NOTÍCIAS

Jackie Evancho, que cantou na posse de Trump, se posiciona contra o presidente

Jovem cantora saiu em defesa da irmã transgênero

por Redação em 23/02/2017

jackieevancho

Reprodução

A cantora Jackie Evancho e sua irmã transgênero Juliet participaram no programa de televisão Good Morning America na manhã desta quinta-feira (23/02) em uma tentativa de fazer o presidente Donald Trump voltar atrás após sua decisão sobre a regra, criada durante a administração de Obama, que protege os direitos a banheiros para transgêneros.

"Eu só quero falar sobre o que minha irmã tem que passar todos os dias na escola”, disse Jackie. “E outros como ela, discriminados, é terrível”.

As ações de Trump terminaram com a proteção federal sobre estudantes transgêneros, que exigia que escolas permitissem o uso de banheiros e vestiários correspondentes ao gênero com o qual o aluno se identificasse. Jackie, que cantou na cerimônia de posse de Trump no mês passado, foi uma das primeiras artistas a se manifestar contra a nova regra. Sua irmã, Juliet, de 18 anos, é transgênero e está envolvida em um processo, junto com seus pais, contra seu distrito escolar na Pensilvânia pelo direito de usar o banheiro feminino.

CONHEÇA A CANTORA QUE VAI SE APRESENTAR NA POSSE DE TRUMP

Uma das únicas artistas pop minimamente conhecidas a topar se apresentar na cerimônia de posse de Trump, a jovem cantora de 16 anos Jackie Evancho, resolveu se posicionar contra o presidente após a recente mudança em banheiros para transgêneros. Ela pediu para conversar com Trump, mas ainda não recebeu uma resposta. Ela insiste que a nova medida não a impediria de se apresentar novamente em um evento presidencial.

“O motivo pelo qual cantei na cerimônia não foi político”, disse Jackie em entrevista ao Good Morning America. “Foi uma honra e um privilégio me apresentar pelo meu país e nada vai mudar, acredito”.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
5
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Jackie Evancho, que cantou na posse de Trump, se posiciona contra o presidente

Jovem cantora saiu em defesa da irmã transgênero

por Redação em 23/02/2017

jackieevancho

Reprodução

A cantora Jackie Evancho e sua irmã transgênero Juliet participaram no programa de televisão Good Morning America na manhã desta quinta-feira (23/02) em uma tentativa de fazer o presidente Donald Trump voltar atrás após sua decisão sobre a regra, criada durante a administração de Obama, que protege os direitos a banheiros para transgêneros.

"Eu só quero falar sobre o que minha irmã tem que passar todos os dias na escola”, disse Jackie. “E outros como ela, discriminados, é terrível”.

As ações de Trump terminaram com a proteção federal sobre estudantes transgêneros, que exigia que escolas permitissem o uso de banheiros e vestiários correspondentes ao gênero com o qual o aluno se identificasse. Jackie, que cantou na cerimônia de posse de Trump no mês passado, foi uma das primeiras artistas a se manifestar contra a nova regra. Sua irmã, Juliet, de 18 anos, é transgênero e está envolvida em um processo, junto com seus pais, contra seu distrito escolar na Pensilvânia pelo direito de usar o banheiro feminino.

CONHEÇA A CANTORA QUE VAI SE APRESENTAR NA POSSE DE TRUMP

Uma das únicas artistas pop minimamente conhecidas a topar se apresentar na cerimônia de posse de Trump, a jovem cantora de 16 anos Jackie Evancho, resolveu se posicionar contra o presidente após a recente mudança em banheiros para transgêneros. Ela pediu para conversar com Trump, mas ainda não recebeu uma resposta. Ela insiste que a nova medida não a impediria de se apresentar novamente em um evento presidencial.

“O motivo pelo qual cantei na cerimônia não foi político”, disse Jackie em entrevista ao Good Morning America. “Foi uma honra e um privilégio me apresentar pelo meu país e nada vai mudar, acredito”.