NOTÍCIAS

Kendrick Lamar tem o álbum mais ouvido do ano até agora, segundo a Nielsen Music

Relatório, referente ao terceiro trimestre de 2017, aponta as movimentações do mercado da música nos Estados Unidos

por Redação em 03/10/2017

A Nielsen Music, empresa responsável por auditar todos os rankings da Billboard, divulgou o relatório referente ao terceiro trimestre de 2017 do mercado norte-americano.

O crescimento do streaming continua visível. O número de plays, tanto em áudio quanto em vídeo nos Estados Unidos, atingiu 442,44 bilhões nos primeiros nove meses de 2017, 40,5% acima dos 315 bilhões acumulados nos primeiros nove meses de 2016, de acordo com a Nielsen Music.

kendricklamarKendrick Lamar - Divulgação

Esse crescimento percentual é ainda maior do que o crescimento de 36,4% no acumulado no meio do ano, quando os fluxos totalizaram 284,7 bilhões contra 208,7 bilhões no primeiro semestre em 2016.

"Despacito" de Luis Fonsi & Daddy Yankee com Justin Bieber, puxou esse crescimento, superando a marca de 1,11 bilhão de plays em áudio e vídeo. Para se ter ideia, a música mais ouvida por streaming no ano passado, “Panda”, do rapper Desiigner, teve 674,4 milhões de plays no final do terceiro trimestre. E outras sete músicas já ultrapassaram o total de "Panda" em 2017.

5 FATOS SOBRE “DESPACITO”, O VÍDEO MAIS VISTO DE TODOS OS TEMPOS NO YOUTUBE

Enquanto isso, o álbum com melhor desempenho é DAMN de Kendrick Lamar, com 2,35 milhões de unidades, seguido por Ed Sheeran e seu Divide, com 2,13 milhões de plays e Drake com More Life, com pouco mais de 2 milhões de unidades.

KENDRICK LAMAR: A CRIATIVIDADE MORA NO RAP

Mas cada artista chegou ao seu total de maneiras diferentes. Ed Sheeran teve um bom desempenho nas vendas, com 865 mil cópias em downloads pagos e 4,3 milhões de unidades físicas do álbum Divide, enquanto Drake liderou o caminho do streaming de áudio de More Life com quase 2,7 bilhões de unidades e Lamar ocupa a vice-liderança em vendas de álbuns com 814.000 cópias e também é vice, com 2,03 bilhões de audições, no streaming de áudio.

KENDRICK LAMAR ESTÁ CHATEADO EM NOVO ÁLBUM

Dentro dos dados de transmissão individual, o áudio streaming cresceu 59,7% (287,15 bilhões de plays sobre os 180,1 bilhões registrados no final do terceiro trimestre de 2016) enquanto o streaming de vídeo cresceu 15,1% (155,3 bilhões de plays contra 134,9 bilhões no período correspondente do ano anterior).

A venda de álbuns físicos caiu 13,3% (67,4 milhões de cópias, 81,5 milhões no mesmo período de 2016), enquanto os álbuns digitais caíram 19,5% (50,1 milhões de cópias/62,2 milhões em 2016). As vendas globais de álbuns, combinadas tanto físicas como digitais, caíram 18,3% (117,5 milhões de cópias/143,7 milhões em 2016).

Dentro das vendas físicas, o CD caiu 19,9% (57,76 milhões de cópias, abaixo das 72,1 milhões de cópias no período correspondente de 2016); enquanto os álbuns de vinil ganharam 3,1% (9,35 milhões de unidades). Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band, dos Beatles, é o álbum de vinil mais vendido, com 40 mil unidades.

LUIS FONSI CONTA COMO APROVEITA O SUCESSO DE “DESPACITO”

O download pago avulso de faixas teve o período mais difícil de todos os formatos e configurações, caindo 23,1% (437,5 milhões de downloads contra 569,2 milhões em 2016). "Despacito" é a faixa mais baixada, com quase 2,5 milhões de unidades, seguida de "Shape Of You", de Sheeran, em quase 2,4 milhões de unidades baixadas nos primeiros nove meses de 2017.

O Universal Music Group continua liderando a indústria com 36,35%, seguido da Sony Music Entertainment com 26,9%, Warner Music Group com 17,2% e o setor independente com 19,53%.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Kendrick Lamar tem o álbum mais ouvido do ano até agora, segundo a Nielsen Music

Relatório, referente ao terceiro trimestre de 2017, aponta as movimentações do mercado da música nos Estados Unidos

por Redação em 03/10/2017

A Nielsen Music, empresa responsável por auditar todos os rankings da Billboard, divulgou o relatório referente ao terceiro trimestre de 2017 do mercado norte-americano.

O crescimento do streaming continua visível. O número de plays, tanto em áudio quanto em vídeo nos Estados Unidos, atingiu 442,44 bilhões nos primeiros nove meses de 2017, 40,5% acima dos 315 bilhões acumulados nos primeiros nove meses de 2016, de acordo com a Nielsen Music.

kendricklamarKendrick Lamar - Divulgação

Esse crescimento percentual é ainda maior do que o crescimento de 36,4% no acumulado no meio do ano, quando os fluxos totalizaram 284,7 bilhões contra 208,7 bilhões no primeiro semestre em 2016.

"Despacito" de Luis Fonsi & Daddy Yankee com Justin Bieber, puxou esse crescimento, superando a marca de 1,11 bilhão de plays em áudio e vídeo. Para se ter ideia, a música mais ouvida por streaming no ano passado, “Panda”, do rapper Desiigner, teve 674,4 milhões de plays no final do terceiro trimestre. E outras sete músicas já ultrapassaram o total de "Panda" em 2017.

5 FATOS SOBRE “DESPACITO”, O VÍDEO MAIS VISTO DE TODOS OS TEMPOS NO YOUTUBE

Enquanto isso, o álbum com melhor desempenho é DAMN de Kendrick Lamar, com 2,35 milhões de unidades, seguido por Ed Sheeran e seu Divide, com 2,13 milhões de plays e Drake com More Life, com pouco mais de 2 milhões de unidades.

KENDRICK LAMAR: A CRIATIVIDADE MORA NO RAP

Mas cada artista chegou ao seu total de maneiras diferentes. Ed Sheeran teve um bom desempenho nas vendas, com 865 mil cópias em downloads pagos e 4,3 milhões de unidades físicas do álbum Divide, enquanto Drake liderou o caminho do streaming de áudio de More Life com quase 2,7 bilhões de unidades e Lamar ocupa a vice-liderança em vendas de álbuns com 814.000 cópias e também é vice, com 2,03 bilhões de audições, no streaming de áudio.

KENDRICK LAMAR ESTÁ CHATEADO EM NOVO ÁLBUM

Dentro dos dados de transmissão individual, o áudio streaming cresceu 59,7% (287,15 bilhões de plays sobre os 180,1 bilhões registrados no final do terceiro trimestre de 2016) enquanto o streaming de vídeo cresceu 15,1% (155,3 bilhões de plays contra 134,9 bilhões no período correspondente do ano anterior).

A venda de álbuns físicos caiu 13,3% (67,4 milhões de cópias, 81,5 milhões no mesmo período de 2016), enquanto os álbuns digitais caíram 19,5% (50,1 milhões de cópias/62,2 milhões em 2016). As vendas globais de álbuns, combinadas tanto físicas como digitais, caíram 18,3% (117,5 milhões de cópias/143,7 milhões em 2016).

Dentro das vendas físicas, o CD caiu 19,9% (57,76 milhões de cópias, abaixo das 72,1 milhões de cópias no período correspondente de 2016); enquanto os álbuns de vinil ganharam 3,1% (9,35 milhões de unidades). Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band, dos Beatles, é o álbum de vinil mais vendido, com 40 mil unidades.

LUIS FONSI CONTA COMO APROVEITA O SUCESSO DE “DESPACITO”

O download pago avulso de faixas teve o período mais difícil de todos os formatos e configurações, caindo 23,1% (437,5 milhões de downloads contra 569,2 milhões em 2016). "Despacito" é a faixa mais baixada, com quase 2,5 milhões de unidades, seguida de "Shape Of You", de Sheeran, em quase 2,4 milhões de unidades baixadas nos primeiros nove meses de 2017.

O Universal Music Group continua liderando a indústria com 36,35%, seguido da Sony Music Entertainment com 26,9%, Warner Music Group com 17,2% e o setor independente com 19,53%.