NOTÍCIAS

Liam Payne diz que o One Direction voltará após hiato

por em 11/09/2015
O ca
ntor Liam Payne estampa a capa da edição da Attitude – maior revista britânica sobre o estilo de vida gay – e fala sobre o futuro hiato do One Direction, planos de uma carreira solo e acusações de homofobia. “Eu percebo que agora é a hora de começar a explorar novos caminhos. Haverá um momento em que vamos romper e fazer nossas próprias coisas, mas... Vamos trabalhar juntos novamente”, diz Payne, para alívio dos fãs do 1D.

liam-payne-attitude-mag-cover-2015-billboard-510

Payne observa que está pendendo muito para o lado da composição, da produção, investimentos e negócios e cita Pharrel Williams como inspiração. “Eu quero direcionar cada parte da indústria”. “Muitas pessoas me dizem, ‘Nossa, você vai seguir carreira solo’, mas eu não pensei sobre isto ainda. Se a música certa vier e eu achar que devo cantá-la, então eu vou  usá-la em carreira solo. Caso contrário, fico feliz de estar nos bastidores. Quando os outros meninos seguirem carreira solo, eu adoraria escrever músicas para eles. Eu quero fazer música boa para as pessoas ouvirem”. Payne diz que o ensaio e entrevista para a Attitude é a primeira vez que faz algo por conta própria. No dia 14 de outubro, a publicação vai premiar Payne como o homem mais sexy do ano  no Prêmio Attitude. “Eu estava tão feliz em saber do prêmio, mas ao mesmo tempo é tão assustador, porque é uma enorme responsabilidade”. Na entrevista, Payne também fala sobre uma polêmica antiga de homofobia, assegurando que “isto não é totalmente verdade”. Em 2014, ele tuitou para Willie Robertson, dizendo que tinha um “grande amor” por sua família e “respeito por seus valores familiares”. A postagem veio poucas semanas depois de o pai de Robertson, Phil, provocar polêmica fazendo comentários anti-gays para a revista GQ, comparando a homossexualidade à bestialidade. Payne diz que “não sabia sobre os comentários que Phil tinha feito”. “Muitos dos meus amigos são gays. Na verdade, acho engraçado que ser gay ainda é comentado como algo tão não natural”.
  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Saudade
Eduardo Costa
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Liam Payne diz que o One Direction voltará após hiato

por em 11/09/2015
O ca
ntor Liam Payne estampa a capa da edição da Attitude – maior revista britânica sobre o estilo de vida gay – e fala sobre o futuro hiato do One Direction, planos de uma carreira solo e acusações de homofobia. “Eu percebo que agora é a hora de começar a explorar novos caminhos. Haverá um momento em que vamos romper e fazer nossas próprias coisas, mas... Vamos trabalhar juntos novamente”, diz Payne, para alívio dos fãs do 1D.

liam-payne-attitude-mag-cover-2015-billboard-510

Payne observa que está pendendo muito para o lado da composição, da produção, investimentos e negócios e cita Pharrel Williams como inspiração. “Eu quero direcionar cada parte da indústria”. “Muitas pessoas me dizem, ‘Nossa, você vai seguir carreira solo’, mas eu não pensei sobre isto ainda. Se a música certa vier e eu achar que devo cantá-la, então eu vou  usá-la em carreira solo. Caso contrário, fico feliz de estar nos bastidores. Quando os outros meninos seguirem carreira solo, eu adoraria escrever músicas para eles. Eu quero fazer música boa para as pessoas ouvirem”. Payne diz que o ensaio e entrevista para a Attitude é a primeira vez que faz algo por conta própria. No dia 14 de outubro, a publicação vai premiar Payne como o homem mais sexy do ano  no Prêmio Attitude. “Eu estava tão feliz em saber do prêmio, mas ao mesmo tempo é tão assustador, porque é uma enorme responsabilidade”. Na entrevista, Payne também fala sobre uma polêmica antiga de homofobia, assegurando que “isto não é totalmente verdade”. Em 2014, ele tuitou para Willie Robertson, dizendo que tinha um “grande amor” por sua família e “respeito por seus valores familiares”. A postagem veio poucas semanas depois de o pai de Robertson, Phil, provocar polêmica fazendo comentários anti-gays para a revista GQ, comparando a homossexualidade à bestialidade. Payne diz que “não sabia sobre os comentários que Phil tinha feito”. “Muitos dos meus amigos são gays. Na verdade, acho engraçado que ser gay ainda é comentado como algo tão não natural”.