NOTÍCIAS

Mulher que acusou Nelly de estupro retira queixa

Segundo depoimento, rapper abusou sexualmente da jovem após show em Seattle, Estados Unidos

por Redação em 14/10/2017

A mulher que afirmou que o rapper Nelly tinha abusado sexualmente dela em um ônibus de turnê em Seattle no fim de semana passado resolveu retirar a queixa contra o artista.

Sites de notícia reportam que Karen Kohler disse em um comunicado divulgado nesta sexta-feira (13/10) que sua cliente quis terminar a investigação e não queria testemunhar em uma possível audiência.

Koehler disse que a mulher "desejava não ter ligado para a Emergência porque acredita que o sistema não vai defendê-la".

A polícia local prendeu Nelly no início do sábado, em seu ônibus de turnê, estacionado em um Walmart. Ele foi levado para a delegacia por suspeita de estupro, mas foi liberado no mesmo dia. Ele não foi fichado pelo crime.

O advogado do rapper, Scott Rosenblum, disse que o estupro foi "totalmente fabricado".

Anteriormente, o artista falou sobre a acusação em seu Twitter, publicando: "Quero pedir desculpa aos que amo pela vergonha e por me colocar em uma situação em que pude ser vítima de uma acusação falsa e difamatória".

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Pegada que Desgrama
Naiara Azevedo
2
Rapariga Não (Part. Simone & Simaria)
João Neto & Frederico
3
Dona Maria (Part. Jorge)
Thiago Brava
4
Apelido Carinhoso
Gusttavo Lima
5
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Mulher que acusou Nelly de estupro retira queixa

Segundo depoimento, rapper abusou sexualmente da jovem após show em Seattle, Estados Unidos

por Redação em 14/10/2017

A mulher que afirmou que o rapper Nelly tinha abusado sexualmente dela em um ônibus de turnê em Seattle no fim de semana passado resolveu retirar a queixa contra o artista.

Sites de notícia reportam que Karen Kohler disse em um comunicado divulgado nesta sexta-feira (13/10) que sua cliente quis terminar a investigação e não queria testemunhar em uma possível audiência.

Koehler disse que a mulher "desejava não ter ligado para a Emergência porque acredita que o sistema não vai defendê-la".

A polícia local prendeu Nelly no início do sábado, em seu ônibus de turnê, estacionado em um Walmart. Ele foi levado para a delegacia por suspeita de estupro, mas foi liberado no mesmo dia. Ele não foi fichado pelo crime.

O advogado do rapper, Scott Rosenblum, disse que o estupro foi "totalmente fabricado".

Anteriormente, o artista falou sobre a acusação em seu Twitter, publicando: "Quero pedir desculpa aos que amo pela vergonha e por me colocar em uma situação em que pude ser vítima de uma acusação falsa e difamatória".