/6, 15h30 – Matilha Cultura.

Divulgação

Chasing The Trane: The John Coltrane Documentary

Direção: John Scheinfield

Estreia do documentário sobre o lendário jazzista John Coltrane. A lista de entrevistados também é estrelada: Denzell Washington, Bill Clinton, Common, Carlos Santana, Wynton Marsallis e Sonny Rollins, entre outros.

Quando: 14/6, 20h30 – Cinesesc; 20/6, 19h15 – Cinesesc; 24/6, 18h – Cinemateca.

Reprodução

I Called Him Morgan

Direção: Kasper Collin

Documentário que reconstitui o assassinato do trompetista Lee Morgan, aos 33 anos, em 1972. A ex-esposa do músico confessa o crime no filme.

Quando: 15/6, 18h – Cinemateca; 20/6, 21h30 – Cinesesc.

Divulgação

Botinada! A Origem do Punk no Brasil

Direção: Gastão Moreira

Filme-aula sobre a história do punk no Brasil, com depoimentos valiosos de músicos que participaram da cena em São Paulo, Brasília e Porto Alegre.

Quando: 24/6, 19h – SPCine Olido; 25/6, 15h30 – CCSP.

Reprodução

Two Sevens Clash (Dread Meets Punk Rockers)

Direção: Don Letts

Estreia do documentário sobre Don Letts, que conta sua própria história. DJ do Roxy Club, em Londres, nos anos 1970, ele foi um dos responsáveis pela até então estranha mistura entre o punk e o reggae. The Clash e John Lydon aparecem no filme, entre outros da cena.

Quando: 15/6, 19h15 – Cinesesc (com a presença do diretor); 17/6, 18h – Cinemateca (com a presença do diretor e discotecagem após a sessão); 22/6, 15h – SPCine Olido.

Reprodução

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Saudade
Eduardo Costa
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

In-Edit Brasil traz homenagem ao punk e estreia do Sepultura

A Billboard Brasil separou algumas pérolas da programação da mostra, que começa nessa quarta-feira, 14

por Marcos Lauro em 13/06/2017

O festival In-Edit Brasil começa sua 9ª edição em São Paulo nessa quarta-feira (14/06). Entre os temas dos documentários musicais que serão exibidos, estão os 40 anos do punk e os 50 anos da Tropicália. Além disso, a mostra recebe a estreia nacional do longa Sepultura - Endurance, primeiro documentário sobre a banda Sepultura.

A Billboard Brasil separou 12 destaques da programação para você sair do cinema com um pouco mais de conhecimento musical. Para ver a programação completa, acesse o site do festival.

Sepultura - Endurance

Direção: Otavio Juliano

Primeiro documentário sobre um dos nomes mais internacionais da música brasileira, o filme foca nas turnês e viagens intermináveis que a banda realiza ainda hoje, após mais de 30 anos de estrada. Os irmãos Cavalera, Max e Iggor, aparecem apenas em imagens de arquivo.

Quando: 19/6, 21h30 – Cinesesc

Reprodução

Perdido em Júpiter

Direção: Deo

Filme sobre Júpiter Maçã, um dos grandes personagens do underground brasileiro que morreu no final de 2015. O destaque desse filme é o processo de produção: todas as imagens foram tiradas da internet e o diretor mostra como foi montando e editando o documentário.

Quando: 17/6, 17h – Cinesesc (com a presença do diretor); 21/6, 20h – CCSP; 14/6, 17h – SPCine Olido

Reprodução

Whitney. “Can I Be Me?”

Direção: Nick Broomfield, Rudi Dolezal

Documentário que mostra os bastidores da vida de Whitney Houston. Totalmente refém do seu sucesso, o nome (“Posso ser eu mesma?”, eu tradução livre) remete à falta de liberdade para ir além do seu repertório consagrado. Controverso, por mostrar inúmeros conflitos de personalidade da cantora, o documentário não contou com o apoio da família de Whitney.

Quando: 21/6, 21h30 – Cinesesc; 24/6, 20h – Cinemateca; 25/6, 16h – SPCine Olido

Reprodução

Serguei, o Último Psicodélico

Direção: Ching Lee, Zahy Tata Pur’gte

Com mais de 50 anos de carreira, o folclórico cantor Serguei é tema de um documentário com depoimentos de outras estrelas como Angela Ro Ro, Alcione, Frejat, Evandro Mesquita.

