NOTÍCIAS

Injusto? Conheça dez possíveis equívocos do Grammy na categoria Álbum Alternativo

por em 05/12/2014
A hi
stória do Grammy, que terá seus indicados anunciados hoje à noite, é cheia de decisões contestáveis. Na categoria Melhor Álbum Alternativo, algumas escolhas geraram polêmica, seja em sua época ou tempos depois – como é o caso de Out Of Time, do R.E.M,  ganhar de Nevermind, do Nirvana . A Billboard americana selecionou as dez possíveis injustiças da premiação nesta categoria criada em 1991. Veja se você concorda. 1992 Quem ganhou: Out Of Time, do R.E.M Quem poderia ter ganhado: Nevermind, do Nirvana Quem poderia ter sido indicado: Blood Sugar Sex Magik, do Red Hot Chili Peppers Ainda que o R.E.M tenha emplacado seu maior hit nesse álbum, “Losing My Religion”, o disco disputava com um concorrente histórico: Nevermind, do Nirvana. O icônico disco de Kurt Cobain e companhia é um dos melhores de todos os tempos. Já o R.E.M. tem álbuns melhores em sua discografia. 1994 Quem ganhou: Zooropa, do U2 Quem poderia ter ganhado: Automatic For The People, do R.E.M. Quem poderia ter sido indicado: Modern Life Is Rubbish, do Blur A categoria contava com indicados como In Utero, do Nirvana, e Siamese Dream, do Smashing Pumpkins, mas aquele ano quem merecia a estatueta era o R.E.M.Automatic For The People talvez merecesse mais até do que Out Of Time. Além disso, um dos álbuns mais bacanas do Blur, Modern Life Is Rubbish, foi esquecido. 1996 Quem ganhou: MTV Unplugged In New York Quem poderia ter ganhado: Post, de Björk Quem poderia ter sido indicado: The Bends, do Radiohead Dar o prêmio póstumo ao Nirvana foi uma bela sacada do Grammy, mas artisticamente o disco de Björk talvez seja superior. Triste fato: a cantora foi indicada a essa categoria seis vezes e nunca ganhou! E que vacilo deixar o ótimo The Bends  de fora... 2000 Quem ganhou: Mutations, de Beck Quem poderia ter ganhado: Play, do Moby Quem poderia ter sido indicado: The Soft Bulletin, do Flaming Lips Este foi um ano estranho. Em termos de impacto cultural, o álbum de Moby é muito superior ao... quinto melhor álbum de Beck. Mas se o disco do Flaming Lips fosse indicado, poderia tranquilamente ganhar de qualquer um. 2002 Quem ganhou: Parachutes, do Coldplay Quem poderia ter ganhado: Amnesiac, do Radiohead Quem poderia ter sido indicado: Is This It, do Strokes O Coldplay ganhou esse prêmio em dois anos seguidos. Em 2003, A Rush Of Blood To The Head realmente merecia o prêmio. Já em 2002, a estatueta poderia ter ido para o Radiohead. E que injustiça com o Strokes, hein? 2005 Quem ganhou: A Ghost Is Born, do Wilco Quem poderia ter ganhado: Franz Ferdinand, do Franz Ferdinand Quem poderia ter sido indicado: Sung Tongs, do Animal Collective O Wilco deveria ter sido indicado dois anos antes, pelo monumental Yankee Hotel Foxtrot, e mesmo que A Ghost Is Born seja um bom disco, 2005 foi o ano do Franz Ferdinand. 2006 Quem ganhou: Get Behind Me Satan, do White Stripes Quem poderia ter ganhado: Funeral, do Arcade Fire Quem poderia ter sido indicado: Illinois, do Sufjan Stevens O disco de Jack e Meg White é um grande trabalho, mas a estreia do Arcade Fire inicia uma carreira brilhante. Diversos artistas mereciam mais atenção do Grammy naquele ano: Bloc Party, Spoon, M.I.A e, claro, Sufjan Stevens e o ótimo Illinois. 2008 Quem ganhou: Icky Thump, do White Stripes Quem poderia ter ganhado: Alright, Still, de Lily Allen Quem poderia ter sido indicado: Ga Ga Ga Ga Ga, do Spoon O White Stripes levou mais uma vez. É difícil justificar o prêmio para Icky Trump  quando Lily Allen fazia sua estreia com letras inteligentes embaladas por um pop com pitadas alternativas. Arcade Fire, Björk e The Shins lançaram belos discos em 2007, mas o belíssimo álbum do Spoon merecia um lugarzinho entre os indicados. 2011 Quem ganhou: Brothers, do Black Keys Quem poderia ter ganhado: The Suburbs, do Arcade Fire Quem poderia ter sido indicado: Teen Dream, do Beach House Essa não é tão injusta: tanto o álbum do Black Keys quanto o do Arcade Fire são ótimos, mas há uma contradição. Ainda que não tenha levado na categoria, The Suburbs levou o prêmio de Álbum do Ano. Estranho... 2013 Quem ganhou: Making Mirrors, do Gotye Quem poderia ter ganhado: The Idler Wheel..., de Fiona Apple Quem poderia ter sido indicado: Visions, da Grimes O Gotye levou o prêmio de Gravação do Ano por “Somebody That I Used To Know”, mas dizer que Making Mirrors é superior ao denso e poderosodisco de Fiona Apple é simplesmente errado. Muito errado. Ainda houve a ausência controversa de Visions, da Grimes, um álbum que sobreviverá ao tempo.
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Saudade
Eduardo Costa
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Injusto? Conheça dez possíveis equívocos do Grammy na categoria Álbum Alternativo

