NOTÍCIAS

Madonna pede que os escoteiros acabem com a discriminação

por em 18/03/2013
Imagem: Divulgação

Vestindo uma réplica do uniforme da organização, Madonna subiu ao palco do GLAAD Media Awards, no último dia 16, para pedir aos escoteiros que aceitem os homossexuais em seu grupo. A cantora foi uma das apresentadoras do prêmio, que reconhece a luta de personalidades pela causa LGBT.

“Acho que eles deveriam mudar essa regra estúpida”, disse a loira sobre os escoteiros da América. “Quando eu penso nos jovens que estão sendo intimidados e mentalmente torturados, que estão tirando suas próprias vidas por se sentirem sozinhos, julgados e mal compreendidos, tenho vontade de sentar e chorar um rio de lágrimas.”

A cantora continuou o discurso lembrando ao público que ela é mãe de uma adolescente e que jamais agiria com incompreensão. “Não sei vocês, mas eu não posso mais aturar essa merda. Quero começar uma revolução. É 2013, gente. Não vivemos na terra dos livres e corajosos?”, questionou.

Madonna ainda entregou um prêmio ao jornalista Anderson Cooper, que assumiu ser homossexual em 2012 e, desde então, vem lutando pelas causas do movimento LGBT. 

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
2
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Madonna pede que os escoteiros acabem com a discriminação

por em 18/03/2013
Imagem: Divulgação

Vestindo uma réplica do uniforme da organização, Madonna subiu ao palco do GLAAD Media Awards, no último dia 16, para pedir aos escoteiros que aceitem os homossexuais em seu grupo. A cantora foi uma das apresentadoras do prêmio, que reconhece a luta de personalidades pela causa LGBT.

“Acho que eles deveriam mudar essa regra estúpida”, disse a loira sobre os escoteiros da América. “Quando eu penso nos jovens que estão sendo intimidados e mentalmente torturados, que estão tirando suas próprias vidas por se sentirem sozinhos, julgados e mal compreendidos, tenho vontade de sentar e chorar um rio de lágrimas.”

A cantora continuou o discurso lembrando ao público que ela é mãe de uma adolescente e que jamais agiria com incompreensão. “Não sei vocês, mas eu não posso mais aturar essa merda. Quero começar uma revolução. É 2013, gente. Não vivemos na terra dos livres e corajosos?”, questionou.

Madonna ainda entregou um prêmio ao jornalista Anderson Cooper, que assumiu ser homossexual em 2012 e, desde então, vem lutando pelas causas do movimento LGBT.