NOTÍCIAS

Mulher que acusou Nelly de estupro retira queixa

Segundo depoimento, rapper abusou sexualmente da jovem após show em Seattle, Estados Unidos

por Redação em 14/10/2017

A mulher que afirmou que o rapper Nelly tinha abusado sexualmente dela em um ônibus de turnê em Seattle no fim de semana passado resolveu retirar a queixa contra o artista.

Sites de notícia reportam que Karen Kohler disse em um comunicado divulgado nesta sexta-feira (13/10) que sua cliente quis terminar a investigação e não queria testemunhar em uma possível audiência.

Koehler disse que a mulher "desejava não ter ligado para a Emergência porque acredita que o sistema não vai defendê-la".

A polícia local prendeu Nelly no início do sábado, em seu ônibus de turnê, estacionado em um Walmart. Ele foi levado para a delegacia por suspeita de estupro, mas foi liberado no mesmo dia. Ele não foi fichado pelo crime.

O advogado do rapper, Scott Rosenblum, disse que o estupro foi "totalmente fabricado".

Anteriormente, o artista falou sobre a acusação em seu Twitter, publicando: "Quero pedir desculpa aos que amo pela vergonha e por me colocar em uma situação em que pude ser vítima de uma acusação falsa e difamatória".

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
2
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Mulher que acusou Nelly de estupro retira queixa

Segundo depoimento, rapper abusou sexualmente da jovem após show em Seattle, Estados Unidos

por Redação em 14/10/2017

A mulher que afirmou que o rapper Nelly tinha abusado sexualmente dela em um ônibus de turnê em Seattle no fim de semana passado resolveu retirar a queixa contra o artista.

Sites de notícia reportam que Karen Kohler disse em um comunicado divulgado nesta sexta-feira (13/10) que sua cliente quis terminar a investigação e não queria testemunhar em uma possível audiência.

Koehler disse que a mulher "desejava não ter ligado para a Emergência porque acredita que o sistema não vai defendê-la".

A polícia local prendeu Nelly no início do sábado, em seu ônibus de turnê, estacionado em um Walmart. Ele foi levado para a delegacia por suspeita de estupro, mas foi liberado no mesmo dia. Ele não foi fichado pelo crime.

O advogado do rapper, Scott Rosenblum, disse que o estupro foi "totalmente fabricado".

Anteriormente, o artista falou sobre a acusação em seu Twitter, publicando: "Quero pedir desculpa aos que amo pela vergonha e por me colocar em uma situação em que pude ser vítima de uma acusação falsa e difamatória".