por em 05/12/2014
A hi
stória do Grammy, que terá seus indicados anunciados hoje à noite, é cheia de decisões contestáveis. Na categoria Melhor Álbum Alternativo, algumas escolhas geraram polêmica, seja em sua época ou tempos depois – como é o caso de Out Of Time, do R.E.M,  ganhar de Nevermind, do Nirvana . A Billboard americana selecionou as dez possíveis injustiças da premiação nesta categoria criada em 1991. Veja se você concorda. 1992 Quem ganhou: Out Of Time, do R.E.M Quem poderia ter ganhado: Nevermind, do Nirvana Quem poderia ter sido indicado: Blood Sugar Sex Magik, do Red Hot Chili Peppers Ainda que o R.E.M tenha emplacado seu maior hit nesse álbum, “Losing My Religion”, o disco disputava com um concorrente histórico: Nevermind, do Nirvana. O icônico disco de Kurt Cobain e companhia é um dos melhores de todos os tempos. Já o R.E.M. tem álbuns melhores em sua discografia. 1994 Quem ganhou: Zooropa, do U2 Quem poderia ter ganhado: Automatic For The People, do R.E.M. Quem poderia ter sido indicado: Modern Life Is Rubbish, do Blur A categoria contava com indicados como In Utero, do Nirvana, e Siamese Dream, do Smashing Pumpkins, mas aquele ano quem merecia a estatueta era o R.E.M.Automatic For The People talvez merecesse mais até do que Out Of Time. Além disso, um dos álbuns mais bacanas do Blur, Modern Life Is Rubbish, foi esquecido. 1996 Quem ganhou: MTV Unplugged In New York Quem poderia ter ganhado: Post, de Björk Quem poderia ter sido indicado: The Bends, do Radiohead Dar o prêmio póstumo ao Nirvana foi uma bela sacada do Grammy, mas artisticamente o disco de Björk talvez seja superior. Triste fato: a cantora foi indicada a essa categoria seis vezes e nunca ganhou! E que vacilo deixar o ótimo The Bends  de fora... 2000 Quem ganhou: Mutations, de Beck Quem poderia ter ganhado: Play, do Moby Quem poderia ter sido indicado: The Soft Bulletin, do Flaming Lips Este foi um ano estranho. Em termos de impacto cultural, o álbum de Moby é muito superior ao... quinto melhor álbum de Beck. Mas se o disco do Flaming Lips fosse indicado, poderia tranquilamente ganhar de qualquer um. 2002 Quem ganhou: Parachutes, do Coldplay Quem poderia ter ganhado: Amnesiac, do Radiohead Quem poderia ter sido indicado: Is This It, do Strokes O Coldplay ganhou esse prêmio em dois anos seguidos. Em 2003, A Rush Of Blood To The Head realmente merecia o prêmio. Já em 2002, a estatueta poderia ter ido para o Radiohead. E que injustiça com o Strokes, hein? 2005 Quem ganhou: A Ghost Is Born, do Wilco Quem poderia ter ganhado: Franz Ferdinand, do Franz Ferdinand Quem poderia ter sido indicado: Sung Tongs, do Animal Collective O Wilco deveria ter sido indicado dois anos antes, pelo monumental Yankee Hotel Foxtrot, e mesmo que A Ghost Is Born seja um bom disco, 2005 foi o ano do Franz Ferdinand. 2006 Quem ganhou: Get Behind Me Satan, do White Stripes Quem poderia ter ganhado: Funeral, do Arcade Fire Quem poderia ter sido indicado: Illinois, do Sufjan Stevens O disco de Jack e Meg White é um grande trabalho, mas a estreia do Arcade Fire inicia uma carreira brilhante. Diversos artistas mereciam mais atenção do Grammy naquele ano: Bloc Party, Spoon, M.I.A e, claro, Sufjan Stevens e o ótimo Illinois. 2008 Quem ganhou: Icky Thump, do White Stripes Quem poderia ter ganhado: Alright, Still, de Lily Allen Quem poderia ter sido indicado: Ga Ga Ga Ga Ga, do Spoon O White Stripes levou mais uma vez. É difícil justificar o prêmio para Icky Trump  quando Lily Allen fazia sua estreia com letras inteligentes embaladas por um pop com pitadas alternativas. Arcade Fire, Björk e The Shins lançaram belos discos em 2007, mas o belíssimo álbum do Spoon merecia um lugarzinho entre os indicados. 2011 Quem ganhou: Brothers, do Black Keys Quem poderia ter ganhado: The Suburbs, do Arcade Fire Quem poderia ter sido indicado: Teen Dream, do Beach House Essa não é tão injusta: tanto o álbum do Black Keys quanto o do Arcade Fire são ótimos, mas há uma contradição. Ainda que não tenha levado na categoria, The Suburbs levou o prêmio de Álbum do Ano. Estranho... 2013 Quem ganhou: Making Mirrors, do Gotye Quem poderia ter ganhado: The Idler Wheel..., de Fiona Apple Quem poderia ter sido indicado: Visions, da Grimes O Gotye levou o prêmio de Gravação do Ano por “Somebody That I Used To Know”, mas dizer que Making Mirrors é superior ao denso e poderosodisco de Fiona Apple é simplesmente errado. Muito errado. Ainda houve a ausência controversa de Visions, da Grimes, um álbum que sobreviverá ao tempo.