Quando: 18/6, 19h15 – Cinesesc (com a presença dos diretores); 21/6, 17h30 – CCSP (com a presença dos diretores); 24/6, 15h – SPCine Olido (com a presença dos diretores).

Reprodução

Divinas Divas

Direção: Leandra Leal

Retrata a primeira geração de artistas travestis do Brasil, que se apresentavam no Teatro Rival, no Rio de Janeiro. Entre elas, Rogéria, Jane Di Castro, Divina Valéria, Camille K, Eloína dos Leopardos, Fujika de Halliday, Marquesa e Brigitte de Búzios.

Quando: 15/6, 17h – Cinesesc

Reprodução

A Plebe É Rude

Direção: Diego da Costa e Hiro Ishikawa

Filme sobre a banda brasiliense Plebe Rude, que com seu discurso libertário e som punk balançou a cena rock and roll do Brasil nos anos 1980.

Quando: 15/6, 15h30 – Cinemateca (com a presença dos diretores); 22/6, 17h30 – SPCine Cidade Tiradentes (com a presença dos diretores); 24/6, 20h – CCSP  (com a presença dos diretores); 24/6, 17h30 – SPCine Cidade Tiradentes; 25/6, 16h30 – SPCine Cidade Tiradentes.

Divulgação

Loki – Arnaldo Baptista

Direção: Paulo Henrique Fontenelle

Retrato bastante sensível sobre um dos integrantes d’Os Mutantes, Arnaldo Baptista. Faz parte da mostra que comemora os 50 anos da Tropicália.

Quando: 15/6, 18h – MIS (pós a sessão, o jornalista Marcus Preto conversa com Tim Bernardes, Guilherme D’Almeida e Biel Basile, do grupo O Terno, sobre o legado musical da Tropicália); 24/6, 17h15 – Cinemateca.

Divulgação

Breaking a Monster

Direção: Luke Meyer

Filme sobre a banda Unlocking The Truth, que tem uma história pra lá de singular: três garotos de 10 anos de Nova York que formaram uma banda de speed metal (!!!) e são empresariados por um ex-funcionário da Disney e que trabalhou com Jonas Brothers.

Quando: 17/6, 15h – SPCine Olido; 18/6, 15h – Cinesesc; 23/6, 15h30 – Matilha Cultura.

Divulgação

Chasing The Trane: The John Coltrane Documentary

Direção: John Scheinfield

Estreia do documentário sobre o lendário jazzista John Coltrane. A lista de entrevistados também é estrelada: Denzell Washington, Bill Clinton, Common, Carlos Santana, Wynton Marsallis e Sonny Rollins, entre outros.

Quando: 14/6, 20h30 – Cinesesc; 20/6, 19h15 – Cinesesc; 24/6, 18h – Cinemateca.

Reprodução

I Called Him Morgan

Direção: Kasper Collin

Documentário que reconstitui o assassinato do trompetista Lee Morgan, aos 33 anos, em 1972. A ex-esposa do músico confessa o crime no filme.

Quando: 15/6, 18h – Cinemateca; 20/6, 21h30 – Cinesesc.

Divulgação

Botinada! A Origem do Punk no Brasil

Direção: Gastão Moreira

Filme-aula sobre a história do punk no Brasil, com depoimentos valiosos de músicos que participaram da cena em São Paulo, Brasília e Porto Alegre.

Quando: 24/6, 19h – SPCine Olido; 25/6, 15h30 – CCSP.

Reprodução

Two Sevens Clash (Dread Meets Punk Rockers)

Direção: Don Letts

Estreia do documentário sobre Don Letts, que conta sua própria história. DJ do Roxy Club, em Londres, nos anos 1970, ele foi um dos responsáveis pela até então estranha mistura entre o punk e o reggae. The Clash e John Lydon aparecem no filme, entre outros da cena.

Quando: 15/6, 19h15 – Cinesesc (com a presença do diretor); 17/6, 18h – Cinemateca (com a presença do diretor e discotecagem após a sessão); 22/6, 15h – SPCine Olido.

Reprodução