NOTÍCIAS

Machine Gun Kelly fala sobre a saída de Camila Cabello do Fifth Harmony

Rapper americano ficou chocado ao saber da decisão da parceira de dueto

por Redação em 22/12/2016

Machine Gun Kelly, que está usufruindo de seu principal hit - “Bad Things”, uma parceria com a agora ex-integrante do Fifth Harmony Camila Cabello –, saiu em defesa da colega na guerra de palavras entre as duas partes. “Eu conheço Camila, não tem nenhum truque no que está acontecendo. Não há nada escondido embaixo do tapete”, disse ele numa recente entrevista a uma emissora de rádio. “Foi estranho porque tudo aconteceu no mesmo dia em que recebemos o disco de ouro por “Bad Things”. Pode não ter sido o timing perfeito, mas sei que foi genuíno.”  

A saída de Camilla tornou-se pública logo após o grupo ter terminado a parada de Jingle Ball em Miami, no dia 18 de dezembro. As outras quatro integrantes –Ally Brooke, Normani Kordei, Dinah Jane e Lauren Jauregui -  fizeram o anúncio pelas redes sociais, alegando que Camilla “decidiu sair” do grupo, desencadeando múltiplos rounds de acusações.

A consequência foi o bullying imediatamente destinado à Camila. “Eu não gosto de ver alguém ser praticamente perseguido assim”, disse MKG, que também sugeriu que o quarteto restante deve focar nos bons tempos, que incluem dois álbuns no TOP 10, Reflection e 7/27, e quatro hits no TOP 40. “Isso não é algo que começou numa garagem, todas juntas. Elas foram unidas. Então sejam gratas pelos anos que se passaram”, ele disse. “E fiquem felizes pelo que ainda está por vir.”

 

 

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Machine Gun Kelly fala sobre a saída de Camila Cabello do Fifth Harmony

Rapper americano ficou chocado ao saber da decisão da parceira de dueto

por Redação em 22/12/2016

Machine Gun Kelly, que está usufruindo de seu principal hit - “Bad Things”, uma parceria com a agora ex-integrante do Fifth Harmony Camila Cabello –, saiu em defesa da colega na guerra de palavras entre as duas partes. “Eu conheço Camila, não tem nenhum truque no que está acontecendo. Não há nada escondido embaixo do tapete”, disse ele numa recente entrevista a uma emissora de rádio. “Foi estranho porque tudo aconteceu no mesmo dia em que recebemos o disco de ouro por “Bad Things”. Pode não ter sido o timing perfeito, mas sei que foi genuíno.”  

A saída de Camilla tornou-se pública logo após o grupo ter terminado a parada de Jingle Ball em Miami, no dia 18 de dezembro. As outras quatro integrantes –Ally Brooke, Normani Kordei, Dinah Jane e Lauren Jauregui -  fizeram o anúncio pelas redes sociais, alegando que Camilla “decidiu sair” do grupo, desencadeando múltiplos rounds de acusações.

A consequência foi o bullying imediatamente destinado à Camila. “Eu não gosto de ver alguém ser praticamente perseguido assim”, disse MKG, que também sugeriu que o quarteto restante deve focar nos bons tempos, que incluem dois álbuns no TOP 10, Reflection e 7/27, e quatro hits no TOP 40. “Isso não é algo que começou numa garagem, todas juntas. Elas foram unidas. Então sejam gratas pelos anos que se passaram”, ele disse. “E fiquem felizes pelo que ainda está por vir.”