NOTÍCIAS

Mãe de Amy Winehouse diz que a morte da filha não surpreendeu

por em 18/07/2013
Imagem: Divulgação

Jane Winehouse revelou que a morte prematura da filha, Amy Winehouse, em julho de 2011, não a surpreendeu. A britânica, que sofre de esclerose múltipla, doença crônica que compromete a função do sistema nervoso, disse que muitas vezes não teve energia física o suficiente para se opor às decisões da cantora.

"Não sei se eu teria sido uma mãe diferente se não tivesse esclerose múltipla. Eu certamente teria tido mais energia e mais brigas com ela”, contou Janis ao tabloide britânico The Sun. “Quando penso que Amy faria 30 anos neste ano, não parece justo. Não estou dizendo que sempre previ isto, mas não fiquei surpresa. Eu não conseguia vê-la como uma pessoa mais velha. Ela era uma menina que explodiu no mundo como fogos de artifício e depois foi 'Ok, acabei. Vou me apagar'. Não era para ela chegar aos 30.”

Janis ainda disse que a cantora estava determinada a se livrar do vício em drogas, mas que seu estilo de vida não contribuía para isso. “Ela estava entediada. Entediada por fazer as mesmas apresentações e as mesmas músicas. Ela não estava de bem com a vida. No fim, parei de ficar acordada durante a noite me preocupando e aceitei que não podia fazer nada. Eu não a puni porque ela podia ignorar o que quer que eu fizesse. Ela era forte demais”, completou.

Neste mês completam-se três anos de falecimento da cantora, que recentemente ganhou uma exposição de seus objetos pessoais em Candem Town, na cidade de Londres. Batizada Amy Winehouse: A Family Portrait (“Retrato de Família”, em tradução livre), a mostra ficará em cartaz no Museu Judaico de Londres até o dia 15 de setembro.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Saudade
Eduardo Costa
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Mãe de Amy Winehouse diz que a morte da filha não surpreendeu

por em 18/07/2013
Imagem: Divulgação

Jane Winehouse revelou que a morte prematura da filha, Amy Winehouse, em julho de 2011, não a surpreendeu. A britânica, que sofre de esclerose múltipla, doença crônica que compromete a função do sistema nervoso, disse que muitas vezes não teve energia física o suficiente para se opor às decisões da cantora.

"Não sei se eu teria sido uma mãe diferente se não tivesse esclerose múltipla. Eu certamente teria tido mais energia e mais brigas com ela”, contou Janis ao tabloide britânico The Sun. “Quando penso que Amy faria 30 anos neste ano, não parece justo. Não estou dizendo que sempre previ isto, mas não fiquei surpresa. Eu não conseguia vê-la como uma pessoa mais velha. Ela era uma menina que explodiu no mundo como fogos de artifício e depois foi 'Ok, acabei. Vou me apagar'. Não era para ela chegar aos 30.”

Janis ainda disse que a cantora estava determinada a se livrar do vício em drogas, mas que seu estilo de vida não contribuía para isso. “Ela estava entediada. Entediada por fazer as mesmas apresentações e as mesmas músicas. Ela não estava de bem com a vida. No fim, parei de ficar acordada durante a noite me preocupando e aceitei que não podia fazer nada. Eu não a puni porque ela podia ignorar o que quer que eu fizesse. Ela era forte demais”, completou.

Neste mês completam-se três anos de falecimento da cantora, que recentemente ganhou uma exposição de seus objetos pessoais em Candem Town, na cidade de Londres. Batizada Amy Winehouse: A Family Portrait (“Retrato de Família”, em tradução livre), a mostra ficará em cartaz no Museu Judaico de Londres até o dia 15 de setembro.