NOTÍCIAS

Marcos & Belutti dão clima de festa ao novo trabalho

Acredite é o primeiro trabalho da dupla pela Sony Music

por Marcos Lauro em 22/06/2017

Prestes a completar 10 anos de carreira, a dupla Marcos & Belutti acaba de estrear por uma grande gravadora, a Sony Music. E Acredite é um álbum diferente: apostando numa sonoridade mais urbana, a dupla aumentou o volume das músicas para festas.

“A gente quis botar um som que desse pra curtir no churrasco, na academia, num evento”, explica Marcos. “Estão extraindo o melhor da gente”, completa Belutti, reforçando a nova fase de gravadora nova.

“Eu Era”, música de trabalho de Acredite, está em primeiro lugar no Brasil Hot 100.

Ouça o álbum e veja a conversa da Billboard Brasil com a dupla:

O disco novo vem com uma vibração de festa bem forte. Como surgiu essa ideia?
Marcos – A gente sempre teve uma vertente romântica muito grande, mas também intercala. “Domingo de Manhã” era romântica, mas depois já veio “Aquele 1%”, o oposto. E depois “Romântico Anônimo”. Nesse disco tem cinco românticas e nove mais agitadas. No fundo, todas falam de amor, relacionamento, mas umas são mais agitadas mesmo. A gente quis botar um som pra curtir no churrasco, na academia, num evento... e aí resultou no disco.

E como foi pra montar esse repertório de músicas mais agitada?
Belutti –
A maioria das músicas eu aprovei, mas passou primeiro pela mão do Marcos. Primeiro passa por ele, ele filtra... ele sabe o meu gosto. E ele tem mais paciência nesse trato com os compositores e tudo mais... eu gosto de ter meu telefoninho só pra minha família mesmo, sabe? E às vezes quando damos esse contato pra algumas pessoas, começam a ligar e chega muita coisa. Então ele me diz: “Gostei dessa e dessa” e me passa. Penso na letra, se tem a ver com a gente... a gente testa na nossa voz e vê se funciona. Os DVD acústicos, às vezes a pessoa coloca pra ver em casa, sentada... nesse não, é pra festa. A gente viu que precisava estar nos carros da galera que curte o nosso som.

Sei que estão ainda trabalhando no novo disco, mas ano que vem a dupla completa 10 anos. Já tem algo em mente?
Marcos – A gente ainda não sabe quando e onde, mas vai ser um DVD. Nesse momento em que quase ninguém tá fazendo disco de estúdio, fizemos um. Então resolvemos que depois de dois DVDs acústicos na sequência e esse disco de estúdio, vai ser um DVD diferente. Vamos comemorar 10 anos com músicas novas. Claro que vamos relembrar momentos também, mas vai ser comemoração com músicas novas. DVD é um formato que funciona muito pro nosso público.
Belutti – Nâo sei se é porque dá pra ver em casa, no carro... mas nosso público gosta da imagem, nem que seja no YouTube. O público do sertanejo gosta de ver. “Domingo de Manhã”, por exemplo, já passou de 120 milhões de visualizações no YouTube.

marcos-belutti-acrediteFoto: Bruno Fioravanti/Divulgação

E qual a história de “Eu Era”, que está no topo do Brasil Hot 100?. É do Bruno Caliman e do Rafael Torres, que estão em várias outras músicas desse álbum...
Belutti – E não é panela não, sem preferência [risos]. Caliman se acertou muito com a gente e o Rafael Torres se encaixa muito no nosso estilo, só que mais puxado pro pop. Quando ele manda música, a gente já sabe que é pra gente. Dá pra perceber que nosso estilo é diferente da galera que usa mais o regional, que é uma outra linguagem... é um sertanejo urbano. Mas a música “O Palhaço”, por exemplo, é de um pessoal que a gente nem conhece pessoalmente, mas encaixou. Agora a gente espera que mais gente nova mande músicas pro DVD de 10 anos... A ideia é agradecer pelos 10 anos, mas gravar coisa nova.

Já deu pra sentir a diferença de trabalhar com uma gravadora ou é muito cedo ainda?
Belutti – Já. A gente sente um cuidado e um carinho diferenciado. Galera tá em cima pra que o nosso trabalho seja feito da melhor forma possível. Estão extraindo o melhor da gente e estão trabalhando com o seu melhor também. A gente está muito à vontade e tá vendo que realmente estão apostando. A gente quer lutar pra que não sejamos só uma dupla, mas uma grande dupla... a gente quer ser o primeiro e quer que eles estejam juntos. É um namoro novo, né [risos]. E que seja assim por muito tempo.

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Marcos & Belutti dão clima de festa ao novo trabalho

Acredite é o primeiro trabalho da dupla pela Sony Music

por Marcos Lauro em 22/06/2017

Prestes a completar 10 anos de carreira, a dupla Marcos & Belutti acaba de estrear por uma grande gravadora, a Sony Music. E Acredite é um álbum diferente: apostando numa sonoridade mais urbana, a dupla aumentou o volume das músicas para festas.

“A gente quis botar um som que desse pra curtir no churrasco, na academia, num evento”, explica Marcos. “Estão extraindo o melhor da gente”, completa Belutti, reforçando a nova fase de gravadora nova.

“Eu Era”, música de trabalho de Acredite, está em primeiro lugar no Brasil Hot 100.

Ouça o álbum e veja a conversa da Billboard Brasil com a dupla:

O disco novo vem com uma vibração de festa bem forte. Como surgiu essa ideia?
Marcos – A gente sempre teve uma vertente romântica muito grande, mas também intercala. “Domingo de Manhã” era romântica, mas depois já veio “Aquele 1%”, o oposto. E depois “Romântico Anônimo”. Nesse disco tem cinco românticas e nove mais agitadas. No fundo, todas falam de amor, relacionamento, mas umas são mais agitadas mesmo. A gente quis botar um som pra curtir no churrasco, na academia, num evento... e aí resultou no disco.

E como foi pra montar esse repertório de músicas mais agitada?
Belutti –
A maioria das músicas eu aprovei, mas passou primeiro pela mão do Marcos. Primeiro passa por ele, ele filtra... ele sabe o meu gosto. E ele tem mais paciência nesse trato com os compositores e tudo mais... eu gosto de ter meu telefoninho só pra minha família mesmo, sabe? E às vezes quando damos esse contato pra algumas pessoas, começam a ligar e chega muita coisa. Então ele me diz: “Gostei dessa e dessa” e me passa. Penso na letra, se tem a ver com a gente... a gente testa na nossa voz e vê se funciona. Os DVD acústicos, às vezes a pessoa coloca pra ver em casa, sentada... nesse não, é pra festa. A gente viu que precisava estar nos carros da galera que curte o nosso som.

Sei que estão ainda trabalhando no novo disco, mas ano que vem a dupla completa 10 anos. Já tem algo em mente?
Marcos – A gente ainda não sabe quando e onde, mas vai ser um DVD. Nesse momento em que quase ninguém tá fazendo disco de estúdio, fizemos um. Então resolvemos que depois de dois DVDs acústicos na sequência e esse disco de estúdio, vai ser um DVD diferente. Vamos comemorar 10 anos com músicas novas. Claro que vamos relembrar momentos também, mas vai ser comemoração com músicas novas. DVD é um formato que funciona muito pro nosso público.
Belutti – Nâo sei se é porque dá pra ver em casa, no carro... mas nosso público gosta da imagem, nem que seja no YouTube. O público do sertanejo gosta de ver. “Domingo de Manhã”, por exemplo, já passou de 120 milhões de visualizações no YouTube.

marcos-belutti-acrediteFoto: Bruno Fioravanti/Divulgação

E qual a história de “Eu Era”, que está no topo do Brasil Hot 100?. É do Bruno Caliman e do Rafael Torres, que estão em várias outras músicas desse álbum...
Belutti – E não é panela não, sem preferência [risos]. Caliman se acertou muito com a gente e o Rafael Torres se encaixa muito no nosso estilo, só que mais puxado pro pop. Quando ele manda música, a gente já sabe que é pra gente. Dá pra perceber que nosso estilo é diferente da galera que usa mais o regional, que é uma outra linguagem... é um sertanejo urbano. Mas a música “O Palhaço”, por exemplo, é de um pessoal que a gente nem conhece pessoalmente, mas encaixou. Agora a gente espera que mais gente nova mande músicas pro DVD de 10 anos... A ideia é agradecer pelos 10 anos, mas gravar coisa nova.

Já deu pra sentir a diferença de trabalhar com uma gravadora ou é muito cedo ainda?
Belutti – Já. A gente sente um cuidado e um carinho diferenciado. Galera tá em cima pra que o nosso trabalho seja feito da melhor forma possível. Estão extraindo o melhor da gente e estão trabalhando com o seu melhor também. A gente está muito à vontade e tá vendo que realmente estão apostando. A gente quer lutar pra que não sejamos só uma dupla, mas uma grande dupla... a gente quer ser o primeiro e quer que eles estejam juntos. É um namoro novo, né [risos]. E que seja assim por muito tempo.