NOTÍCIAS

"Mudou completamente quem eu era", diz Lady Gaga sobre estupro

por em 12/12/2015

Lady Gaga fez grandes avanços como uma defensora de vítimas de violência sexual, tanto com o seu trabalho voluntário quanto com o seu tributo musical "Til It Happens To You", que fez parte da trilha de The Hunting Ground, um documentário sobre estupro em campi universitários. Parte da sua motivação para contribuir com a causa veio de sua experiência pessoal. No fim do ano passado, a cantora revelou que foi estuprada quando era adolescente por um produtor com quem trabalhava. No debate TimesTalks, realizado ontem (10/12) para promover The Hunting Ground, Lady Gaga falou um pouco mais sobre a sua experiência e sobre as dificuldades que teve para superá-la.

“Por causa do jeito que eu me vestia e como eu sou uma pessoa provocante, achei que havia sido, de alguma forma, responsável pelo que aconteceu, que a culpa era minha", disse. "Eu não contei pra ninguém por sete anos", continuou, de acordo com notícia da Us Weekly. "Eu não sabia como pensar nisso. Eu não sabia aceitar. Eu não sabia como não me culpar. Foi algo que realmente mudou a minha vida. Mudou completamente quem eu era."

A cantora falou, ainda, que uma das sequelas do crime que sofreu foi o trauma físico, um efeito da violência sexual que é frequentemente ignorado. "Quando você passa por um trauma desse tipo, não há apenas consequências físicas imediatas”, disse Gaga. "Quando você passa por isso de novo ao longo dos anos, isso pode criar padrões de sofrimento físico. Muitas pessoas sofrem não só de dor mental e emocional, mas também da dor física de ser abusada, estuprada ou traumatizada de alguma maneira."

Lady Gaga concluiu seu discurso dizendo que está encorajando a discussão sincera do assunto. “Nós não queremos que você mantenha a sua dor dentro de você e deixe que ela apodreça como uma maçã velha largada no balcão, sabe? Livre-se de todo esse lixo. Nos livremos dele juntos.”

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Ar-Condicionado No 15
Wesley Safadão
3
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
4
Aquela Pessoa
Henrique & Juliano
5
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

"Mudou completamente quem eu era", diz Lady Gaga sobre estupro

por em 12/12/2015

Lady Gaga fez grandes avanços como uma defensora de vítimas de violência sexual, tanto com o seu trabalho voluntário quanto com o seu tributo musical "Til It Happens To You", que fez parte da trilha de The Hunting Ground, um documentário sobre estupro em campi universitários. Parte da sua motivação para contribuir com a causa veio de sua experiência pessoal. No fim do ano passado, a cantora revelou que foi estuprada quando era adolescente por um produtor com quem trabalhava. No debate TimesTalks, realizado ontem (10/12) para promover The Hunting Ground, Lady Gaga falou um pouco mais sobre a sua experiência e sobre as dificuldades que teve para superá-la.

“Por causa do jeito que eu me vestia e como eu sou uma pessoa provocante, achei que havia sido, de alguma forma, responsável pelo que aconteceu, que a culpa era minha", disse. "Eu não contei pra ninguém por sete anos", continuou, de acordo com notícia da Us Weekly. "Eu não sabia como pensar nisso. Eu não sabia aceitar. Eu não sabia como não me culpar. Foi algo que realmente mudou a minha vida. Mudou completamente quem eu era."

A cantora falou, ainda, que uma das sequelas do crime que sofreu foi o trauma físico, um efeito da violência sexual que é frequentemente ignorado. "Quando você passa por um trauma desse tipo, não há apenas consequências físicas imediatas”, disse Gaga. "Quando você passa por isso de novo ao longo dos anos, isso pode criar padrões de sofrimento físico. Muitas pessoas sofrem não só de dor mental e emocional, mas também da dor física de ser abusada, estuprada ou traumatizada de alguma maneira."

Lady Gaga concluiu seu discurso dizendo que está encorajando a discussão sincera do assunto. “Nós não queremos que você mantenha a sua dor dentro de você e deixe que ela apodreça como uma maçã velha largada no balcão, sabe? Livre-se de todo esse lixo. Nos livremos dele juntos.”