NOTÍCIAS

Músicas que hoje soariam politicamente incorretas

Lista tem artistas como Luiz Caldas, Gabriel O Pensador e Eduardo Araújo

por Redação em 29/07/2016

A cultura é um espelho do que a sociedade representa em determinado momento. E, há alguns anos, muita gente não se importava com as piadas feitas com as minorias – mesmo as mais pesadas – ou incentivar comportamentos não muito saudáveis. E a música, claro, acompanhava esse movimento.

Listamos alguns exemplos de músicas que, se lançadas hoje, seriam alvo de grande polêmica. A ideia não é julgar a música, os compositores ou os intérpretes, mas sim mostrar como a cultura de um país muda com o tempo e passa a aceitar – ou não – determinadas manifestações.

Há diversas marchinhas de Carnaval e até cantigas infantis que poderiam estar nessa lista. Separamos 11 exemplos que chegaram ao grande público:

“Fricote” – Luiz Caldas

Olha a nêga do cabelo duro
Que não gosta de pentear
Quando passa na praça do tubo
O negão começa a gritar

Pega ela aí
pega ela aí

Pra quê?
Pra passar batom
De que cor?
De violeta
Na boca e na bochecha

Divulgação

“Melô Do Tchan” – Gera Samba

Tudo que é perfeito a gente pega pelo braço
Joga ela pro meio, mete em cima, mete embaixo

Divulgação

“Cabeleira Do Zezé”

Olha a cabeleira do Zezé
Será que ele é?

Reprodução

“LôraBurra” – Gabriel O Pensador

Elas estão em toda parte do meu Rio de Janeiro
E, às vezes, me interrogo se elas tão no mundo inteiro
À procura de carros
À procura de dinheiro
O lugar dessas cadelas era mesmo no puteiro

Divulgação

“Nêga Do Cabelo Duro” – Walter Wanderley Trio/Planet Hemp

Nêga do cabelo duro
Qual é o pente que te penteia?

Divulgação

“Geni E O Zeppelin” – Chico Buarque

Joga pedra na Geni
Ela é feita pra apanhar
Ela é boa de cuspir
Ela dá pra qualquer um
Maldita Geni

Divulgação

“Vale Tudo” – Tim Maia

Vale o que vier,
vale o que quiser
Só não vale dançar homem com homem
Nem mulher com mulher

Divulgação

"Refrão De Bolero" – Engenheiros do Hawaii

Num bar
Com um vinho barato
Um cigarro no cinzeiro
E uma cara embriagada no espelho do banheiro

Reprodução

"Rua Augusta" – Eduardo Araújo

Entrei na rua Augusta a 120 por hora
Botei a turma toda do passeio pra fora
Com três pneus carecas sem usar a buzina
Parei a quatro dedos da esquina

Divulgação

“Mulata”

O teu cabelo não nega, mulata
Porque és mulata na cor
Mas como a cor não pega, mulata
Mulata, eu quero o teu amor

Reprodução

"O Preto Que Satisfaz" - Gonzaguinha

Dez entre dez brasileiros elegem feijão!
Puro, com pão, com arroz
Com farinha ou macararrão
Macarrão, macarrão!
E nessas horas que esquecem dos seus preconceitos
Gritam que esse crioulo
É um velho amigo do peito

Reprodução

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Bengala E Crochê
Maiara & Maraisa
2
Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) (part. Hungria Hip Hop)
Gusttavo LIma
3
Saudade
Eduardo Costa
4
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
5
De Quem É A Culpa?
Marília Mendonça
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Músicas que hoje soariam politicamente incorretas

Lista tem artistas como Luiz Caldas, Gabriel O Pensador e Eduardo Araújo

por Redação em 29/07/2016

A cultura é um espelho do que a sociedade representa em determinado momento. E, há alguns anos, muita gente não se importava com as piadas feitas com as minorias – mesmo as mais pesadas – ou incentivar comportamentos não muito saudáveis. E a música, claro, acompanhava esse movimento.

Listamos alguns exemplos de músicas que, se lançadas hoje, seriam alvo de grande polêmica. A ideia não é julgar a música, os compositores ou os intérpretes, mas sim mostrar como a cultura de um país muda com o tempo e passa a aceitar – ou não – determinadas manifestações.

Há diversas marchinhas de Carnaval e até cantigas infantis que poderiam estar nessa lista. Separamos 11 exemplos que chegaram ao grande público:

“Fricote” – Luiz Caldas

Olha a nêga do cabelo duro
Que não gosta de pentear
Quando passa na praça do tubo
O negão começa a gritar

Pega ela aí
pega ela aí

Pra quê?
Pra passar batom
De que cor?
De violeta
Na boca e na bochecha

Divulgação

“Melô Do Tchan” – Gera Samba

Tudo que é perfeito a gente pega pelo braço
Joga ela pro meio, mete em cima, mete embaixo

Divulgação

“Cabeleira Do Zezé”

Olha a cabeleira do Zezé
Será que ele é?

Reprodução

“LôraBurra” – Gabriel O Pensador

Elas estão em toda parte do meu Rio de Janeiro
E, às vezes, me interrogo se elas tão no mundo inteiro
À procura de carros
À procura de dinheiro
O lugar dessas cadelas era mesmo no puteiro

Divulgação

“Nêga Do Cabelo Duro” – Walter Wanderley Trio/Planet Hemp

Nêga do cabelo duro
Qual é o pente que te penteia?

Divulgação

“Geni E O Zeppelin” – Chico Buarque

Joga pedra na Geni
Ela é feita pra apanhar
Ela é boa de cuspir
Ela dá pra qualquer um
Maldita Geni

Divulgação

“Vale Tudo” – Tim Maia

Vale o que vier,
vale o que quiser
Só não vale dançar homem com homem
Nem mulher com mulher

Divulgação

"Refrão De Bolero" – Engenheiros do Hawaii

Num bar
Com um vinho barato
Um cigarro no cinzeiro
E uma cara embriagada no espelho do banheiro

Reprodução

"Rua Augusta" – Eduardo Araújo

Entrei na rua Augusta a 120 por hora
Botei a turma toda do passeio pra fora
Com três pneus carecas sem usar a buzina
Parei a quatro dedos da esquina

Divulgação

“Mulata”

O teu cabelo não nega, mulata
Porque és mulata na cor
Mas como a cor não pega, mulata
Mulata, eu quero o teu amor

Reprodução

"O Preto Que Satisfaz" - Gonzaguinha

Dez entre dez brasileiros elegem feijão!
Puro, com pão, com arroz
Com farinha ou macararrão
Macarrão, macarrão!
E nessas horas que esquecem dos seus preconceitos
Gritam que esse crioulo
É um velho amigo do peito

Reprodução