NOTÍCIAS

Odair José lança “A Culpa É Do Henrique”; ouça

Música faz parte do próximo álbum, Gatos e Ratos

por Marcos Lauro em 12/05/2016

O cantor e compositor Odair José está finalizando o álbum sucessor de Dia 16, que surpreendeu muita gente por sua sonoridade hard rock. Odair sempre foi rock and roll, seja no som ou na atitude, mas nesse álbum os riffs de guitarra se sobressaíram e chamaram a atenção.

No novo single, “A Culpa É Do Henrique”, Odair continua com essa proposta e promete um álbum mais garageiro do que o anterior. A Billboard Brasil conversou com o músico sobre esse primeiro single de Gatos e Ratos, que você ouve em primeira mão:

A sonoridade está bem parecida com a do disco Dia 16. É a mesma banda para esse disco ou tem mudanças?
Concordo que estamos no mesmo caminho do que foi feito no anterior. Mas, no geral, nesse novo trabalho, talvez a gente esteja mais garagem... Banda mesmo. São praticamente as mesmas pessoas envolvidas, só uma mudança de estúdio pois o anterior foi desativado... Dia 16 foi o último a ser gravado lá!

No lançamento do Dia 16, você disse que estava “aprendendo a tocar guitarra”. Avançou bastante?
Creio que estou melhor, mas longe do pretendido! Pela minha idade não sei se vou ter tempo de aprender o quanto gostaria. Mas sempre tive bons riffs e tenho uma boa mão direita, o que ajuda.

Muita gente diz que você “está” roqueiro, quando, na verdade, sempre fez um som rock and roll. O que você acha desse rótulo hoje? O rock ainda é transgressor? Você é transgressor?
Transgressor, sem forçar, eu sempre fui e sou. O repertório desse CD Gatos e Ratos transgride nas dez faixas. E é só fazer uma leitura sem preconceito. Mas procurando entender o conceito de tudo que fiz e do jeito que vivi, vão encontrar rock em tudo, até quando fiz o possível para não ser. Se procurar, vai sempre encontrar uma atitude de rua.

Esse som “A Culpa É Do Henrique” tem ligação com a atual situação política do país?
Esse meu novo trabalho é uma leitura do que eu, como compositor, fiz do momento do país, do planeta. E, claro, das pessoas ligadas à política, essa coisa de estar no poder e achar que tudo é permitido, a lógica do “aconteça o que acontecer”... O repertório é uma análise do dia a dia, desse jogo sem limite. Mas não é um disco partidário.

E quem é Henrique?
Boa pergunta. Pode ser muita coisa ou ser apenas uma coisa! Me lembro de uma piada sobre um menino que aprontava muito, e por conta disso sempre o acusavam... Um dia lhe perguntaram quem descobriu o Brasil, e ele se apressou dizendo: “Olha, garanto que não fui eu! Deve ter sido o Pedrinho!”. Ultimamente, o que eu mais ouví, foi gente dizendo que a culpa é do Henrique. Sou compositor... aproveitei a deixa.

Ouça “A Culpa É Do Henrique”:

 

Enquanto Gatos e Ratos não sai, ouça Dia 16:

  • HOT 100
    BRASIL
  • BILLBOARD
    200
  • HOT 100
    EUA
1
Pegada que Desgrama
Naiara Azevedo
2
Rapariga Não (Part. Simone & Simaria)
João Neto & Frederico
3
Dona Maria (Part. Jorge)
Thiago Brava
4
Apelido Carinhoso
Gusttavo Lima
5
Amor Da Sua Cama
Felipe Araújo
RANKING COMPLETO
NOTÍCIAS

Odair José lança “A Culpa É Do Henrique”; ouça

Música faz parte do próximo álbum, Gatos e Ratos

por Marcos Lauro em 12/05/2016

O cantor e compositor Odair José está finalizando o álbum sucessor de Dia 16, que surpreendeu muita gente por sua sonoridade hard rock. Odair sempre foi rock and roll, seja no som ou na atitude, mas nesse álbum os riffs de guitarra se sobressaíram e chamaram a atenção.

No novo single, “A Culpa É Do Henrique”, Odair continua com essa proposta e promete um álbum mais garageiro do que o anterior. A Billboard Brasil conversou com o músico sobre esse primeiro single de Gatos e Ratos, que você ouve em primeira mão:

A sonoridade está bem parecida com a do disco Dia 16. É a mesma banda para esse disco ou tem mudanças?
Concordo que estamos no mesmo caminho do que foi feito no anterior. Mas, no geral, nesse novo trabalho, talvez a gente esteja mais garagem... Banda mesmo. São praticamente as mesmas pessoas envolvidas, só uma mudança de estúdio pois o anterior foi desativado... Dia 16 foi o último a ser gravado lá!

No lançamento do Dia 16, você disse que estava “aprendendo a tocar guitarra”. Avançou bastante?
Creio que estou melhor, mas longe do pretendido! Pela minha idade não sei se vou ter tempo de aprender o quanto gostaria. Mas sempre tive bons riffs e tenho uma boa mão direita, o que ajuda.

Muita gente diz que você “está” roqueiro, quando, na verdade, sempre fez um som rock and roll. O que você acha desse rótulo hoje? O rock ainda é transgressor? Você é transgressor?
Transgressor, sem forçar, eu sempre fui e sou. O repertório desse CD Gatos e Ratos transgride nas dez faixas. E é só fazer uma leitura sem preconceito. Mas procurando entender o conceito de tudo que fiz e do jeito que vivi, vão encontrar rock em tudo, até quando fiz o possível para não ser. Se procurar, vai sempre encontrar uma atitude de rua.

Esse som “A Culpa É Do Henrique” tem ligação com a atual situação política do país?
Esse meu novo trabalho é uma leitura do que eu, como compositor, fiz do momento do país, do planeta. E, claro, das pessoas ligadas à política, essa coisa de estar no poder e achar que tudo é permitido, a lógica do “aconteça o que acontecer”... O repertório é uma análise do dia a dia, desse jogo sem limite. Mas não é um disco partidário.

E quem é Henrique?
Boa pergunta. Pode ser muita coisa ou ser apenas uma coisa! Me lembro de uma piada sobre um menino que aprontava muito, e por conta disso sempre o acusavam... Um dia lhe perguntaram quem descobriu o Brasil, e ele se apressou dizendo: “Olha, garanto que não fui eu! Deve ter sido o Pedrinho!”. Ultimamente, o que eu mais ouví, foi gente dizendo que a culpa é do Henrique. Sou compositor... aproveitei a deixa.

Ouça “A Culpa É Do Henrique”:

 

Enquanto Gatos e Ratos não sai, ouça Dia 16: