NOTÍCIAS

LeBron James pediu para Justin Bieber não cantar em evento de Donald Trump

Cachê seria de US$ 5 milhões – o maior da carreira do cantor canadense

por Redação em 29/07/2016

Justin Bieber foi convidado para cantar na Convenção Nacional Republicana, evento que oficializou Donald Trump como candidato à presidência dos Estados Unidos, em Cleveland, no último dia 19 de julho. O cachê: US$ 5 milhões, o maior da carreira do cantor.

Mas a apresentação não aconteceu – e um dos motivos foi o jogador de basquete LeBron James.

Assim como Bieber, o atleta também foi convidado para participar da convenção. Segundo o site TMZ, LeBron desistiu na última hora. Bieber entrou em contato com a equipe do jogador, que informou sobre a desistência e pediu para que Bieber também não comparecesse.

Outro motivo para a desistência pode ter sido o próprio empresário de Bieber, Scooter Braun, que fez campanha para a democrata Hillary Clinton. Braun teve a ideia de colocar um banner no palco com a frase “Black Lives Matter” (campanha anti-racismo), mas teria sido vetado e substituído por “All Lives Matter”.

 

 

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
2
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

LeBron James pediu para Justin Bieber não cantar em evento de Donald Trump

Cachê seria de US$ 5 milhões – o maior da carreira do cantor canadense

por Redação em 29/07/2016

Justin Bieber foi convidado para cantar na Convenção Nacional Republicana, evento que oficializou Donald Trump como candidato à presidência dos Estados Unidos, em Cleveland, no último dia 19 de julho. O cachê: US$ 5 milhões, o maior da carreira do cantor.

Mas a apresentação não aconteceu – e um dos motivos foi o jogador de basquete LeBron James.

Assim como Bieber, o atleta também foi convidado para participar da convenção. Segundo o site TMZ, LeBron desistiu na última hora. Bieber entrou em contato com a equipe do jogador, que informou sobre a desistência e pediu para que Bieber também não comparecesse.

Outro motivo para a desistência pode ter sido o próprio empresário de Bieber, Scooter Braun, que fez campanha para a democrata Hillary Clinton. Braun teve a ideia de colocar um banner no palco com a frase “Black Lives Matter” (campanha anti-racismo), mas teria sido vetado e substituído por “All Lives Matter”.